Powered by WP Bannerize

Redução na tarifa de energia elétrica – conta pode ficar mais barata

Publicado em: 04/02/2016
 

Aneel aprova aplicação do menor patamar da bandeira vermelha, nas faturas de energia.

Os consumidores vão pagar um valor menor nas faturas de energia a partir de fevereiro. O motivo da redução, que abrange todos os consumidores de energia elétrica do país, é o anúncio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na mudança da bandeira tarifária em vigor para o patamar 1 da bandeira vermelha, no valor de R$ 3,00, aplicados a cada 100 kWh.

“Acredito que ao longo do ano a perspectiva é de haver uma redução ainda maior da bandeira. Os reservatórios das hidrelétricas foram muito esvaziados ao longo do período de seca de mais de três anos, e o momento agora não é só de reduzir a tarifa para o consumidor mas garantir que essa tarifa seja mais módica no longo prazo, de forma sustentável”, afirmou o presidente da Cemig, Mauro Borges Lemos.

 

De acordo com a atualização das regras do sistema de bandeiras aprovada na última reunião da diretoria da Aneel (26/1), a bandeira vermelha assume dois patamares: R$ 3,00 e R$ 4,50, aplicados a cada 100 kWh. O valor da bandeira amarela também foi atualizado passando de R$ 2,50 para R$ 1,50.

Para fevereiro, ainda está mantida a bandeira vermelha, porém com o patamar mais baixo, que passa a valer para todo o país, e a proposta deve diminuir em até 3% em média a tarifa paga pelo consumidor residencial.

Validade
O consumidor somente vai perceber a redução a partir da fatura de março. Isso acontece porque as datas de leitura das contas de energia são distribuídas ao longo do mês. Assim, em fevereiro, os consumidores pagarão uma parte do consumo ocorrido antes de 1º de fevereiro ainda conforme a tarifa antiga e a outra parcela do consumo já com o valor reduzido da bandeira tarifária.