Terapeuta é suspeito de molestar cliente durante sessão de acupuntura e hipnose

Publicado em: 24/03/2017
 

A vítima saiu do consultório e procurou o marido dela, que rapidamente acionou a Polícia Militar.

 

A Polícia Militar prendeu na manhã desta sexta-feira (24/03) um homem de 30 anos que é suspeito de molestar uma cliente durante uma sessão de acupuntura e hipnose. O crime aconteceu no Bairro Jardim Califórnia. O auroculoterapeuta e farmacêutico foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

 

Segundo o tenente Fabiano da Polícia Militar, a vítima chegou a sede da 86ª Companhia de Polícia Militar acompanhada do marido dela e informaram que durante uma sessão de acupuntura e hipnose, a mulher teria sido molestada pelo terapeuta. A vítima teria relatado que durante a sessão, ele teria passado as mãos nas partes intimas dela e colocado a mão dela no órgão genital dele.

 

Diante da denúncia, equipes da Polícia Militar foram até a casa do suspeito, situada no Bairro Jardim Califórnia, e realizaram a prisão em flagrante. O tenente ressaltou que ele é suspeito do crime e que cabe a Polícia Civil investigar se o fato procede ou não.

 

 

Na delegacia, o terapeuta negou as acusações e disse que a mulher pode ter tido uma ilusão durante a sessão de hipnose. O boletim policial foi registrado e o profissional pode ser autuado e responder pelo crime de estupro.

(Patosnoticias)