Powered by WP Bannerize

Saiba o efeito que o álcool da juventude tem no seu corpo de hoje

Publicado em: 13/09/2017
 

Acredite se quiser, as noitadas de drinques de quando você era jovem tem efeito no seu corpo maduro tanto quanto as bebidinhas de hoje.

 

De acordo com uma pesquisa publicada no periódico científico American Journal of Preventative Medicine, quem tinha o hábito de virar o copo na adolescência, apresenta um risco elevado de lutar contra a balança na vida adulta.

 

Leia mais: O álcool está engordando você?

 

Os autores do estudo analisaram os dados de aproximadamente 8 mil pessoas e descobriram: quem consumia, antes da maioridade, quatro ou mais copos de bebida alcoólica em um único dia, ou mais de oito copos em uma semana, tinha uma probabilidade 41% maior de sofrer com sobrepeso, e entre 20 e 36% maior de risco de cruzar a linha da obesidade  – isso antes de completar 30 anos de idade.

 

Uma das teorias para justificar esse resultado é a de que o consumo recorrente de álcool desencadeia uma série de outros hábitos que, quando combinados, favorecem o ganho de peso.

 

Leia mais: O que acontece quando você passa 1 mês sem álcool e açúcar

 

Faça este cálculo: some as calorias de cada drinque ao consumo exagerado de comidinhas e petiscos para acompanhar o copo e ao fato de que o álcool compromete sua capacidade de perceber que a fome acabou. Pronto! Você verá o resultado dessa bola de neve refletido na balança. Ao fazer disso uma rotina, os quilos a mais não tardarão a aparecer.

 

Caso você se encaixe no grupo que exagerava – e ainda exagera – no consumo de álcool, saiba que não é necessário parar completamente para permanecer no seu peso ideal. O que você precisa é apenas monitorar o número de copos na semana para quebrar esse círculo vicioso. Antes tarde do que nunca, não é mesmo? Assim fica mais fácil controlar o ponteiro da balança.

(msn)