Powered by WP Bannerize

Produtor patrocinense recebe premiação por produzir queijo artesanal

Publicado em: 10/08/2018
 

O produtor rural Lázaro Francisco, conhecido por “Tarcísio do Queijo”, conquistou o segundo lugar no concurso do queijo Minas do Cerrado. A premiação foi repassada a ele nesta quarta-feira (08), na Feira do Produtor, no bairro São Francisco, através da EMATER. Esse é um prêmio de reconhecimento pelo queijo que ele produz e com certificação, o que permite que ele possa vender seu produto até mesmo para outros estados. Na oportunidade a extensionista da EMATER, Gisleida Maria Nogueira, comentou que o órgão trabalha com os feirantes há 20 anos, onde preza pela qualidade dos produtos que são comercializados. Ela explicou que o produtor que a EMATER presta toda assistência ao produtor para que ele possa ter sua produção cadastrada e certificada.

 

O produtor também recebeu das mãos do presidente da Câmara Municipal de Patrocínio, Thiago Malagoli, uma moção de aplausos pela colocação e lembrou que 40% da renda do município vem do homem do campo. Ele enalteceu o trabalho feito por Lázaro Francisco e parabenizou ele pelo prêmio.

 

Para o secretário municipal de agricultura, Odirlei Magalhães, o nome de Patrocínio mais uma vez voltou a ser consolidado através da produção agrícola e entende que o prêmio é construído por várias mãos, através da parceria da pasta que ele gere e a EMATER, que dá toda assistência aos produtores rurais.

 

O produtor Lázaro Francisco se orgulhou pela premiação e o reconhecimento a nível de estado. Comentou que não é fácil produzir um produto de alta qualidade e agradece a família que trabalha na propriedade onde fabrica cerca de 70 peças que hoje não é suficiente para atender ao mercado. A esposa de Lázaro, Dirce Martins, lembra que é ela quem põe a mão na massa e agradeceu ao marido por ter ensinado ela a produzir o queijo premiado. Ela ressaltou que essa premiação representa muito para a família e acaba dando mais entusiasmo para continuar desenvolvendo produtos de qualidade para serem vendidos principalmente na feira do produtor.

 

(Renato Oliveira/Difusora 95)