Prefeito diz estar fazendo levantamento para conceder reajuste e cestas ao funcionalismo público

Publicado em: 25/02/2017
 

O último dia útil de fevereiro foi nesta sexta-feira (24) e a partir de 1º de março, o funcionalismo público Municipal fica no aguardo com relação ao reajuste salarial que ainda não foi enviado para ser votado pelos vereadores da Câmara Municipal.

 

Esse reajuste teria que ser dado neste mês para recebimento em março, porém o prefeito Deiró Marra ainda não divulgou sobre o mesmo que ano passado foi dado o percentual de 11% divididos em duas vezes, após muita discussão no Legislativo, devido ao índice abaixo do que foi dado ao salário mínimo pelo ex-prefeito e que era de apenas 8%, o que foi contestado pelos vereadores.

 

Uma semana depois que decretou Calamidade Financeira, o prefeito foi questionado se daria o reajuste e disse que estava analisando o impacto financeiro que poderá ocorrer e que estava focado em equilibrar as contas e que não havia definido esse reajuste.

 

Na última semana ele voltou a ser questionado sobre o reajuste e também o repasse dos créditos dentro do Processo de Lei que concede as cesta básicas ao funcionalismo e que não foi dado em dezembro pela antiga administração. Deiró explicou que está fazendo o levantamento e projeção dentro do que permite o decreto, bem como se será possível dar esse reajuste, além das cestas.

(Renato Oliveira)