Polícia Civil apresenta acusado de disparar contra casal e matar jovem em Patos de Minas

Publicado em: 11/10/2017
 

A Polícia Civil apresentou na tarde desta terça-feira (10) em Patos de Minas o jovem acusado de disparar contra um casal e matar Alan Bento da Silva Ferreira, 23 anos. Michel Alves dos Santos, conhecido como “Michelzinho”, negou que tenha praticado o crime. O motivo dos disparos seria devido à rixa existente entre grupos rivais. A esposa da vítima também foi atingida, mas se recupera bem dos ferimentos.

 

 

De acordo com o delegado Érico Rodovalho, as investigações começaram no dia do crime, 1º de outubro. Testemunhas apontaram Michel e um adolescente como sendo os autores dos disparos. “Quando foi interrogado, Michel resolveu permanecer em silêncio, alegando que estava sob efeito de entorpecente. Várias testemunhas foram ouvidas e foram unânimes em apontá-lo como autor do crime.”, disse.

Segundo o delegado, após os disparos, Michel ainda saiu dizendo que iria matar todos do Bairro São José Operário. O menor que estava com ele também foi identificado e os policiais seguem em rastreamento para tentar localizá-lo. Érico Rodovalho destacou que o crime aconteceu por causa da rivalidade existente entre facções dos Bairros São José Operário e Nossa Senhora Aparecida.

 

O delegado também ressaltou que Michel vem sendo um dos mais influentes do bairro Nossa Senhora Aparecida e vem atuando junto com seus comparsas para tentar acabar com os inimigos. O delegado destacou que, apesar de os membros destes grupos não mostrarem qualquer intenção de serem ajudados, os policiais vão continuar trabalhando para tentar levar paz aos moradores dos bairros. Vários crimes já ocorreram devido a essa rixa e muitos já perderam a vida. Michel negou ter participado do crime.