Powered by WP Bannerize

Polícia Civil anuncia a prisão do mentor do incêndio a coletivo em Patrocínio

Publicado em: 11/02/2017
 

A Polícia Civil de Patrocínio prendeu na noite desta sexta-feira (10) o autor do incêndio ao ônibus da Viação Cidade Paraíso. O crime aconteceu na noite de quinta e o rapaz confessou o crime.

 

Chefiaram as investigações o delegado regional Wilton José Fernandes e o delegado Caio Ballerini. De acordo com a Polícia Civil, foi preso D.S.S., 22 anos. Ele foi o mentor da ação de vandalismo, confessou participação no crime e disse estar arrependido. O jovem vai ficar preso na Penitenciária de Patrocínio.

 

Ainda segundo a polícia, outros autores foram identificados e serão presos a qualquer momento. No início da madrugada a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Patrocínio informou que o delegado responsável pelo caso deve conceder entrevista coletiva em breve para falar sobre o assunto.

 

O crime foi na noite da última quinta-feira. Após a reunião da Câmara Municipal em que moto taxistas ficaram revoltados com a aprovação de uma lei que limita o número desses profissionais em Patrocínio e coloca uma série de exigências para se trabalhar nessa atividade na cidade um grupo de motociclistas parou um coletivo na Avenida Brasil, no bairro Nações. O autor armado com um revólver mandou o motorista e todos os passageiros descerem, quando outros motociclistas entraram, jogaram combustível e colocaram fogo no ônibus que ficou completamente destruído. Os cerca de 10 a 15 autores fugiram e agora a Polícia Civil anuncia a prisão do mentor da ação criminosa.

 

Por conta do que ocorreu desde quinta a Polícia Militar reforçou operações na cidade para impedir que outros atos semelhantes ocorressem e a Polícia Civil começou a investigar. Ontem, o prefeito Deiró Marra, em entrevista coletiva, disse que não se intimidaria com o que aconteceu e afirmou que iria sancionar a lei regulamentando o trabalho dos moto taxis e moto frete na cidade.

(Rádio Rainha da Paz)