Powered by WP Bannerize

Os benefícios da música para o ser humano

Publicado em: 24/07/2017
 

Desde a Antiguidade, a música acompanha o ser humano. Sua utilização, além de embalar as festas proporcionadas pelas cortes em diversas ocasiões, servia também como marcação do ritmo das remadas em batalhas e conquistas por via marítima. Atualmente, até mesmo a ciência comprova que a música tem poder terapêutico, aliviando desde dores crônicas até a reversão de sintomas de depressão.

 

Pesquisas publicadas pela Associação Americana de Musiciterapia (EUA) e pela Federação Mundial de Musicoterapia (ITA), comprovam a influência musical no controle da pressão sanguínea e nos batimentos cardíacos. De acordo com o professor de música Marcos Jonny, a música estimula regiões ligadas à concentração no cérebro. Isso porque, segundo especialistas, os estímulos sonoros agem nas áreas temporais do cérebro responsáveis pela afirmação do comportamento musical.

 

“A música tem o poder de congregar, alegrar e até curar. E quando se trata de musicoterapia, a meu ver, ela deve ser praticada em todos os lugares. Quando recebo alunos que apresentam sintomas de uma possível depressão, ao longo do tempo podemos ver que ele melhora seu humor e sua condição. Um ganho importante para ele”, declara Marcos Jonny.

Durante a vida, a música pode emocionar, trazer à memória momentos e até mesmo resgatar lembranças de quem e do que gostamos. Quando envelhecemos, ela também é de fundamental importância. Para Marcos, esta experiência proporciona aos velhinhos a possibilidade de uma interação e sociabilização melhor. “Geralmente este público tem a tendência a se isolar, da família ou de qualquer convívio social. Com a música, ele interage tanto com pessoas de sua faixa de idade e até mesmo os mais jovens. E esta interação é importante para eles”, ressalta o musicista.

 

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

A arte ligada a uma boa qualidade de vida e aos avanços na saúde tende só a aumentar a expectativa do público mais velho no país. Em 1900, a expectativa média de vida, no Brasil, era de 33 anos. Hoje, já estamos na marca dos 67. Estudos demográficos apontam que, em 2025, o brasileiro viverá em média 75,3 anos e, por volta do ano 2050, 2 bilhões de pessoas no mundo terão mais de 60 anos.

Se ainda resta alguma dúvida sobre os benefícios da música para quem passou dos 60 anos, segue algumas das comprovações feitas com base científica.

 

A música:

– Ajuda no relacionamento interpessoal;

– Desenvolve a inteligência espacial e melhora as habilidades matemáticas;

– Otimiza a concentração e o raciocínio lógico;

– Ajuda no tratamento de problemas respiratórios;

– Previne doenças cardiovasculares;

*Matéria atualizada com informações do IPQuality Comunicação