Powered by WP Bannerize

Saúde

Benefícios do INHAME


Publicado em: 18/12/2014
 

O Inhame reduz o risco de doença cardíaca

O Inhame é uma boa fonte de vitamina B6. A vitamina B6 é necessária para o corpo a eliminar uma substância chamada homocisteína, que pode danificar as paredes dos vasos sanguíneos. Uma ingestão frequente de vitamina B6 reduz o risco de doença cardíaca.

O Inhame é uma boa fonte de potássio, um mineral que ajuda a controlar a pressão arterial. A baixa ingestão de alimentos ricos em potássio, especialmente quando combinada com uma alta ingestão de sódio pode provocar hipertensão.

inhame3

O Inhame ajuda contra espasmos

Seus usos tradicionais incluem o tratamento de cólicas espasmos musculares, asma. As suas propriedades Antiespasmódicas e anti-inflamatórias tornam-o útil para tratar cãibras no estômago.

 O Inhame ajuda na menopausa

Muitos consumidores têm encontrado produtos no mercado de inhame selvagem ou de extractos de inhame selvagem, como substâncias que podem ajudar a proporcionar uma alternativa natural para reposição hormonal em mulheres que tenham atingido a idade da menopausa.
Muitos desses produtos são fornecidos na forma de cremes que podem ser aplicados topicamente.

Também gostaríamos de acrescentar algumas informações sobre o inhame e a vitamina B6. A vitamina B6 tem sido um suplemento popular que diz respeito ao síndroma pré-menstrual (SPM) em mulheres, especialmente em conjunto com a depressão que pode ser desencadeada pela SPM.

Uma xícara de inhame em cubos cozidos contém 15,5% do valor diário da vitamina B6, e consideramos o inhame como uma “boa” fonte de vitamina B6 por este motivo.
O Inhame ajuda a regular o açúcar no sangue e ajuda no controlo de peso

inhame2

Os hidratos de carbono e a fibra do Inhame retardam a taxa com que os açúcares são liberados e absorvidos pela corrente sangüínea.

Além disso, porque o Inhame é rico em fibras, quando ingerido dá uma sensação de saciação. E mais uma vantagem, o inhame é uma boa fonte de manganêsio, um mineral que ajuda no metabolismo dos hidratos de carbono e é um co-factor de várias enzimas importantes na produção de energia e de defesas antioxidantes.

 

 



Benefícios da lichia


Publicado em: 18/12/2014
 

Originária da China (que até hoje responde por 80% da produção mundial), a lichia é da mesma família da frutinha brasileira conhecida como pitomba, muito popular no Nordeste do Brasil. Melhor quando consumida fresca, ela também pode ser encontrada desidratada, em conserva, em forma de polpa, compota e licor.

Com propriedades antioxidantes e rica em vitaminas e micronutrientes, os benefícios da lichia são impressionantes, tanto que é amplamente usada na medicina tradicional chinesa. Confira e se delicie com a frutinha, que costuma estar presente nas prateleiras entre agosto e março.

Barriga sarada com lichia

A lichia é uma poderosa aliada na perda de peso. O superpoder desta frutinha de baixa caloria (cada lichia ter cerca de 7 calorias apenas) atende pelo nome de cianidina. A substância, que é responsável também pela cor rosada da casca, é um pontente auxiliar no emagrecimento, pois potencializa em 15% a queima de gordura pelo corpo.

Detalhe importante: nunca deixe suas lichias expostas ao sol, calor ou a luz excessiva, o que pode enfraquecer a cianidina.

beneficios-da-lichia-2.jpg

Para quem gosta de malhar

Rica em vitaminas hidrosolúveis e em especial vitamina C e potássio, é um alimento essencial para quem pratica esportes: evita e combate as câimbra, armazena proteínas musculares e promove a regeneração e fortalece os ossos, além de ser importante para a recuperação do corpo após o exercício.

Lichia contra o câncer

Outra excelente notícia a favor da lichia é que a frutinha previne o câncer e crescimento de células cancerígenas, sendo uma aliada no combate de diversos tipos de câncer, em especial o câncer de mama devido a presença dos flavonóides presentes na polpa.

beneficios-da-lichia-1.jpg

A lichia ajuda tanto no combate quanto na prevenção da doença, ou seja, mais um motivo para entrar no cardápio da família toda! Coma ao natural, em forma de suco, no café da manhã com granola e iogurte, na salada e na sobremesa. Ótimos benefícios da lichia e mais um poderoso aliado da saúde.

 

Fonte: http://www.bolsademulher.com/

 



Benefícios da lima de bico


Publicado em: 18/12/2014
 

Os benefícios para saúde da lima incluem perda de peso, cuidados da pele, uma boa digestão, o alívio da constipação, oftalmologia, tratamento do escorbuto, hemorróidas, úlcera péptica, distúrbios respiratórios, gota, gengivas, infeções urinárias, etc

lima de bico2

O primeiro fruto que vem à nossa mente quando se trata de usos medicinais de outros tempos é, talvez, a lima. Este citrino azedo pode fazer o que muitos medicamentos especializados não podem. A lima, com o nome científico Citrus aurantifolia, é usada há séculos para o tratamento de várias doenças.

A lima é consumida em todo o mundo em gelados, bebidas, refrescos, picles, doces, geleias, lanches, confeitaria e culinária e o óleo extraído da sua casca ou pele é amplamente utilizado em concentrados para refrigerantes, óleos corporais, cosméticos, óleos para cabelo, pastas de dente, sabonetes de beleza, desinfetantes, elixir bucal, desodorizantes e inúmeros outros produtos. Existem muitas variedades de limas encontrados em todo o mundo, particularmente nas regiões tropicais e nos climas mediterrânicos.

 

Vamos observar os benefícios e usos medicinais da lima:

Escorbuto: A lima é famosa como cura para o escorbuto, a doença que é causada devido à deficiência de vitamina C e caracterizada por infecções frequentes com tosse e resfriado; os lábios e os cantos dos lábios rachados; úlceras na língua e boca; gengivas esponjosas, inchadas e com sangramento, etc que hoje em dia até uma criança pode ter. Porque a sua causa é a deficiência de vitamina C, o seu remédio não pode ser outro senão a vitamina C, e a lima é abençoada com essa vitamina. Antigamente, os soldados e os marinheiros tomaram lima para se manterem a salvo de escorbuto, que era uma doença temida então. Mesmo agora, ela é distribuída entre os trabalhadores que trabalham em ambientes poluentes, como em fornos, oficinas de pintura, tratamentos térmicos, fábricas de cimento, minas etc, para protegê-los do escorbuto.

Cuidados com a pele: O suco de lima e o seu óleo são muito benéficos para a pele quando consumidos por via oral ou aplicados externamente. Ele rejuvenesce a pele, mantém-na brilhando, protege de infecções e reduz o odor do corpo devido à presença de uma grande quantidade de vitamina C e flavonóides, os quais são anti-oxidantes de classe-1, anti-bióticos e desinfetantes. Quando aplicado externamente sobre a pele, os seus ácidos removem as células mortas, curando caspa, erupções cutâneas, contusões , etc e proporciona um banho refrescante, quando o seu suco ou óleo é misturado na água do seu banho.

 

Digestão: A lima tem um aroma irresistível que cria água na boca e, assim, ajuda a digestão primária (mesmo antes de prová-la, a sua boca inunda-se de saliva). Em seguida, os ácidos da lima fazem o resto. Enquanto as moléculas dos alimentos se quebram, os compostos flavonóides encontrados nos óleos aromáticos extraídos da lima, estimulam o sistema digestivo e aumentam a secreção dos sucos digestivos, da bilis e dos ácidos e também estimulam o movimento peristáltico. Esta é a razão por detrás de uma antiga prática na Índia e nos países vizinhos de se comer picles de lima ao almoço e ao jantar.

Obstipação: Primeiramente, a grande quantidade de ácidos presentes na lima ajudam a limpar o sistema excretor, lavando e limpando o trato digestivo, assim como alguns ácidos são utilizados para limpar o chão e casas de banho. Como consequência, é também útil para aliviar a obstipação. Mas é principalmente devido à grande quantidade de ácidos. Uma dose muito forte de suco de limão com sal também atua como um purgante excelente, sem efeitos secundários, dando alívio na obstipação.

Úlcera péptica: A lima, além de vitamina C, contém compostos especiais chamados flavonóides (limonóides, como Glucoside Limonin), que têm propriedades antioxidantes, anti-cancerígenas, anti-bióticas e desintoxicantes, que ajudam na cicatrização de úlceras pépticas e orais.

Doenças respiratórias: O óleo extraído da lima, que contém flavonóides é amplamente utilizado em medicamentos anti-congestivos, como bálsamos, vaporizadores, inaladores devido à presença de Kaempferol. Apenas arranhando a casca de uma lima e inalando dá um alívio imediato da congestão e náuseas.

lima de bico3


Cuidados com os olhos:
Vitamina-C de novo! As suas propriedades anti-oxidantes protegem os olhos do envelhecimento e da degeneração macular. Os flavonóides ajudam a protegê-los de infecções.

Gota: Há duas principais causas de gota. Enquanto o primeiro motivo é o acúmulo de radicais livres no organismo, o segundo é a acumulação de toxinas, ácido úrico principalmente. Agora, a lima pode ajudá-lo com ambas. É um reservatório de anti-oxidantes e desintoxicantes (vitamina C e flavonóides) que combatem os radicais livres, bem como desintoxicam o corpo.

Gengivas: A origem dos problemas das gengivas são a deficiência de vitamina C (escorbuto, o que dá o sangramento das gengivas e textura esponjosa) e o crescimento microbiano. Às vezes, as úlceras, feridas de ossos, objetos duros etc, são também as causas. Em todos esses casos, a lima pode ajudá-lo. A vitamina C cura o escorbuto, os flavonóides inibem o crescimento microbiano e o potássio juntamente com os flavonóides ajudam a curar úlceras e feridas.

Hemorróidas: A lima ajuda a curar úlceras e feridas no sistema digestivo e no sistema excretor e alivia a obstipação também, eliminando todas as causas de hemorróidas.


Perda de peso:
Um copo de água morna com um suco lima concentradol é um redutor de peso excelente, bem como reciclador de resíduos e uma bebida antioxidante. O ácido cítrico presente na lima é um excelente queimador de gorduras. Só tem de tomar dois copos por dia e ver o resultado notável dentro de uma semana.

lima de bico4

Infecções Urinárias: O alto teor de potássio da lima é muito eficaz na remoção de substâncias tóxicas e dos cálculos depositados nos rins e bexiga, e as suas propriedades desinfetantes ajudam a curar infecções no sistema urinário. Ela também impede o crescimento da próstata (muito comum em homens acima dos 40 anos) e limpa o bloqueio da urina devido à deposição de cálcio no trato urinário.

Outros Benefícios: É um bom aperitivo e digestivo. Ajuda a curar a artrite , reumatismo, o câncer da próstata e do cólon, cólera, arteriosclerose, diabetes, fadiga, doenças cardíacas e até mesmo febres altas (ao contrário da crença popular). A melhor parte é que não tem efeitos secundários.

Algumas palavras de precaução: As sementes de todas as frutas cítricas (e também das maçãs) são venenosas e se ingeridas em grande quantidade (até um punhado pequeno) pode ser fatal. Então, evite mastigar ou engolir as sementes quando você consome citrinos.

 

Fonte: http://www.i-legumes.com/



Benefícios do Chá Verde


Publicado em: 18/12/2014
 

Os benefícios do chá verde são principalmente ajudar a emagrecer porque tem cafeína e catequinas que aceleram o metabolismo, fazendo com que o organismo gaste mais energia. Além disso, o chá verde facilita a digestão, ajuda a regular o intestino, a combater a retenção de líquidos e a desintoxicar o corpo facilitando a perda de peso.

O chá verde também é rico em antioxidantes, que são substâncias que conferem outros benefícios ao chá verde, como:

  • Proteger as células do organismo;
  • Retardar o envelhecimento celular;
  • Combater o colesterol;
  • Prevenir doenças do coração;
  • Ajudar a prevenir vários tipos de câncer.

Como o chá verde tem cafeína, ele também ajuda a aumentar a concentração mental e por isso deve ser tomado especialmente na parte da manhã.

Chá verde

Quando beber chá verde

O chá verde deve ser bebido fora das refeições porque reduz a absorção de diversos nutrientes, como o ferro e cálcio. Quem não gostar do sabor amargo característico do chá verde pode adicionar folhas de hortelã ou bater o chá no liquidificador com frutas, como maçã ou morango.

Para ter todos os benefícios do chá verde, basta tomar 3 a 4 xícaras de chá verde por dia. Essa quantidade não deve ser ultrapassada, pois tomar grande quantidade de chá verde faz mal e pode causar insônia, aumentar a pressão e até provocar gastrite.

Benefícios do chá verde para a pele

Os benefícios do chá verde para a pele são principalmente ajudar a rejuvenescer a pele pois o chá verde é rico em antioxidantes que combatem o envelhecimento celular.

Além disso, o chá verde ajuda a hidratar a pele ficando mais brilhante e saudável.

Chá verde2

Benefícios do chá verde em cápsulas

Os benefícios do chá verde em cápsulas são iguais a todos os benefícios do chá verde e são uma excelente alternativa para quem não gosta do sabor amargo do chá verde. Basta ingerir 1 cápsula de chá verde, 3 vezes ao dia, 30 minutos após as refeições.

O chá verde pode ser encontrado na forma de folhas secas, saquinhos de chá triturado ou granulado, podendo ser consumido quente ou frio e pode-se comprar nos supermercados ou lojas de produtos naturais.

 

Fonte: http://www.tuasaude.com/



DESCUBRA A IMPORTÂNCIA DE EQUILIBRAR OS DOIS TIPOS DE COLESTEROL EM NOSSO ORGANISMO, O “BOM” E O “RUIM”


Publicado em: 13/12/2014
 

Falar de colesterol – um tipo de gordura produzida no fígado – ainda hoje é falar de algo terrível, pois é comum o termo ser relacionado com doenças e problemas de saúde. Apesar disso, é importante saber que esse tipo de colesterol, quando em quantidades normais, é importante para o organismo. Inclusive, produzimos 70% do colesterol que precisamos e os outros 30% são provenientes da alimentação. Para que você entenda melhor, há dois tipos de colesterol: o bom (HLD) e o considerado ruim (LDL).

O primeiro retira o excesso de colesterol dos tecidos, inclusive das artérias, o que impede ou diminui a formação de placas gordurosas. O segundo tem a “fama” de ser ruim, mas sem razão: ele é essencial porque transporta gordura para que os tecidos funcionem adequadamente. Dessa maneira, podemos dizer que ambos são importantes, e que tanto o colesterol ruim quanto o bom devem estar presentes em nosso corpo, mas em níveis equilibrados. Mas, afinal, quais os alimentos mais poderosos no auxílio do controle do colesterol?

Segundo Carolina Favaron, nutricionista do Gluten Free, o consumo de fibras está no topo da lista. Já a berinjela contém fitoquímicos que protegem o sistema cardiovascular, impedindo a oxidação do mau colesterol (o LDL). E o ovo, considerado vilão por muito tempo, não deve ser excluído da dieta mesmo por quem já tem o colesterol alto. No entanto, ressalta a nutricionista, deve ser consumido com moderação e como fonte principal de proteína. Evite consumir, ao mesmo tempo, por exemplo, o ovo mais alguma carne vermelha, que já é rica em gordura saturada.Quer descobrir mais alguns alimentos que podem se transformar em verdadeiros aliados no equilíbrio do colesterol?

 

 

FIBRAS AJUDAM A BAIXAR O COLESTEROL

“As fibras – como cereais, aveia, quinoa,chia – têm a propriedade de se ligar aos ácidos biliares aumentando sua excreção. Com isso, contribuem para o controle do colesterol no sangue. A fibra também diminui a absorção do colesterol presente na dieta”, explica Carolina Favaron, nutricionista do Gluten Free.

 

Fibras ajudam a baixar ocolesterol"As fibras - como cereais, aveia, quinoa,chia - têm a propriedade de se ligar aos ácidos biliares aumentandosua excreção. Com isso, contribuem para o controle do colesterol no sangue. A fibra também diminui a absorção do colesterol presente na dieta", explica Carolina Favaron, nutricionista do Gluten Free.

 

SOJA FAZ BEM PARA AS ARTÉRIAS

O grão contém fitoestrógenos – hormônio da soja -, estes que podem ajudar no controle do colesterol. A melhor forma de consumo é a soja fermentada, como o tufo – alimento produzido a partir do grão e que apresenta uma textura firme, parecida com a do queijo – e o missô – pasta de soja fermentada.

 

Soja faz bem para asartériasO grão contém fitoestrógenos - hormônio da soja -, estes quepodem ajudar no controle do colesterol. A melhor forma de consumo é a soja fermentada, como o tufo - alimento produzido a partir do grão e que apresenta uma textura firme, parecida com a do queijo - e o missô - pasta de soja fermentada.

 

MARGARINAS REDUZEM O COLESTEROL

“Apesar de não possuir gordura saturada – responsável por elevar a taxa de colesterol ruim (LDL) na corrente sanguínea – em sua composição, as margarinas são elaboradas com óleos vegetais que passam por um processo industrial para deixá-las com consistência sólida. Esse processo induz à formação de gordura trans, que também é muito prejudicial à saúde. Algumas margarinas, atualmente, são livres de gorduras transe prometem auxiliar na redução do colesterol, mas não existe milagre! O consumo deve ser muito moderado alternando com outras opções, como as pastas naturaisou até mesmo o azeite”, explica Carolina.

 

Margarinas reduzem ocolesterol"Apesar de não possuirgordura saturada - responsável por elevar a taxa de colesterol ruim (LDL) na corrente sanguínea - em sua composição, as margarinas são elaboradas com óleosvegetais que passam por um processo industrial para deixá-las com consistênciasólida. Esse processo induz à formação de gordura trans, que também é muitoprejudicial à saúde. Algumas margarinas, atualmente, são livres de gorduras transe prometem auxiliar na redução do colesterol, mas não existe milagre! O consumodeve ser muito moderado alternando com outras opções, como as pastas naturaisou até mesmo o azeite", explica Carolina.

 

​A BERINJELA É OUTRA AMIGA DO COLESTEROL

A berinjela é rica em fibras – principalmente sua farinha – e contribui para a redução da absorção de gorduras presentes na dieta. Desta forma, diminui ainda a quantidade de colesterol no sangue. Ela também é rica em compostos antioxidantes [que protegem as células], como as antocianinas (responsável pela coloração roxa da casca) e o ácido clorogênico (um polifenol – molécula encontrada em hortaliças). Esses fitoquímicos (nutrientes provenientes de vegetais) protegem o sistema cardiovascular porque impedem a oxidação do mau colesterol que, em excesso, favorece a formação das placas de ateroma (lesões na parede do interior das artérias).

 

 

A berinjela é amiga do colesterolA berinjela é rica em fibras - principalmente sua farinha - e contribui para a redução da absorção de gorduras presentes na dieta. Desta forma, diminui ainda a quantidade de colesterol no sangue. Ela também é rica em compostos antioxidantes [que protegem as células], como as antocianinas (responsável pela coloração roxa da casca) e o ácido clorogênico (um polifenol - molécula encontrada em hortaliças). Esses fitoquímicos (nutrientes provenientes de vegetais) protegem o sistema cardiovascular porque impedem a oxidação do mau colesterol que, em excesso, favorece a formação das placas de ateroma (lesões na parede do interior das artérias).

 

OVO X COLESTEROL ALTO

Por muito tempo o ovo foi considerado um vilão, mas atualmente já se sabe do grande valor nutricional dele, de sua fonte de vitaminas do complexo B, D, E, entre outros benefícios. “Elenão deve ser excluído da dieta, mesmo por quem já tem o colesterol alto. Mas deve ser consumido com moderação e como fonte principal de proteína. Evite, portanto, consumir o ovo mais alguma carne vermelha, por exemplo, que já é rica emgordura saturada. Também é importante não consumi-lo frito, dando preferênciaao ovo cozido ou pochê”, explica Carolina.

 

Ovo x colesterol altoPor muito tempo o ovo foiconsiderado um vilão, mas atualmente já se sabe do grande valor nutricionaldele, de sua fonte de vitaminas do complexo B, D, E, entre outros benefícios. "Elenão deve ser excluído da dieta, mesmo por quem já tem o colesterol alto. Mas deveser consumido com moderação e como fonte principal de proteína. Evite, portanto, consumir o ovo mais alguma carne vermelha, por exemplo, que já é rica emgordura saturada. Também é importante não consumi-lo frito, dando preferênciaao ovo cozido ou pochê", explica Carolina.

​FRANGO É AJUDA QUEM TEM COLESTEROL ALTO?

O frango, assim como os peixes, possui menor quantidade de gordura saturada do que a carne vermelha. E,por isso, contribui para o controle do colesterol. Só é importante evitar o consumo dele frito e com a pele.

 

Frango ajuda quem temcolesterol alto?O frango, assim como ospeixes, possui menor quantidade de gordura saturada do que a carne vermelha. E,por isso, contribui para o controle do colesterol. Só é importante evitaro consumo dele frito e com a pele.

 

CHOCOLATE AUMENTA O COLESTEROL?

O consumo do chocolate amargo pode trazer benefícios para o controle do colesterol porque é rico emantioxidantes que impedem a oxidação do colesterol “ruim” (LDL). No entanto, seu consumo deve ser feito com moderaçãoe associado a outras fontes antioxidantes, como frutas e vegetais. O ideal éconsumir o chocolate com 50% ou mais de cacau em sua composição, sem açúcar elimitar o consumo a 30g por dia.

 

Chocolate aumenta ocolesterol?O consumo do chocolateamargo pode trazer benefícios para o controle do colesterol porque é rico emantioxidantes que impedem a oxidação do colesterol "ruim" (LDL). No entanto, seu consumo deve ser feito com moderaçãoe associado a outras fontes antioxidantes, como frutas e vegetais. O ideal éconsumir o chocolate com 50% ou mais de cacau em sua composição, sem açúcar elimitar o consumo a 30g por dia.

 

O AZEITE AUMENTA O COLESTEROL BOM?

O azeite é rico emantioxidantes e gorduras monoinsaturadas, que são mais saudáveis. Assim, contribui para o controle do colesterol e aumento do HDL, o colesterol “bom”. O ideal é sempre preferir o azeite extravirgem, prensado à frio e em embalagens de vidro escuro porque a luz pode prejudicar a qualidade do óleo. Uma boa dica da nutricionista éfazer uma “manteiga” de azeite e utilizá-la em torradas e biscoitosno lugar da manteiga e margarina convencional.A receita é simples: coloque uma xícara de azeite extravirgem e ervas a gosto (como manjericão, tomilho, orégano, hortelã ou sálvia). Higienize bem as ervas e bata no liquidificador com o azeite. Se desejar, coe e leve emum recipiente de vidro na geladeira. Com a temperatura fria, o azeite vaisolidificar e depois pode ser passado nas torradas e biscoitos.

 

O azeite aumentao colesterol bom?O azeite é rico emantioxidantes e gorduras monoinsaturadas, que são mais saudáveis. Assim, contribui para o controle do colesterol e aumento do HDL, o colesterol "bom". Oideal é sempre preferir o azeite extravirgem, prensado à frio e em embalagens devidro escuro porque a luz pode prejudicar a qualidade do óleo. Uma boa dica da nutricionista éfazer uma "manteiga" de azeite e utilizá-la em torradas e biscoitosno lugar da manteiga e margarina convencional.A receita é simples: coloque uma xícara de azeite extravirgem e ervas a gosto (como manjericão, tomilho, orégano, hortelã ou sálvia). Higienizebem as ervas e bata no liquidificador com o azeite. Se desejar, coe e leve emum recipiente de vidro na geladeira. Com a temperatura fria, o azeite vaisolidificar e depois pode ser passado nas torradas e biscoitos.

 

CEBOLA VERMELHA OU ROXA AJUDA A REDUZIR OS NÍVEIS DE COLESTEROL RUIM

 A cebola vermelha ou roxa possui uma substância conhecida como antocianinas, que ajudam a reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue. Ela ainda é uma aliada para quem tem pressão alta.

 

Cebola vermelha ou roxa A cebola vermelha ouroxa possui uma substância conhecida como antocianinas, que ajudam a reduziros níveis de colesterol ruim no sangue. Ela ainda é uma aliada para quem tem pressão alta.

 

COMER MORANGOS AJUDA A REDUZIR ÍNDICES DO MAU COLESTEROL

Pesquisadores da Itália e da Espanha afirmaram, em estudo publicado no mês de fevereiro de 2014, no “Journal of Nutritional Biochemistry” que comer morangos ajuda a reduzir significativamente índices do mau colesterol e triglicérides – gordura que tem como função regular a reserva de energia. A fruta tem tambémantocianina (que dá cor à fruta), que age como antioxidante e previne contra aarteriosclerose e o envelhecimento da pele.

 

Comer morangos ajuda a reduzir índices do mau colesterolPesquisadores da Itália eda Espanha afirmaram, em estudo publicado no mês de fevereiro de 2014, no "Journalof Nutritional Biochemistry" que comer morangos ajuda a reduzirsignificativamente índices do mau colesterol e triglicérides - gordura que tem como função regular a reserva de energia. A fruta tem tambémantocianina (que dá cor à fruta), que age como antioxidante e previne contra aarteriosclerose e o envelhecimento da pele.