Powered by WP Bannerize

Notícias

Médicos brasileiros já ocupam vagas de cubanos, mas cidades também têm desistências


Publicado em: 28/11/2018
 

Profissionais brasileiros inscritos no novo edital do programa Mais Médicos começaram nesta semana a ocupar as vagas deixadas pelos cubanos, mas desistências já preocupam os municípios. Na segunda-feira, 26, 224 brasileiros se apresentaram às cidades onde irão trabalhar, segundo o Ministério da Saúde.

 

A médica Carolina Serafim da Silva, de 27 anos, foi uma delas. Na terça-feira, 27, começou a trabalhar em Votorantim (SP). Pelo menos 1.307 médicos cubanos que atuavam em 733 municípios – de um total de 8,3 mil profissionais da ilha – já deixaram o País, disse a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

 

“Encaro como uma oportunidade, pois penso em me especializar em Medicina da Família”, diz ela, que terá cerca de 4 mil moradores sob seus cuidados. A jovem, que vivia de plantões, acredita que o programa vai garantir a ela mais estabilidade. Além da bolsa de R$ 11,8 mil, terá uma ajuda de custo de R$ 1,8 mil para gastos com aluguel.

 

Na terça, a professora Claudia Ferreira, de 47 anos, foi conhecer a novata e aproveitou para medir a pressão. “Espero que tenha o mesmo pique da doutora Liliana, a cubana que nos deixou. Com ela, o atendimento melhorou muito.” Saiu animada. “Ela (Carolina) é simples como a gente, simpática. Acho que vai ser uma continuidade.”

 

Segundo a Secretaria de Saúde de Votorantim, há ainda uma vaga aberta por uma brasileira que saiu do programa sem terminar o contrato. Antes de Cuba anunciar o rompimento, havia cerca de 2 mil vagas não preenchidas no País – de 18.240 postos do programa federal.

O novo edital também tem atraído recém-formados. É o caso de Raphael Fittipaldi, que vai atuar em Ourinhos (SP). “Como sou da cidade, me coloquei à disposição para assumir de imediato a vaga”, conta ele, que pegou o diploma no 1.º semestre e começou a trabalhar na terça.

A Secretaria de Saúde de São Paulo informou que já tem os nomes dos 78 profissionais inscritos para trabalhar na capital e eles vão se apresentar no dia 3.

Desistências

Já em Cosmópolis (SP), de sete aprovados no novo edital, só três estão disponíveis. Três desistiram antes de “tomar posse”, diz a prefeitura, e um não se apresentou. A reposição dos desistentes já foi pedida. Lá havia oito médicos cubanos – sete saíram. O outro fez o Revalida, exame de validação do diploma obtido no exterior, e foi aprovado. O jornal O Estado de S. Paulo tentou contato com os desistentes, mas eles não quiseram falar.

A evasão preocupa gestores de Saúde. Se houver dificuldade em repor os cubanos, o ministério estuda deslocar profissionais que já atuam no programa para essas regiões. Em edital de novembro de 2017, o índice de desistência entre profissionais com registro havia sido de 20%.

Em Contagem, Grande Belo Horizonte, a expectativa era receber cinco inscritos, mas dois desistiram. Os outros devem começar na semana que vem. Um posto em Nova Contagem, bairro pobre da cidade, só tinha um médico, cubano, e agora está sem nenhum. A prefeitura estima que 22 pacientes deixem de ser atendidos por dia no local.

O Ministério da Saúde disse adotar medidas “para garantir a assistência”. Balanço sobre o novo edital deve sair no dia 18. “Em caso de desistência, a vaga será disponibilizada numa possível segunda etapa.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

(Portal Uai)



Família pede ajuda para cirurgia de criança vítima de acidente doméstico em Patos de Minas


Publicado em: 28/11/2018
 

Uma família, da cidade de Patos de Minas está lutando contra o tempo para conseguir salvar a pequena Eduarda Pereira de Almeida que se feriu gravemente em um acidente doméstico. A garotinha de apenas 1 ano precisa realizar duas cirurgias no olho, mas a família não possui o dinheiro para pagar o tratamento que será realizado em Uberlândia.

 

Tainara Pereira Caetano, mãe de Eduarda, contou todo o drama porque passa a família. Uma garrafa pet que continha garapa azeda explodiu e acertou o rosto dela, causando grande dano à visão de Eduarda. Ela ficou quase uma semana internada e agora, depois de ter perdido parte da visão, teve descolamento de retina e ainda possui um furo em um dos olhos.

 

Tainara disse que a filha já foi avaliada por anestesista, marcando para esta quarta-feira (28) a primeira cirurgia. “O tratamento ficaria em cerca de R$40.000,00, mas foi dado um desconto, caindo para R$18.500,00. Dez mil, eles permitiram o parcelamento, mas também não terei como quitar o débito. Muita gente está fazendo bingo e rifa para ajudar”, contou.

 

Ela disse que teve que deixar o serviço na padaria onde trabalhava no Bairro Gramado para cuidar da filha. Quem puder ajudar com qualquer quantia, será de muita ajuda. Os depósitos podem acontecer na conta da avó, Maria Neusa Pinheiro de Almeida, ou na conta de Tainara.Os dados são:

 

Banco Caixa: Conta: 001367565- operação 013- Agência: 0142- Maria Neusa Pinheiro de Almeida

Banco Caixa: Conta: 00069034-6- Operação 013- Agência 0142- Tainara P Caetano

 

As pessoas que desejarem fazer uma transferência e precisem do CPF, Tainara pediu para entrar em contato pelo (34) 9 9898 8389 ou whatsapp (61) 9 8163 9025 ou ainda pelo whatsapp (62) 9 84385114.

(POnoticias)



Doze ferros-velhos são interditados durante fiscalização da Polícia Civil em Patos de Minas


Publicado em: 28/11/2018
 

A operação está sendo realizada pela Delegacia Especializada de Investigação de Furto e Roubo de Veículo de Belo Horizonte.

 

Uma fiscalização administrativa em quatorze ferros-velhos realizada pela Polícia Civil em Patos de Minas durante esta ultima terça-feira (27), resultou na interdição de doze estabelecimentos e na apreensão de dezenas de peças automotivas de origem ilícita.

 

A operação está sendo realizada pela Delegacia Especializada de Investigação de Furto e Roubo de Veículo de Belo Horizonte e conta com dez investigadores da capital mineira e com o apoio de seis policiais patenses,

 

Segundo o delegado Luis Mauro Sampaio, a operação visa garantir três critérios de fiscalização nos ferros-velhos. “Os estabelecimentos precisam comercializar apenas objetos lícitos, respeitar o meio ambiente e ainda reduzir a criminalidade por meio de selos inseridos nas peças”, explicou.

 

O delegado de Belo Horizonte Fernando Andrade Alvarenga Santos explica que a operação visa o cumprimento da Lei do Desmonte, sancionada em 2014 pelo Detran, que prima pelo credenciamento de estabelecimento comerciais de peças automotivas usadas.

 

“Os proprietários dos estabelecimentos que ainda não foram credenciados terão um prazo para entregar os documentos, já os que foram flagrados com peças de origem de ilícitas serão presos em flagrantes e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil”, disse Fernando.

 


  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria
  • Galeria


Caminhão perde o freio e invade residência no bairro Morada do Sol em Patos de Minas


Publicado em: 28/11/2018
 

Um caminhão baú perdeu o freio e invadiu uma residência no bairro Morada do Sol em Patos de Minas na manhã desta quarta-feira (28). Apesar do susto para os moradores e para os vizinhos ninguém se feriu. O proprietário do caminhão se comprometeu em arcar com os prejuízos.

 

O acidente aconteceu por volta de 9h00 desta manhã. Segundo testemunhas, o caminhão parou no alto da rua Dos Cumarus e, de repente, começou a descer. O veículo só parou depois de subir a calçada e derrubar o muro da residência. A casa não chegou a ser atingida porque o ferro da lixeira serviu como barreira.

 

A dona Zenilda Maria Silva Amaral é a moradora da casa. Ela disse que estava fazendo biscoitos quando começou a ouvir os gritos dos vizinhos. Na sequência veio o barulho da batida e quando chegou na sala da casa encontrou o muro caído.

 

Apesar dos estragos, dona Zenilda agradeceu por ninguém ter se ferido. Ela disse que costuma estender roupas no local onde o muro desabou. A Polícia Militar esteve no local e registrou a ocorrência. Os motivos que levaram o caminhão a perder o freio ainda serão investigados. O proprietário do caminhão se comprometeu em reparar os estragos na residência ainda hoje.

(Patoshoje)



Após tentativa de homicídio, militares apreendem com namorada da vítima drogas, dinheiro e arma


Publicado em: 28/11/2018
 

PATROCÍNIO/MG – No dia 27 de novembro de 2018-Ter, às 22h39m, a PM recebeu uma solicitação dando conta que na Rua Paraguai, bairro Nações, havia ocorrido disparos de arma de fogo e que no local haveria um homem alvejado.

 

No endereço foi encontrado F. P. S. de 32 anos caído no interior da residência, ainda consciente e com sangramento no tórax.

 

 
 

No local, a namorada e a mãe da vítima informaram que no momento em que saíram no portão da casa foram surpreendidos por dois indivíduos magros e altos, ambos com os rostos cobertos por “balaclavas” pretas e armados com armas de fogo, e que um deles efetuou disparos na direção de F., vindo a atingi-lo. F. correu em direção ao interior de sua casa em busca de socorro, tendo os atiradores evadido a pé pela Rua Paraguai em direção à Rua Espanha.

 

Imediatamente foi acionado o socorro médico, tendo comparecido ao local uma ambulância do serviço de atendimento médico de urgência “SAMU”, que constatou que F. havia sido atingido por um disparo no tórax, um no ombro e um no abdômen, sendo necessário transferi-lo para o pronto socorro da Universidade Federal de Uberlândia.

 

Durante atendimento da ocorrência, a polícia suspeitou da namorada da vítima que carregava uma bolsa. Ao realizar buscas, foram encontradas na bolsa, uma porção considerável de substância semelhante à maconha em farelos, uma pedra de substância semelhante à crack e a quantia de R$ 623,00 e um revólver da marca Rossi, calibre .38, carregado com cinco munições intactas.

 

Ao questioná-la a respeito dos materiais, ela informou que aqueles materiais eram de F. que havia lhe pedido para retirar da residência. Ela ainda informou que em sua residência havia mais drogas e dinheiro.

 

A polícia Militar deslocou até o endereço e após vistoria no quarto dela, foram localizados mais dois tabletes grandes de substância semelhante à maconha, uma pedra grande de substância semelhante à crack, a quantia de R$ 1.785,00 em cédulas diversas e uma folha de cheque, os quais estavam sobre o guarda-roupas.

 

A autora foi presa em flagrante, informada de seus direitos, conduzida até o pronto socorro municipal de Patrocínio, pois se queixava de dores no joelho esquerdo, e logo após, apresentada na Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os materiais apreendidos.

 

F. também foi preso e informado de seus Direitos Constitucionais, porém foi encaminhado pela ambulância SAMU até a cidade de Uberlândia, onde permanece escoltado por uma guarnição da Polícia Militar.

 

O perito criminal compareceu e realizou seus trabalhos, tendo sido localizado por ele quatro cápsulas de munições calibre .380.

 

Os envolvidos não souberam apontar nenhum suspeito da autoria dos disparos.

 

A vítima F.P.S tem passagens por posse e porte ilegal de arma de fogo, tráfico, roubos e furtos, e estava em liberdade condicional, pois deixou a Penitenciária de Carmo do Paranaíba prisão no dia 23 de outubro de 2018.

(Patrocinioonline)