Powered by WP Bannerize

Notícias

Os benefícios da masturbação para a saúde sexual feminina


Publicado em: 03/09/2014
 

Os benefícios da masturbação para a saúde sexual feminina envolvem melhorias em nível sexual, ao aumentar o conhecimento dos limites e necessidades do próprio corpo, mas também ao nível psicológico, comportamental e inclusive cardíaco.

A masturbação ajuda a exercitar músculos, produzir secreções e manter viva a genitália feminina, podendo melhorar a resistência à candidíase, reduzir os sintomas de tensão pré-menstrual e aliviar dores menstruais e das costas, ao aumentar o fluxo de sangue para a região pélvica.

A masturbação é uma forma natural de conhecimento do próprio corpo, através da auto-manipulação genital, objetivando o orgasmo. O orgasmo atingido através da masturbação não é diferente daquele da relação sexual compartilhada, tanto em intensidade e duração, como em qualidade e benefícios para o corpo.



Jovem é apresentado como autor de assassinato de servente de pedreiro


Publicado em: 03/09/2014
 
A Polícia Civil apresentou na manhã desta quarta-feira (03), o acusado de ter assassinado um servente de pedreiros em junho deste ano. O jovem de 19 anos é bastante conhecido do meio policial e estava foragido desde a data do crime. Ele tem passagens inclusive por homicídio quando era ainda adolescente.

O crime aconteceu na manhã do dia 16 de junho deste ano no bairro Jardim Esperança. De acordo com inquérito policial, Higor Pablo Santos da Silva teria ido até o local de trabalho da vítima para cometer o crime. Adão Gilmar Pereira, de 43 anos, estava furando um buraco quando Higor chegou e efetuou um disparo na cabeça dele. No segundo a arma mascou, mas o assassino engatilhou de novo e efetuou mais um disparo também na cabeça.

Gilmar chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo dois dias depois no Hospital Regional. De acordo com o Delegado Flávio Luciano, o crime foi motivado por desavenças entre os dois. Gilmar teria prestado serviços como servente de pedreiro para Higor quando ocorreu o desentendimento. Na época houve ameaças de ambas as partes e o jovem decidiu matar, não só o servente de pedreiros como também o filho dele.

Segundo o delegado Flávio Luciano, Gilmar sempre levava o filho para o trabalho. No dia do crime, no entanto, o rapaz permaneceu em casa. Higor chegou a ir até a casa dele, mas não conseguiu retirá-lo da cama. Ele então decidiu voltar para o local de trabalho de Gilmar onde cometeu o crime.

Após os disparos, Higor fugiu da cidade. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e acabou sendo preso pela Polícia Militar no dia 24 de agosto, junto com um grupo de adolescentes suspeitos de furto. O jovem não confessou o crime e disse que vai falar apenas em juízo. A Polícia Civil, no entanto, não tem dúvidas da autoria do crime e vai indiciar Higor por homicídio duplamente qualificado.

Foto: Patos Hoje

Higor é um velho conhecido da polícia. Ele já foi condenado inclusive por homicídio quando era adolescente. Depois de adulto, o jovem já teve passagens por tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Ele está recolhido no Presídio Sebastião Satiro onde deverá permanecer recolhido até o julgamento.

Balanço de Homicídios de 2014

Durante a apresentação do autor de homicídio na manhã desta quarta-feira (03) a Polícia Civil também apresentou um balanço parcial do número de homicídios em Patos de Minas. Foram 11 assassinatos no primeiro semestre deste ano, queda de 20% em relação ao ano passado. No ano, o número de homicídios chega a 17, também menor que no mesmo período do ano passado.

De acordo com o delegado regional, Elber Barra Cordeiro, os números apurados até agora são os menores dos últimos três anos. Segundo ele, a expectativa é de que os homicídios sofram redução em 2014. Por outro lado, o número de latrocínios aumentou. Foram três nos primeiros meses deste ano.

Autor: Maurício Rocha



Sentença determina o bloqueio de sinal de celular em penitenciária de Patrocínio, no Alto Paranaíba


Publicado em: 03/09/2014
 

No local, estão presos cerca de 1.200 criminosos, que cumprem penas nos regimes fechado, semiaberto e aberto. Alguns deles fazem parte de grandes organizações criminosas.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) obteve sentença da Vara de Execuções Penais da Comarca de Patrocínio, proferida pela juíza Ana Régia Santos Chagas, que obriga o estado de Minas Gerais a bloquear, em 120 dias e sob pena de multa diária de R$ 500, o sinal de celular no interior da penitenciária Deputado Expedito Faria Tavares, localizada na zona rural de Patrocínio, cidade do Alto Paranaíba.
A sentença confirma liminar anteriormente concedida e mantida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). No local, estão presos cerca de 1.200 criminosos, que cumprem penas nos regimes fechado, semiaberto e aberto. Alguns deles fazem parte de grandes organizações criminosas.
Segundo apurou a 3ª Promotoria de Justiça de Patrocínio, no ano de 2013, foram apreendidos mais de 270 celulares na unidade prisional, mesmo com esforços conjuntos do MPMG, da Polícia Civil, do Judiciário e da direção da penitenciária para impedir a entrada dos equipamentos no local. O uso desses celulares permite que presos continuem comandando organizações criminosas e o tráfico de drogas, ordenando à distância sequestros, homicídios e outros crimes.
Conforme o promotor de Justiça Cleber Couto, autor da Ação Civil Pública, o “uso de celulares pelos sentenciados fomenta a criação, a manutenção e o fortalecimento de agrupamentos criminosos, ameaças reais e concretas à nossa sociedade e ao Estado Democrático de Direito”. Para ele, a alternativa mais eficiente no caso da penitenciária é o bloqueio do sinal de telefonia móvel. “A utilização de sinais de celulares nos inúmeros presídios brasileiros, além de permitir a perpetuação das facções criminosas, vem possibilitando a manutenção de um ‘estado paralelo’ no interior desses estabelecimentos”, afirmou Cleber Couto.
De acordo com a sentença, o bloqueio do sinal de telefonia celular no interior da penitenciária deve se dar sem prejuízo do sinal para as pessoas no entorno do estabelecimento, e sem prejuízo da comunicação da própria direção e setor administrativo da penitenciária.
Autor: Igor Nunes – Fotos: Patrocínio On Line/arquivo


Projeto MEDIAR da Polícia Civil realiza atendimentos em Lagoa Formosa


Publicado em: 03/09/2014
 
O Projeto Mediar da Polícia Civil de Patos de Minas, Núcleo de Mediação de Conflitos, voltou a trabalhar itinerantemente. Desta vez, os profissionais compareceram à cidade de Lagoa Formosa/MG. Esta foi a 2ª vez que o projeto, que vem construindo grandes resultados em Patos de Minas, atende em outra cidade.

Nessa ocasião, os trabalhos foram mais aprofundados, dada a carência da população local deste tipo atendimento voltado para o policiamento comunitário. Foram realizados seis ciclos de mediação, todos com resultado positivo. Dois ciclos foram desenvolvidos com moradores da zona rural de Lagoa Formosa e os outros quatro, com moradores urbanos.

Nos quatro casos, as partes conflitantes ficaram extremamente satisfeitas com as propostas e se comprometeram a cumprir o acordado. Cabe ressaltar, que o núcleo de mediações atuou em conjunto com a Vigilância Sanitária da Prefeitura Municipal de Lagoa Formosa, pois que em dois casos da região urbana, o motivo do conflito era a perturbação do sossego causada por animais domésticos.

Nos casos em questão, o órgão fiscalizador da Prefeitura Municipal já havia investido em várias tentativas de sanar a problemática, contudo, não obtivera êxito, o que só foi alcançado com a presença da equipe multidisciplinar do núcleo de mediações de Patos de Minas.

No total, a equipe atendeu 21 pessoas, com a presença dos Exmos. Srs. Drs. Bruno do Carmo Garcia – Delegado de Polícia Gestor do Núcleo de Mediação de Patos de Minas/MG e Érico Henrique Resende Rodovalho – Delegado de Polícia do Município de Lagoa Formosa, dos Mediadores de Conflitos Lidiane Cristina Carrilho de Castro e Rodrigo Gonçalves de Almeida, bem como do Investigador de Polícia Nergiton Geraldo Candesousa.

Os ciclos ocorreram na nova sede da Polícia Civil de Lagoa Formosa, local amplo, que foi previamente equipado com todo o aparato que os ciclos requerem, tais como a mesa redonda, de modo a deixar com que as partes mediadas sentissem a neutralidade de nivelamento da proposta, aplicando a metodologia usual da mediação de conflitos.

Há de se destacar também a presença da imprensa local, bem como da imprensa da cidade de Patos de Minas/MG. Por fim, é importante citar que outros casos foram trazidos à apreciação do núcleo, o que demandará a realização de novas visitas itinerantes a Lagoa Formosa, auxiliando sobremaneira nos trabalhos de polícia comunitária naquela cidade.

Fonte: Projeto Mediar da Polícia Civil



Acusado de assaltar relojoaria e disparar em gerente é preso em Vazante


Publicado em: 03/09/2014
 

A Polícia Militar prendeu, nessa terça-feira (02), o acusado de assaltar relojoaria no Centro de Patos de Minas. A prisão de Hudson Vinicius Martins Silvério, 23 anos, aconteceu na cidade de Vazante. O acusado teria além de roubado joias disparado no gerente da relojoaria. Veja mais! A moto usada por ele foi encontrada toda queimada.Veja Mais!

De acordo com informações da Polícia Militar, uma denúncia anônima informou onde Hudson estava abrigado. Militares de Patos de Minas, Vazante e Lagamar foram até o local e encontraram o acusado. Os policiais ainda apreenderam alguns tabletes de maconha e R$200,00 em dinheiro.

Antes da prisão, Hudson ainda teria fugido de outra abordagem, mas acabou não escapando. Após ser ouvido pela autoridade policial, ele será encaminhado para o Presídio Sebastião Satiro, em Patos de Minas. Um mandado de prisão por roubo à mão armada já havia sido expedido. Além destes crimes, Hudson já possuía outras passagens policiais.

Autor: Farley Rocha