Powered by WP Bannerize

Notícias

PM apreende muita droga, dinheiro e arma de fogo e prende até senhor de 72 anos


Publicado em: 14/09/2014
 

A Polícia Militar montou uma operação na tarde dessa sexta-feira (12) em Patos de Minas para cumprir 4 mandados judiciais. Durante o trabalho, foram presos cinco homens por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo, dentre eles, um senhor de 72 anos. Foram apreendidos cerca de R$8 mil, mais de um quilo de crack e arma de fogo com munições.

O primeiro trabalho foi realizado pelo Grupo Tático da 86ª, Bairro Brasil. Após monitorar a casa de Roberto Antônio da Silva, 72 anos, na Rua Santa Catarina, os policiais abordaram um homem que havia acabado de deixar o local com uma porção de droga. Ao ser indagado, o usuário disse que havia comprado a droga no imóvel.

Os policiais adentraram a casa e encontraram o senhor de 72 anos, Jonatan Amorim, 28 anos, e Sílvio Marcos do Amaral, 50 anos. Mais algumas porções de droga e um tablet sem origem comprovada foram encontrados. Jonatan chegou a mentir o nome para escapar da prisão, mas acabou falando a verdade. Ele estava descumprindo o regime de prisão que lhe havia sido imposto. Contra Sílvio, também havia um mandado de prisão em aberto.

Na sequência, os policiais prenderam nos Bairros Bela Vista e Vila Garcia mais dois homens por tráfico de drogas. Em cumprindo a mandados judiciais, os policiais foram até as casas de Vinicio Vieira da Silva e Carlos johnes Brito. Com eles, foram apreendidos uma grande quantia de dienheiro, arma de fogo e muita droga.

Com Vinicio, foram apreendidos cerca de R$7 mil em dinheiro e em cheques e 1,040kg de crack. Já Com Carlos Johnes, foram apreendidos mais uma grande quantia de dinheiro em cédulas e pratas, uma pistola com nove munições e algumas porções de droga. Todo o material foi apreendido e levado para a delegacia para as demais providências.

O Capitão Sócrates, que comandou a operação, ressaltou o resultado do trabalho e agradeceu as pessoas que denunciaram através do 181 ou 190. Ele pediu para a população continuar contribuindo com o serviço de segurança pública. “Tendo as informações, a gente vai atrás para prender estes marginais”, afirmou.

Foto: Patos Hoje

Foto: Patos Hoje

Foto: Patos Hoje

Foto: Patos Hoje

Foto: Patos Hoje

Foto: Patos Hoje

 

Autor: Farley Rocha



Em Patos de Minas, PM prende dupla com duas pistolas e munições, maconha e R$5 mil em dinheiro


Publicado em: 14/09/2014
 

A PM não economizou no trabalho nessa sexta-feira (12) em Patos de Minas. Após uma operação que levou 5 para a delegacia, os militares prenderam mais dois com duas armas semiautomáticas, diversas munições, muita droga e cerca de R$5 mil em dinheiro. Os dois já possuem passagens pela polícia, sendo que um havia deixado o presídio nessa semana.

A prisão aconteceu pelo Grupo Tático da 86ª Companhia. De acordo com o Capitão Sócrates, os militares receberam uma denúncia de que pessoas estavam portando arma de fogo e traficando em uma casa na Rua Duque de Caxias, Bairro Brasil. Os policiais foram até o local e flagraram Caio César Martins Ferreira, 20 anos, saindo da casa com uma pistola na cintura.

O Sargento Hermes contou que o rapaz chegou a sacar a arma, mas desistiu quando percebeu que era polícia. Márcio Silva Morais Vieira, 44 anos, também foi encontrado na casa com outra pistola na cintura. Os policiais fizeram uma busca na casa e encontraram mais 14 tabletes de maconha, cartões de crédito, identidades e cera de R$5 mil em cédulas e moedas.

Foto: Patos Hoje
Foto: Patos Hoje
Foto: Patos Hoje
Foto: Patos Hoje

As armas com alto poder de fogo chamam a atenção. Uma das armas é de calibre 9mm e que possui uso restrito. Surpreendendo os policiais, a arma possui fabricação turca. Todo o material foi apreendido e levado para a delegacia. Caio e Márcio que já possuem passagem policial devem responder por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

E a vontade de deixar a vida do crime parece não fazer parte dos pensamentos de Caio. De acordo com o Capitão Sócrates, o pai do jovem informou que ele havia deixado o presídio na terça-feira (09). O oficial ressaltou a importância das denúncias e pediu para a população continuar contribuindo com o trabalho de segurança pública.

Autor: Farley Rocha/Patoshoje.



Em pronta resposta da PM assaltantes de supermercado são presos e armas e munições apreendidas


Publicado em: 14/09/2014
 

A Polícia Militar não tem dado trégua aos bandidos e tem tido um grande aproveitamento nas ações de combate a criminalidade. Se não têm conseguido evitar todos os crimes, têm dado resposta, prendendo criminosos, armas e drogas. E foi o que voltou a acontecer neste sábado, dia 13 de setembro.

Um supermercado no bairro Boa Esperança foi assaltado por volta das 10h30m de sábado, dia 13, de onde os assaltantes bandidos levaram mais de 3 mil reais em dinheiro e celulares, fugindo em um veículo Ford Ka, adesivado com propaganda política,  cujo condutor dava cobertura a ação criminosa. O veículo e a ação dos bandidos foi captada por câmeras de segurança.

Horas mais tarde, durante os rastreamentos, o veículo suspeito foi encontrado estacionado em frente a um bar próximo a 87ª Cia PM, quando os policiais abordaram o veículo e dois suspeitos que estavam em uma residência em frente empreenderam fuga, pulando muros. Contudo T.A.G.  20 anos foi alcançado e preso pelos militares, confessando a participação no crime.

Os outros suspeitos acabaram sendo localizados em uma casa na Rua Professor Oscar Rodarte, no bairro Santa Terezinha: E.A.S; 20 anos; M.M.A. de 19 anos e C.A.N.A. de 21 anos,  e ainda uma garota de apenas 14 anos que estava no imóvel.

No veículo Ford Ka, os militares localizaram munições e pólvora, provavelmente usada para recarregar cartuchos. Na casa do Bairro São Cristóvão foi apreendido um revólver calibre .32 com quatro munições e na residência do bairro Santa Terezinha localizadas uma pistola de pressão, um revólver calibre 22 e uma espingarda calibre .20.

Dos 3 mil reais roubados do supermercado, foram recuperados cerca de R$1.200 reais, bem como um dos celulares.

A Operação foi coordenada pelo comandante da 87 Cia PM, Capitão Vinicius, com o comandante de turno tenente Marra e participação dos argentos: Mário Junior, Martins, Eder e Barnabé; Cabo Silvimar e soldados: Braga, Marcela ,Silva, F.Santos, Magalhães, Alves, Henrique e Marcelo

Fonte: Patrocinioonline.

 



Tentativa de homicídio no bairro Nações – crime envolve ex-detentos


Publicado em: 14/09/2014
 

LEANDRO DA PAZ SIQUEIRA, 31 anos de idade, titular de uma extensa ficha criminal foi vítima de tentativa de homicídio na manhã deste domingo (14) na Rua Chile, altura do numeral 3779 no bairro Nações.

 

Diversas viaturas da Policia Militar e do Corpo de Bombeiros compareceram ao local, contudo a vítima já havia sido socorrida para o pronto socorro municipal, onde deu entrada ainda consciente.

 

LEANDRO foi atingido por disparos de arma de fogo na cabeça e no abdômen, mas ainda conseguiu prestar informações aos policiais sobre a pessoa que lhe teria tentado tirar a vida; ele relatou que encontrava-se no local dos fatos quando ali chegou um veículo Fiat de cor branca ocupado por SIDNEI JUNIOR DE OLIVEIRA e a esposa deste, DIANA (ou DAIANA), tendo esta passado a arma para o esposo, pedindo que efetuasse os disparos.

 

O crime estaria relacionado à venda de um revólver à pessoa de LEANDRO pelo valor de R$1.800,00 que não teria sido pago, razão pela qual teria ocorrido o “acerto de contas”.

 

Recentemente, há 15 dias, ocorreu disparos de arma de fogo no portão de uma residência no bairro Nações, oportunidade em que a LEANDRO foi acusado de ser o autor.

 

 

LEANDRO DA PAZ SIQUEIRA responde a diversos procedimentos policiais, inquéritos e processos, dentre os quais, Tentativa de homicídio (2006) vítima E.C.P, sendo condenado a 07 anos e 06 meses; porte ilegal de arma (2001) vítima A Sociedade; tráfico de substância entorpecente (2002) vítima A Saúde Pública; Lesão corporal (2002) vítima M.R. Sua infância/adolescência também foi marcada por diversos delitos de menor potencial, tais como furtos, arrombamentos, rixas, os quais não constam em sua ficha criminal.

 

Já o acusado SIDNEI JUNIOR DE OLIVEIRA, também responde a processo criminal na Comarca de Patrocínio por tráfico ilícito de drogas, cuja prisão se deu em maio do fluente ano.

 

Fotos: Portilhoonline.

tnDSC_0474

tnDSC_0475

tnDSC_0476

tnDSC_0477

 



Policiais e bombeiros de Patos de Minas capturam pichadores em flagrante


Publicado em: 13/09/2014
 

O prédio de 10 andares será reformado e há moradores no imóvel.

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros capturaram 3 pichadores em flagrante nesta sexta-feira (12). Eles tentavam fazer uma “declaração de amor” no prédio de 10 andares situado no início do prolongamento da avenida Fátima Porto. A operação aconteceu após uma denúncia de que três jovens estavam pichando o imóvel. Os infratores foram conduzidos para a delegacia e o material que estava sendo usado para provocar o dano apreendido. O dono do edifício ressaltou que o prédio não está abandonado.

De acordo com o Ten José Roberto, eles foram acionados por uma pessoa que viu os pichadores no alto do prédio escrevendo uma mensagem na parte externa. Como o prédio tem 10 andares e 40 apartamentos, o Corpo de Bombeiros foi acionado para apoiar o trabalho de captura dos infratores. Após uma busca no prédio, dois deles foram capturados. Dois rolos e tinta foram apreendidos.

O proprietário do imóvel esteve no local e falou sobre a situação do prédio. Rodolfo Gomes disse que adquiriu os direitos do edifício após a construtora não conseguir concluir a obra e, depois disso, está trabalhando para reformar o imóvel. “O telhado foi construído e a obra de drenagem realizada. Há gente morando no prédio que está com a estrutura em perfeitas condições, mas ainda serão necessários R$4 milhões para concluir o prédio”, ressaltou.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Eles tentavam fazer uma declaração de amor no alto do edifício, local de difícil acesso.

Fonte: Patoshoje.