Powered by WP Bannerize

Notícias

Patrocínio – menor de 17 anos confessou que matou jovem a pedradas, cuspiu no corpo e foi dormir tranquilamente


Publicado em: 02/02/2015
 

O crime foi no fim da noite de sábado e na madrugada de domingo o infrator voltou ao local para confirmar se desafeto havia morrido.

 

 

A Polícia Militar, com o auxílio de denúncias anônimas, agiu rápido e apreendeu dois menores, sendo que um deles é autor confesso da morte de David Vinicius Ferreira Fernandes, 16 anos, morador do Bairro Enéias, cujo corpo foi encontrado na manhã de domingo, 1º de fevereiro, no alto de um monte, na confluência dos Bairros Matinha, Olímpio Nunes e Belvedere.

Segundo o comandante de turno, Sargento Lindomar, foram apreendidos dois menores, sendo que um de 17 anos confessou ter matado David devido a uma rixa antiga. Segundo o infrator, ele convidou a vítima no sábado, 31 de janeiro, por volta das 23h30m para fazer uso de cocaína e no local do crime, numa distração da mesma, desferiu um golpe com uma pedra grande, com outros golpes em seguida. Depois arrastou o corpo para matagal “ralo” para dificultar o mesmo ser encontrado.

Depois disso o menor infrator foi embora, mas retornou ao local do crime, por volta das 3 horas da madrugada de domingo, 1º de fevereiro, para verificar se a vítima havia mesmo morrido. Ao confirmar o óbito, ele disse que cuspiu sobre o corpo e foi para casa onde dormiu tranquilamente por toda a noite.

Apesar da confissão do menor do crime ter sido provocado por rixa, o Sargento Lindomar não descarta a participação do segundo menor apreendido e de que a morte possa ter sido encomendada por traficantes, já o David Vinicius devia a vários deles, segundo a PM apurou durante os rastreamentos.

A vítima tinha 6 passagens por tráfico e o menor autor do homicídio também têm passagens por furto e envolvimento com drogas.

A Polícia Civil segue com as investigações e em breve o Inspetor Roberto Lopes e equipe deverá ter mais informações sobre o caso.

 

No corpo da vítima, as tatuagens de “Palhaço” segundo a Polícia identificam a pessoa com o mundo do crime, neste caso, roubo, tráfico e eventual matador de policiais.

Fonte: Patrocinioonline.

 

 



Folia de Reis – uma tradição milenar em nossa época


Publicado em: 01/02/2015
 

folia de reis é uma festa católica que celebra os Três Reis Magos. Fixado o nascimento de Jesus Cristo a 25 de dezembro, adotou-se a data da visitação dos Reis Magos como sendo o dia 6 de janeiro, data em que praticamente se encerram as visitas das folias de reis nas casas, contudo muitas folias de reis ainda são cantadas até o mês de fevereiro.

 

Além dos músicos instrumentistas e cantores, o grupo muitas vezes se compõe também de dançarinos, palhaços e outras figuras folclóricas devidamente caracterizadas segundo as lendas e tradições locais. Todos se organizam sob a liderança do Mestre da Folia (também conhecido como capitão) e seguem com reverência os passos da bandeira, cumprindo rituais tradicionais de inquestionável beleza e riqueza cultural.

 

As canções são sempre sobre temas religiosos, com exceção daquelas tocadas nas tradicionais paradas para jantares, almoços ou repouso dos foliões, onde acontecem animadas festas com cantorias e danças típicas regionais, como catira, moda de viola e cateretê. Contudo ao contrário dos Reis da tradição, o propósito da folia não é o de levar presentes mas de recebê-los do dono da casa para finalidades filantrópicas, exceto, obviamente, as fartas mesas dos jantares e as bebidas que são oferecidas aos foliões.

 

A Bandeira, chamada de “Doutrina”, é feita de pano brilhante. Nela é colada uma estampa dos Reis Magos. Representa diretamente o menino Jesus. Constitui o elemento sagrado da Companhia e assim é tratada: beijam-na respeitosamente os moradores das casas visitadas, é passada com muita fé sobre as camas da residência, móveis da cozinha e da sala e nunca pode ser colocada num lugar menos digno. Esse respeito perdura durante o ano todo, mesmo passada a época de Reis: na casa onde fica guardada, há orações periódicas diante dela. No universo cultural de nosso povo, a Bandeira é a representação dos três Reis; por isso, explicam os Mestres, ela deve ir sempre à frente pelos representantes dos pastores que seguiram os Reis Magos.

 

E foi pensando na tradição da festa da folia de reis que o casal JOSÉ MARIA DE CASTRO e MARIA JOSÉ LEMOS DE CASTRO, residente no residencial Martim Galego em Patrocínio resolveu prestar suas homenagens aos Reis Magos e ao Menino Jesus neste domingo (01), recebendo centenas de convidados e foliões. O imóvel onde residem foi recentemente construído e então a família achou por bem receber a visita da folia de reis e servir um almoço, bem como receber as bênçãos de um vigário.

 

Pouco a pouco os convidados foram chegando e por volta das 10:00 horas a residência já se achava repleta de pessoas de todas as idades; crianças, jovens, adultos e idosos passaram a acompanhar com entusiasmo a entrada dos foliões na sala principal, onde a folia foi cantada.

 

Dois grupos de folia de reis fizeram suas apresentações; primeiramente a folia Cia de Reis (Salitre de Minas) comandada pelos capitães Gaspar Percílio e Osmar Martins fizeram a entrada. A Folia Cia de Reis possui mais de 15 integrantes e há 32 anos abrilhantam os espetáculos de festejos de folias por diversos locais da região. Logo em seguida outra folia também prestou suas homenagens aos reis magos, ao menino Jesus e aos moradores da casa.

 

Seguindo a tradição dos festejos também foi rezado o terço e posteriormente aconteceu a benção do imóvel e aspersão da água benta por Frei Ederson Queiroz, frade capuchinho.

 

Terminadas as cerimônias religiosas foi a vez de ser servido o almoço aos convidados; fartas mesas foram expostas com diversas iguarias, algumas até mesmo escassas na atualidade, tais como melado, doces de casca de frutas, queijada e a verdadeira pamonha caipira. Não faltaram também os aperitivos típicos para a ocasião, as pingas alambicadas, os tira-gostos, os queijos “curados”, refrigerantes e a cerveja estupidamente gelada.

 

Trabalho mesmo deve ter tido a equipe de cozinheiros que, com certeza, levantou bem cedo para preparar o almoço e as demais guloseimas para tanta gente e, o mais importante, tudo feito sob medida, com muito capricho e carinho…afinal, não é todo dia que se tem um folia de reis com tamanha dimensão, tanto no número de convidados quanto na organização.

 

uaigente – compromisso com a verdade.

 

Confira a galeria de fotos.



Economia – Aumento de imposto sobre combustíveis começa a valer neste domingo


Publicado em: 01/02/2015
 

As medidas fazem parte do aumento de tributos anunciado na semana passada pelo governo.

 

A partir deste domingo (1º) começa a valer o decreto do governo federal que altera as alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina e o óleo diesel. O aumento dos dois tributos corresponderá a R$ 0,22 por litro da gasolina e R$ 0,15 por litro do diesel, segundo o ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

 

A Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a gasolina e o óleo diesel aumentará no dia 1º de maio, quando poderá haver a redução do PIS e da Cofins. As medidas fazem parte do aumento de tributos anunciado na semana passada pelo governo, que espera obter R$ 12,2 bilhões com a arrecadação.

A Petrobras informou que irá repassar o aumento dos tributos para o preço dos principais derivados do petróleo nas refinarias. A elevação preço para o consumidor nos postos de combustíveis irá depender da decisão de cada estabelecimento, e deve ocorrer à medida em que os estoques atuais forem renovados.

Fonte: http://economia.terra.com.br/



JESUS nao nasceu no natal: 11 coisas que a ciência já sabe sobre o homem chamado Jesus


Publicado em: 01/02/2015
 

<p>São Paulo - Jesus Cristo é um nome que desperta a curiosidade de todos. E, no mundo da <a href="http://www.exame.com.br/topicos/ciencia"><strong>ciência</strong></a>, não poderia ser diferente. Em busca dos vestígios deixados por esse homem, diversos pesquisadores já fizeram descobertas interessantes. Reunimos aqui algumas delas.</p>

QUEM FOI ELE?

São Paulo – Jesus Cristo é um nome que desperta a curiosidade de todos. E, no mundo da ciência, não poderia ser diferente. Em busca dos vestígios deixados por esse homem, diversos pesquisadores já fizeram descobertas interessantes. Reunimos aqui algumas delas.

 

 

<p>A ciência confirma: Jesus realmente existiu. Em entrevista a VEJA.com, o historiador <a href="http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/jesus-historico-como-a-ciencia-pode-ajudar-a-entender-o-comeco-do-cristianismo">André Chevitarese</a> explicou que diversos autores (que nunca se conheceram) relataram fatos semelhantes de sua vida, inclusive autores não-cristãos, como o historiador judeu Flávio Josefo, do século I.</p>

EXISTÊNCIA

A ciência confirma: Jesus realmente existiu. Em entrevista a VEJA.com, o historiador André Chevitarese explicou que diversos autores (que nunca se conheceram) relataram fatos semelhantes de sua vida, inclusive autores não-cristãos, como o historiador judeu Flávio Josefo, do século I.

 

 

<p>Por que o nome de Jesus é Jesus? Segundo Paula Fredriksen, historiadora da universidade americana de <a href="http://super.abril.com.br/religiao/anos-ocultos-jesus-634671.shtml">Boston</a>, a escolha tem uma explicação. Em entrevista à revista Superinteressante, a pesquisadora afirmou que o nome "recordava o homem que teria sido o braço direito de Moisés e liderado os israelitas no êxodo do Egito". </p>

NOME

Por que o nome de Jesus é Jesus? Segundo Paula Fredriksen, historiadora da universidade americana de Boston, a escolha tem uma explicação. Em entrevista à revista Superinteressante, a pesquisadora afirmou que o nome “recordava o homem que teria sido o braço direito de Moisés e liderado os israelitas no êxodo do Egito”.

 

 

Nazaré

CIDADE

Responda rápido: Jesus nasceu em Belém ou Nazaré? Para John Crossan e outros historiadores, a segunda opção é a mais correta. Segundo a Bíblia, Jesus teria nascido durante uma viagem de seus pais até Belém por conta de um censo. Porém, registros romanos indicam que não houve recenseamentos naquela época e que, quando aconteciam, eles não exigiam o deslocamento dos cidadãos.

 

 

<p>Então, gente: Jesus não nasceu no Natal. Adotado no século IV, o dia 25 de dezembro foi escolhido em função da Natalis Solis Invicti, festa romana que comemorava o dia mais curto do ano. "No início, o cristianismo não tinha uma data exata para o nascimento de Jesus", afirmou o teólogo da <a href="http://super.abril.com.br/religiao/jesus-verdade-mito-730298.shtml">PUCRS</a> Irineu Rabuke em entrevista à Superinteressante.</p>

ANIVERSÁRIO

Então, gente: Jesus não nasceu no Natal. Adotado no século IV, o dia 25 de dezembro foi escolhido em função da Natalis Solis Invicti, festa romana que comemorava o dia mais curto do ano. “No início, o cristianismo não tinha uma data exata para o nascimento de Jesus”, afirmou o teólogo da PUCRS Irineu Rabuke em entrevista à Superinteressante.

 

 

<p>É muito provável que Jesus não soubesse ler. Em entrevista a VEJA.com, o historiador <a href="http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/jesus-historico-como-a-ciencia-pode-ajudar-a-entender-o-comeco-do-cristianismo">André Chevitarese</a> afirmou que os analfabetos eram cerca de 95% da população da região onde vivia Jesus. Além disso, trechos bíblicos que relatam Jesus lendo ou escrevendo são alvo de discussão entre pesquisadores.</p>

ANALFABETO?

É muito provável que Jesus não soubesse ler. Em entrevista a VEJA.com, o historiador André Chevitarese afirmou que os analfabetos eram cerca de 95% da população da região onde vivia Jesus. Além disso, trechos bíblicos que relatam Jesus lendo ou escrevendo são alvo de discussão entre pesquisadores.

 

 

<p><a href="http://super.abril.com.br/religiao/jesus-verdade-mito-730298.shtml">Richard Neave</a> é um pesquisador britânico especializado em ciência forense. Com base em crânios do século I e softwares de modelagem 3D, ele reconstituiu o rosto de um adulto típico do tempo de Jesus. E o resultado foi um homem moreno e de cabelo curto, bem diferente das representações mais conhecidas de Jesus. </p>

FISIONOMIA

Richard Neave é um pesquisador britânico especializado em ciência forense. Com base em crânios do século I e softwares de modelagem 3D, ele reconstituiu o rosto de um adulto típico do tempo de Jesus. E o resultado foi um homem moreno e de cabelo curto, bem diferente das representações mais conhecidas de Jesus.

 

 

<p>Jesus pode ter trabalhado como... pedreiro. Quem afirma isso é o historiador <a href="http://super.abril.com.br/religiao/anos-ocultos-jesus-634671.shtml">John Crossan</a>. "Em Marcos, o mais antigo dos Evangelhos, Jesus é chamado de tekton, que no grego do século 1 designava um trabalhador do tipo pedreiro, não necessariamente carpinteiro", afirmou ele em entrevista à Superinteressante.</p>

PEDREIRO

Jesus pode ter trabalhado como… pedreiro. Quem afirma isso é o historiador John Crossan. “Em Marcos, o mais antigo dos Evangelhos, Jesus é chamado de tekton, que no grego do século 1 designava um trabalhador do tipo pedreiro, não necessariamente carpinteiro”, afirmou ele em entrevista à Superinteressante.

 

 

<p>Um fragmento que indica que Jesus teria tido uma esposa teve sua veracidade confirmada por Karen King, historiadora da <a href="http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/fragmento-de-papiro-sobre-esposa-de-jesus-nao-e-falsificacao">Havard Divinity School</a>. De acordo com os pesquisadores, a tinta e a linguagem registradas no papiro indicam que ele deve ter sido escrito no século IX.</p><p>Embora não sirva como prova de que Jesus teve uma esposa, a descoberta aponta que cristãos daquela época tinham uma visão diferente da mulher.</p>

CASADO?

Um fragmento que indica que Jesus teria tido uma esposa teve sua veracidade confirmada por Karen King, historiadora da Havard Divinity School. De acordo com os pesquisadores, a tinta e a linguagem registradas no papiro indicam que ele deve ter sido escrito no século IX.

Embora não sirva como prova de que Jesus teve uma esposa, a descoberta aponta que cristãos daquela época tinham uma visão diferente da mulher.

 

 

<p>Por que algumas pessoas enxergam o rosto de Jesus em... torradas? A pergunta foi respondida por um estudo de neurocientas canadenses da universidade de <a href="http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/10-descobertas-cientificas-bizarras-premiadas-pelo-ig-nobel#6">Toronto</a> em parceria com pesquisadores chineses. </p><p>Segundo os cientistas, trata-se de um tipo de pareidolia, fenômeno psicológico no qual nosso cérebro enxerga faces humanas e outras figuras conhecidas nos objetos.</p>

TORRADA

Por que algumas pessoas enxergam o rosto de Jesus em… torradas? A pergunta foi respondida por um estudo de neurocientas canadenses da universidade de Toronto em parceria com pesquisadores chineses.

Segundo os cientistas, trata-se de um tipo de pareidolia, fenômeno psicológico no qual nosso cérebro enxerga faces humanas e outras figuras conhecidas nos objetos.

 

 

<p>Após 15 anos de escavações, o arqueólogo <a href="http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/arqueologos-apontam-local-onde-jesus-teria-sido-julgado">Amit Re’em</a> e sua equipe localizaram o palácio de Herodes. Situado na parte ocidental de Jerusalém, o palácio é apontado como palco do julgamento de Jesus por historiadores. </p><p>Segundo eles, o local foi ponto de partida da Via Dolorosa até a mudança do percurso, no século XIII.</p>

JULGAMENTO

Após 15 anos de escavações, o arqueólogo Amit Re’em e sua equipe localizaram o palácio de Herodes. Situado na parte ocidental de Jerusalém, o palácio é apontado como palco do julgamento de Jesus por historiadores.

Segundo eles, o local foi ponto de partida da Via Dolorosa até a mudança do percurso, no século XIII.

 

 

<p>A cruz de Jesus foi uma árvore. É o que defende o arqueólogo Joe Zias, da Universidade Hebraica de <a href="http://super.abril.com.br/religiao/anos-ocultos-jesus-634671.shtml">Jerusalém</a>. Após pesquisas, ele descobriu que, naquela época, os romanos costumavam pendurar suas vítimas em árvores - pregando ao tronco uma tábua de madeira para prender os braços do condenado.</p>

CRUZ

A cruz de Jesus foi uma árvore. É o que defende o arqueólogo Joe Zias, da Universidade Hebraica de Jerusalém. Após pesquisas, ele descobriu que, naquela época, os romanos costumavam pendurar suas vítimas em árvores – pregando ao tronco uma tábua de madeira para prender os braços do condenado.

 

 

Fonte: http://www.msn.com/

 



Patrocínio – duas pessoas são alvejadas por disparos de arma de fogo


Publicado em: 01/02/2015
 

Na madrugada deste domingo, uma festa que era realizada no bairro Serra Negar por pouco não terminou em tragédia. Dois homens foram baleados e socorridos por populares até o Pronto Socorro Municipal, mas não correm risco de morte.

 

Segundo o que foi informado à PM, durante o evento que estava acontecendo na Rua Antônio José da Cunha, dois indivíduos teriam saído de um lote e começaram a disparar ocasionando a dispersão de todos que se encontravam na casa onde era realizada a festa e depois disso, eles desapareceram. Testemunhas informaram ainda que outras duas pessoas teriam sido vistas e também estariam armadas, mas não foi relatado se eles atiraram.

 

Tiago Pires dos Reis Ferreira, 18 anos foi atingido na perna direita. Já Adriano Costa, 32 anos foi alvejado na cabeça e caiu ao solo inconsciente.

 

No Pronto Socorro os policiais mantiveram contato com as vítimas e estas informaram que não tem nenhum tipo de desafeto com quaisquer pessoas do bairro. Um veículo também foi alvejado com vários tiros.

 

Rastreamentos foram realizados, mas sem sucesso na localização dos suspeitos

 

Fonte: dianews.

foto: internet