Powered by WP Bannerize

Notícias

Avião da AirAsia é encontrado no fundo do Mar de Java


Publicado em: 31/12/2014
 

Bangcoc, 31 dez (EFE).- As autoridades da Indonésia confirmaram nesta quarta-feira que encontraram o Airbus 320-200 da AirAsia, desaparecido no último domingo com 162 pessoas a bordo, no fundo do Mar de Java.

Um navio que participa das operações de busca conseguiu determinar com precisão a localização da aeronave graças ao uso de um sonar, afirmou a Agência Nacional de Busca e Resgate da Indonésia (Basarnas).

O avião está a cerca de 3 quilômetros da região onde foram avistados na terça-feira os destroços que permitiram confirmar o acidente com o voo QZ-8501 da companhia asiática.

No entanto, as autoridades não informaram se a aeronave está intacta ou acabou se partindo com o impacto. Alguns veículos da imprensa local afirmam que o Airbus 320-200 está de cabeça para baixo, fato não confirmado pela Basarnas.

Até o momento foram encontrados os corpos de seis vítimas do voo da AirAsia, entre eles o de uma aeromoça, mas o mau tempo na região está dificultando os trabalhos de resgate.

As equipes tentam também localizar e recuperar as caixas-pretas do avião para saber o que causou o acidente.

O voo QZ-8501 da AirAsia saiu de Surabaia, na Indonésia, com destino a Cingapura, onde pousaria duas horas depois, segundo a previsão da companhia.

Estavam a bordo 155 passageiros e outros sete integrantes da tripulação. Entre eles há 155 indonésios, três sul-coreanos, um britânico, um francês (copiloto), um malaio e um cingapuriano.

O piloto solicitou à torre de controle para fazer um desvio à esquerda na rota e subir de 32 mil para 38 mil pés, com o objetivo de evitar uma tempestade. A alteração de curso foi aprovada, mas a elevação negada porque outra aeronave já trafegava na mesma altitude.

Minutos depois, quando os controladores de voo tentaram entrar em contato para informar que o avião da AirAsia estava autorizado a subir até 34 mil pés, não houve resposta. A aeronave já havia desaparecido dos radares. EFE

 

Fonte: http://www.msn.com



Júlio Elias deixa a penitenciária e promete reviravolta no caso


Publicado em: 31/12/2014
 

Da Redação da Rede Hoje

O ex-prefeito Júlio Elias foi libertado na tarde desta terça-feira(30), depois que seus advogados conseguiram no Tribunal de Justiça de Minas, em Belo Horizonte, o habeas-corpus. O alvará de soltura foi assinado pelo juiz de plantão em Patrocínio. A decisão determina a substituição da prisão por outras medidas que garantam o seguimento natural do processo. Júlio Elias foi acusado de abuso sexual contra menor.

Quando foi preso, há 18 dias, Júlio Elias afirmou, em entrevista à imprensa que “o que estão fazendo comigo é perseguição à minha vida pessoal, profissional e familiar”. Este pode ter sido um ponto utilizado na peça dos advogados de defesa – entre eles, seu filho Felipe Nunes Elias – para requererem o habeas corpus e ele vai responder o processo em liberdade.

“Não tentei fugir”. Em entrevista ao site Portilho Online, Júlio Elias disse que “estou saindo da penitenciária, de cabeça erguida, não devo nada a Justiça”. Júlio Elias disse ainda que não pode dizer nada. “Quando fizeram a denúncia, apareceram lá em casa 30 ou 40 policiais, me algemaram. Não tentei fugir do flagrante porque não devo nada a ninguém”.

Disse também que “não adianta falar que estou caçando delegado, juiz, nada disso, (atendi) elegantemente à Justiça, porque sou advogado, me apresentei, me entreguei“.

A penitenciária. Mais adiante, falou do tratamento que recebeu na penitenciária, “isso aqui é o caldeirão do diabo. Eu não quero que ninguém passe um dia o que eu passei. Acho até que para ser juiz e promotor tem passar pelo menos uns 30 dias aqui para saber quando for dar a pena para um detento”.

Júlio Elias disse que “o tratamento dos policiais e funcionários é excelente, mas alimentação é uma porcaria, pior que eu já ví, pior que o holocausto da segunda guerra mundial do Hittler. Emagreci quase seis quilos”.

Reviravolta. O ex-prefeito prometeu ainda “uma reviravolta violentíssima nesse caso”. Disse ainda que quiseram fazê-lo de bandido, mas que não é bandido. E que se tiver de pagar uma pena, vai cumpri-la. “Mas, não vai ter isso, meus advogados estão preparados” disse e completou que “essa fantasiosa denúncia contra a minha pessoa que atingiu a toda a minha família. O que está acontecendo na vida de Júlio Elias, não passa de (um ato) politiqueiro em Patrocínio”.

Disse que vai passar o ano novo em casa. Uma fonte informou a Rede Hoje que o destino de Júlio Elias dever se o rancho de sua propriedade em Santa Luzia dos Barros, município de Patrocínio, onde esperará o desenrolar do processo.

O que é. Existem três tipos de habeas corpus: o habeas corpus preventivo ou salvo-conduto o habeas corpus propriamente dito, denominado repressivo ou liberatório e o habeas corpus de ofício aquele impetrado por juízes ou tribunais conforme estabelece o parágrafo 2º do artigo 654 do CPP.

O primeiro ocorre quando alguém, ameaçado de ser privado de sua liberdade, interpõe-no para que tal direito não lhe seja removido, isto é, antes de acontecer a privação de liberdade; o segundo, quando já ocorreu a “prisão” e neste ato se pede a liberdade por estar causando ofensa ao direito constitucionalmente garantido.

 

Fonte: RedeHoje.

 

 



Silas Brasileiro deverá mesmo assumir vaga como deputado federal


Publicado em: 31/12/2014
 

A presidenta Dilma Rousseff divulgou nesta terça-feira (30) o nome de mais um ministro para o segundo mandato. O sociólogo Juca Ferreira, atual secretário municipal de Cultura de São Paulo, vai assumir o Ministério da Cultura no lugar de Ana Cristina da Cunha Wanzeler. Ela é ministra interina desde novembro, quando Marta Suplicy entregou a carta de demissão a Dilma.

Por meio de nota oficial publicada pela Secretaria de Imprensa, a presidenta agradeceu a dedicação de Ana Cristina à frente da pasta. A posse dos ministros está marcada para quinta-feira (1º). Dos 39 cargos com status de ministro no atual governo, faltam ser anunciados 14 pela presidenta.

 

Silas Brasileiro. Com a confirmação de Patrus Ananías (PT) no Ministério do Desenvolvimento Agrário e de Odair Cunha (PT) na Secretaria de Estado de Governo de Minas, abrem-se duas vagas de suplentes na Câmara do Deputados. Assim, com dois petistas como ministro e secretário a primeira vaga de suplência vai para Ademir Camilo (Pros) e a segunda para Silas Brasileiro (PMDB).

Silas Brasileiro obteve a expressiva 55.767 votos nas eleições deste ano, faltando pouco mais de 2 mil votos para deixar de ser suplente e ir direto para o Congresso, mas ao que tudo indica ele vai seguir em Brasília no Legislativo nacional.

O patrocinense deve assumir o cargo junto com os demais, na volta dos parlamentares, entrando no seu sexto mandato conscutivo. Patrocinio volta a ter dois parlamentares – Deiró Marra (PR) no estado e Silas Brasileiro (PMDB) na Câmara dos Deputados.

 

Novo ministério. O anúncio do novo ministério está sendo feito em blocos pela presidenta. No fim de novembro, nomes que têm credibilidade no mercado financeiro foram indicados para a equipe econômica. Joaquim Levy, que foi diretor-superintendente do Bradesco, foi nomeado para o Ministério da Fazenda, e Nelson Barbosa, que integrou a equipe econômica nos dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, irá para o Planejamento. Alexandre Tombini foi mantido na presidência do Banco Central. Dias depois, Armando Monteiro foi indicado para assumir o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Na semana passada, Dilma anunciou 13 ministros, entre eles membros de partidos aliados do governo, como PMDB,  PSD, PROS, o PCdoB, o PRB. Foram divulgados os nomes de Gilberto Kassab (PSD) para o Ministério das Cidades, Cid Gomes (PROS) para a Educação e Aldo Rebelo (PCdoB) para a Ciência, Tecnologia e Inovação. Além disso, foram indicados os peemedebistas Eduardo Braga (Minas e Energia) e Kátia Abreu (Agricultura), e o petista Jaques Wagner (Defesa).

Nessa segunda-feira (29), mais sete nomes foram divulgados, entre os quais alguns remanejamentos: Ricardo Berzoini vai assumir a pasta das Comunicações. Ele será substituído por Pepe Vargas na Secretaria de Relações Institucionais da Presidência. Miguel Rossetto, que chefiava o Desenvolvimento Agrário, vai para a Secretaria-Geral da Presidência, no lugar de Gilberto Carvalho. Antônio Carlos Rodrigues, ex-senador pelo PR, irá para o Ministério dos Transportes.

Veja a lista completa dos nomes de ministros já anunciados:

Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Kátia Abreu

Banco Central – Alexandre Tombini

Cidades – Gilberto Kassab

Ciência, Tecnologia e Inovação – Aldo Rebelo

Comunicações – Ricardo Berzoini

Controladoria-Geral da União – Valdir Simão

Cultura – Juca Ferreira

Defesa – Jaques Wagner

Desenvolvimento Agrário – Patrus Ananias

Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – Armando Monteiro

Educação – Cid Gomes

Esporte – George Hilton

Fazenda – Joaquim Levy

Integração Nacional – Gilberto Occhi

Minas e Energia – Eduardo Braga

Planejamento, Orçamento e Gestão – Nelson Barbosa

Previdência Social – Carlos Gabas

Secretaria de Aviação Civil – Eliseu Padilha

Secretaria de Pesca e Aquicultura – Helder Barbalho

Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – Nilma Lino Gomes

Secretaria de Portos – Edinho Araújo

Secretaria de Relações Institucionais – Pepe Vargas

Secretaria-Geral da Presidência – Miguel Rossetto

Transportes – Antonio Carlos Rodrigues

Turismo – Vinicius Lages

Fonte: Agência Brasil




Criança de 12 anos morre ao pegar “rabeira” em ônibus coletivo em Patos de Minas


Publicado em: 30/12/2014
 

Um adolescente morreu nesta tarde de terça-feira 30/12, após “pegar rabeira” em um ônibus de transporte coletivo. O acidente foi no cruzamento da Rua São Geraldo com a Rua Zeca Mota, bairro Sorriso.

João Pedro da Silva Pires, de apenas 12 anos morreu ao pegar carona de bicicleta na “rabeira” de um ônibus do transporte coletivo.  O ônibus seguia na Rua São Geraldo e ao fazer a conversão para pegar a Rua Zeca Mota, o adolescente desequilibrou-se e caiu embaixo do ônibus, que acabou atropelando o menino, matando-o instantaneamente.

João Pedro estava na companhia de outros três garotos que evadiram do local do acidente. De acordo com testemunhas, o motorista do ônibus teria parado diversas vezes na intenção de alertá-los. Uma guarnição da poliícia militar que patrulhava o bairro também teria advertido os adolescentes.

Uma unidade do SAMU compareceu ao local, mas o adolescente já se encontrava sem vida. A Polícia Militar isolou a área, e os peritos técnicos  da polícia civil realizaram os trabalhos de praxe.

Pegar rabeira é uma prática que consiste em pegar carona clandestinamente, pendurado ou de bicicleta em ônibus, trem ou caminhão. Essa prática é muito perigosa pois qualquer movimento brusco do veículo que faz o “reboque” põe em risco a vida de quem está sendo rebocado. Os demais veículos que estão na via pública também, muitas vezes, sofrem as consequências desta infração, pois podem ser atingidos em caso de acidentes.

Texto : André Amâncio 

Fotos: Patos1

 



Hilda Furacão: mulher que inspirou minissérie morre aos 83 anos em asilo na Argentina


Publicado em: 30/12/2014
 

Hilda Maia Valentim, conhecida como Hilda Furacão, morreu na manhã desta segunda-feira (29), aos 83 anos, no asilo Guillermo Rawson, em Buenos Aires, na Argentina.

A informação foi confirmada pelos portais UOL , G1 e O Globo, com a direção do lar para idosos. “Ela faleceu às 10h10 de causa multiorgânica. O quadro dela se agravou há 15 dias, no fim, ela já tinha insuficiência renal”, declarou Jorge Stolbizer, diretor do local.

 

Ver imagem no Twitter

 

De acordo com os sites citados nesta nota, o asilo aguardará 24 horas por algum contato de parentes de Hilda para tratar detalhes do enterro. Caso isso não ocorra, ela será enterrada em um cemitério da capital argentina. Nenhum familiar a visitou no período em que esteve no local e nem fez contato por telefone.

A morte aconteceu na manhã desta segunda por “causas multiorgânicas”. Segundo o asilo, Hilda começou a ficar debilitada e tinha problemas respiratórios que se agravaram em decorrência de uma falha no funcionamento dos rins. Lúcida, ela era mantida em uma ala de internação há oito meses.

 

Eternizada em livro e minissérie

Viúva do ex-jogador brasileiro do Boca Juniors, Paulo Valentim, Hilda teve a sua história eternizada no livro escrito por Roberto Drummond e que virou minissérie da TV Globo, em 1998. “Hilda Furacão ” foi interpretada pela atriz Ana Paula Arósio no início de sua carreira como atriz.

 

ana paula arósio

 

Na obra, Hilda é descrita como uma mulher jovem e exuberante da alta sociedade mineira que larga a família para se transformar em uma das mais famosas prostitutas de Belo Horizonte na década de 1950. Com o passar do tempo, ela se torna a “rainha da zona boêmia” e era capaz até de fazer um padre, interpretado por Rodrigo Santoro, se apaixonar por ela.

Segundo reportagem do Fantástico, que visitou Hilda em agosto deste ano, Roberto Drumond, que morreu em 2002, deixou pistas sobre a personagem:

“Hilda existiu. Agora de tal forma ela foi mitificada, e mistificada que ela se transformou em um boato. Um boato festivo, colorido, maravilhoso, então o livro é contado através desse boato”

 

Hilda e e o jogador Paulo Valentin (Foto: Reprodução/ TV Globo)

 Hilda e e o jogador Paulo Valentin (Foto: Reprodução/ TV Globo)

 

O jornalista Ivan Drummond, sobrinho de Roberto Drummond, foi quem localizou Hilda no país vizinho após o contato de uma assistente social brasileira da paciente, segundo a reportagem. Depois de sofrer uma queda e ficar internada por seis meses em um hospital público em Buenos Aires, ela acabou sendo internada no asilo Guilhermo Rawson, mantido pela prefeitura.

E nas redes sociais…

Nas redes sociais o público não deixou barato. Diversos Tweets comparam a morte da “verdadeira” Hilda ao sumiço de Ana Paula Arósio das telinhas e outros já entram na nostalgia e relembram trechos da minissérie da Rede Globo.