Powered by WP Bannerize

Notícias

Novo Sistema Nacional de Cadastro Rural é implantado


Publicado em: 26/03/2015
 
Em virtude da implantação do novo Sistema Nacional de Cadastro Rural – SNCR, que ocorrerá em 30 de março de 2015, alguns serviços e acessos ao portal estão inativos.

 

Veja a abaixo o comunicado oficial do Governo.

 

Comunicamos a toda a Rede Nacional do Cadastro Rural, proprietários e detentores de imóveis rurais cadastrados, órgãos cooperados e quem mais possa interessar que, em virtude da implantação do novo Sistema Nacional de Cadastro Rural – SNCR, que ocorrerá em 30 de março de 2015, teremos eventos importantes para os quais solicitamos Atenção!

 

1-    Indisponibilidade do SNCR/WEB: a partir das 20 horas do dia 20/03/2015.

Para se cumprir os protocolos de migração de base de dados e outros, o Sistema ficará indisponível para qualquer operação a partir das 20 horas do dia 20 de março de 2015, só retornando às 07 horas do dia 30 de março de 2015.

 

2-    Indisponibilidade para a emissão do CCIR: a partir das 20 horas do dia 20/03/2015.

Para se cumprir os protocolos de migração de base de dados e outros, o sistema ficará indisponível para emissão de CCIR a partir das 20 horas do dia 20 de março de 2015, só retornando às 07 horas do dia 30 de março de 2015.

ALERTAMOS que os proprietários e detentores de imóveis rurais que não emitirem o Certificado de Cadastro de Imóveis Rurais – CCIR 2010-2014 até as 19h59 do dia 20 de março de 2015, só poderão fazê-lo a partir do dia 30 de março de 2015 e dentro das regras do novo Sistema, que implica na atualização cadastral de seus imóveis com os campos que passam a ser obrigatórios e que hoje não são. O CCIR 2010-2014 está disponível para emissão desde o dia 08 de dezembro de 2014, no link:

 

http://ccirweb.serpro.gov.gov.br/ccirweb/emissão/formEmissãoCCIRWeb.asp

3-    Indisponibilidade para a verificação de autenticidade do CCIR: a partir das 20 horas do dia 20/03/2015.

 

Para se cumprir os protocolos de migração de base de dados e outros, o sistema ficará indisponível para verificação de autenticidade do CCIR a partir das 20 horas do dia 20 de março de 2015, só retornando às 07 horas do dia 30 de março de 2015 (horário de Brasília).

 

4-    Entrada em produção do novo SNCR: a partir das 07 horas do dia 30/03/2015.

O novo SNCR entrará em produção a partir das 07 horas do dia 30 de março de 2015 (horário de Brasília).

 

5-    Disponibilidade para a emissão do CCIR: a partir das 07 horas do dia 30/03/2015.

 

A emissão de CCIR estará disponível novamente a partir das 07 horas do dia 30 de março de 2015 (horário de Brasília).

 

6-    Disponibilidade para a verificação de autenticidade do CCIR: a partir das 07 horas do dia 30/03/2015.

 

A verificação de autenticidade de CCIR estará disponível novamente a partir das 07 horas do dia 30 de março de 2015 (horário de Brasília).

 

7-    Inativação e reativação de Usuários.

Todos os usuários do atual SNCR serão inativados a partir das 20 horas do dia 20 de março de 2015. A partir do dia 30 de março de 2015, os usuários voltarão a ser ativados com seus respectivos perfis de acesso pela Sede e pelas Superintendências Regionais, que definirão seus respectivos cronogramas.

 

8-    Atualização cadastral e inclusão de imóveis novos.

Em sua primeira versão, a Declaração Eletrônica estará disponível para atualizações cadastrais dos imóveis constantes da base do SNCR. Para inclusões de imóveis novos os interessados deverão dirigir-se às Superintendências Regionais e unidades Avançadas do Incra ou às Unidades Municipais de Cadastramento (UMC), dentro do perfil de cada uma.

 

09- Atualização cadastral e formulários de papel.

Com o novo SNCR, a partir do dia 30 de março de 2015, acabam os atuais formulários de papel. Toda atualização cadastral deverá ser feita na Declaração para Imóveis Rurais Eletrônica, que estará disponível no link: https://sncr.serpro.gov.br/edp/

 



Patrocínio – alunos promovem quebra-quebra e ameaçam servidores de morte


Publicado em: 25/03/2015
 

A aluna envolvida foi trancada no banheiro e destruiu os espelhos

A Polícia Militar foi acionada a comparecer a Escola Estadual Terezinha Marra, no Bairro Enéas Aguiar, onde alunos estavam promovendo a desordem e quebra-quebra na Instituição e ainda teriam ameaçado um professor e diretora de morte.

Segundo os Militares quando chegaram ao local a sensação era de um motim (rebelião de penitenciária). Os relatos no BO dão conta que um professor ressaltou que uma aluna de 14 anos, teria se desentendido por causa de uma tarefa que alguns de sua classe não teriam realizado, e a aluna teria falado ao professor devido a conduta do mesmo estar anotando o nome de seus colegas de sala.

E teria relatado ainda que se caso o professor anotasse o nome dela, esta rasgaria o papel anotado pelo professor. Durante o recreio esta aluna teria ido até a diretoria juntamente com mais dois alunos e ameaçou a diretora e professor de morte.

Após o recreio, a aluna esteve em uma sala de aula que ela na estuda, para entrega um maço de cigarros, onde esta foi impedida pela professora de tal conduta, momento em que a aluna desferiu um soco no rosto da professora.

Após as ameaças, não satisfeita á aula passou a motivar outros alunos para danificar a escola e a quebrarem. Os danos na escola foram uma barra de ferro do corrimão da escada, o espelho do banheiro feminino quebrado, várias salas com as carteiras amontoadas, vidro das janelas quebradas, bem como a tampa do quadro de distribuição de energia que estava amassado, provavelmente com chutes.

A Polícia após varias tentativas em controlar a desordem, pelo diálogo e outros meios em que não obtiveram sucesso foi necessário o uso moderado do gás de pimenta, sendo que os infratores ainda permaneciam exaltados e começaram a arremessar objetos contra os policiais, sendo esses materiais recolhidos e apreendidos.

Além disso, como praticamente todos os alunos se mostravam motivados pela desordem e arruaças as aulas foram encerradas e os alunos orientados a irem para suas casas, e neste trajeto houve novos arremessos de objetos contra a escola, porém não foi possível identificar os autores/infratores e nem consequência de danos.

Com a chegada da delegada de plantão ao local, a adolescente infratore autora da lesão corporal contra a professora, a desacatou com total arrogância, falta de educação e palavras de baixo calão.

Quatro alunos foram apreendidos:

A aluna de 14 anos, que iniciou toda situação foi conduzida por lesão corporal, ameaça, e desacato. Uma de 13 anos foi conduzida por ameaça, contra os professores na presença da polícia e por incentivar outros alunos a danificarem a escola.

Já os dois garotos de 13 e 16 anos foram conduzidos por apologia à maconha e incentivar danificar a escola.

tn11076645_684973038277719_2123921537_otn11085729_684973034944386_1296416219_o

tn11085749_684973014944388_143005440_o

tn11085816_684973031611053_30114426_o

tn11086610_684972998277723_107478668_otn11087735_684973021611054_525805635_otn11090626_684972991611057_262958568_o

Fonte: dianews.com.br

Fotos: portilhoonline.

 

 



Patrocínio – Prisão de assaltante leva militares a traficante e receptador preso com 422 pedras de crack, ácido bórico e farto material e dinheiro


Publicado em: 25/03/2015
 

O material apreendido era moeda de troca do tráfico, geralmente furtados por usuários

Em Patrocínio (MG), no dia 24, as 21h30m, a equipe do Sub tenente Darlan, comandante de turno da Polícia Militar, foi a Avenida Benedito Romão de Melo, nº 693, Santa Terezinha, onde uma  jovem mulher foi vítima de roubo. Segundo passava próximo à passarela existente naquele local quando foi surpreendida por bandido alto, magro, trajando roupas escuras e que de posse de uma faca, a ameaçou ordenando que lhe passasse o aparelho celular. O assaltante lhe roubou um aparelho celular Samsung Ace4 de cor preta e fugiu do local a pé, sentido ao viaduto da Avenida Rui Barbosa. Pelas características passadas pela vítima, foi mostrado a ela uma foto de Rogério Bruno de Souza, conhecido por “Rogério Cabeção”, sendo que a vítima reconheceu o mesmo como autor do delito. Diante das informações e o reconhecimento do autor pela vítima, as guarnições iniciaram intenso rastreamento, sendo o autor “Cabeção” localizado no bairro São Cristóvão.

Após o suspeito ser abordado, a sala de operações recebeu uma denúncia anônima relatando que após o roubo, Rogério teria repassado o celular roubado para Carlos Alberto da Silva, vulgo “Geléia”. Diante da nova denuncia, as guarnições deslocaram até a casa de “Geléia”, onde este negou participação na ação de Rogério. O suspeito franqueou a entrada dos militares em sua residência, e durante busca foram encontrados diversos materiais de origem duvidosa (moeda de troca com o tráfico) tais como: 15 (quinze) maços de cigarros; 14 (quatorze) relógios variados; várias joias; diversos produtos de higiene pessoal e cosméticos; 01 (uma) máquina de cortar cabelos; 02 (dois) rádios; 01 (um) notebook marca Positivo; 02 (dois) receptores de TV; 07 (sete) carregadores de celular; 19 (dezenove) aparelhos celulares; 01 (um) aparelho GPS marca Multilaser; 01 (um) tablet com a tela quebrada; 11 (onze) baterias diversas; 03 (três) bolsas femininas; R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais) em dinheiro; R$ 123,00 (cento e vinte e três reais) em moedas; 01 (um) cartão de crédito/débito; entre outros materiais, inclusive uma porção de crack, ácido bórico e materiais utilizados no embalo de entorpecentes.

No local havia diversas pessoas, sendo que uma mulher admitiu ter feito uso de cocaína e dois homens admitiram que estavam fazendo uso de crack. Um quarto suspeito disse que foi ao local apenas levar um maço de cigarros para “Geléia”.

Em Frente à casa de “Geléia”, existe um lote vago, alvo de diversas denúncias onde o mesmo estaria escondendo drogas, sendo que os policiais após buscas localizaram 422 (quatrocentas e vinte e duas) pedras de crack próximos a um pé de manga.

Diante das evidências os militares deram voz de prisão a Rogério “Cabeção” pelo crime de Roubo, a “Geléia” pelos crimes de tráfico ilícito de drogas/Associação ao Tráfico de drogas e Receptação, e aos demais autores pelos crimes de Tráfico ilícito de drogas e Associação para o tráfico, sendo conduzidos ilesos até a Depol, juntamente com o material apreendido.

Fonte: Patrocínioonline.

 



Patrocínio – Bin Laden é assassinado a tiros no Bairro Serra Negra


Publicado em: 24/03/2015
 

Vítima esteve preso por suspeita de ter estuprado menina deficiente de 7 anos.

 

José Donizete Andrade, 58 anos, conhecido por Bin Laden foi morto a tiros na Rua Japão no Bairro Serra Negra, por volta das 16 horas dessa terça-feira, dia 24 de março. Segundo testemunhas, ouviu estampidos de arma de fogo e  três rapazes, dois correndo a pé e um de bicicleta.

No momento em que foi alvo do disparos “Bin Laden” carregava alguns sacos de material reciclável (plásticos),que era a atividade em que sobrevivia.

José Donizete havia saído da prisão recentemente (3 de março último), pois no dia 17 de novembro de 2014, ele foi preso, suspeito de ter estuprado a menina de 7 anos que tinha deficiência nas pernas e estudava na Apae segundo a Polícia Militar.

A vítima foi socorrida pelo Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, ainda agonizante, até a Santa Casa de Patrocínio (MG), onde deu entrada com vida, mas morreu pouco depois.

Segundo informações, quatro projéteis atingiram a cabeça de “Bin Laden” e outros dois a mão e o pescoço.

A Polícia Militar deslocou várias equipes para os rastreamentos e apuração inicial e esteve no local a perita Júnia que fotografou e colheu mais informações para as investigações.

A Polícia trabalha com duas hipóteses: dívida de drogas ou vingança.

AGUARDE MAIS FOTOS E VÍDEO DO FATO

Depois de receber a denúncia de um suposto estupro de uma menina de 7 anos no Bairro Serra Negra, o comandante de turno, Sargento Jean deslocou uma viatura, que conseguiu localizar e prender o suspeito José Donizete de Andrade, 57 anos, também conhecido por Bin Laden.

Ele foi preso, suspeito de ter estuprado a menina de 7 anos e encaminhado a Depol de Patrocínio para ser ouvido e apurado o ocorrido.

Segundo a ocorrência policial, Bin Laden atraiu a menor a sua casa,  onde supostamente teria passado as mãos nas partes intimas, a beijado e ainda introduzido o dedo no reto da criança, que conseguiu fugir do suspeito, mas, a princípio,  não contou para a mãe que percebeu manchas de sangue na roupa da filha e viu que algo estava errado.

A criança foi levada até o Pronto Socorro Municipal onde foi constatado sangramento de pequena intensidade.

A criança tem deficiência nas pernas e estuda na Apae, segundo a PM.

Fonte: Patrocinioonline.

 



Patrocínio – Direitos Humanos investiga denúncia de assédio sexual a PMs


Publicado em: 24/03/2015
 

Queixas foram feitas por policiais lotadas no 46º Batalhão de Polícia Militar, de Patrocínio


Nesta quarta-feira (25/3/15), às 9 horas, a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza audiência pública para averiguar denúncias de constrangimento ilegal e assédio sexual, feitas por policiais militares lotadas no 46º Batalhão da Polícia Militar de Patrocínio (Alto Paranaíba), contra seus superiores. O requerimento para a realização da reunião, que acontecerá no Auditório, é de autoria do deputado Cabo Júlio (PMDB).

Entre as acusações recebidas pela Comissão de Direitos Humanos, está a de uma soldado que teria recebido uma avaliação de desempenho mais baixa depois de ter recusado o assédio de seus superiores. “Permitir que oficiais da Polícia Militar pratiquem assédio sexual contra subordinadas fere o nosso ordenamento jurídico e os ideais pregados pela instituição”, afirma o deputado Cabo Júlio, no requerimento para a realização da audiência.

Estão convidados a participar da reunião, além dos militares envolvidos na denúncia, representantes do Comando e da Corregedoria da Polícia Militar, de associações de classe e do Ministério Público.

 

Fonte: PatosAgora.