Notícias

Apostador de Patos de Minas acerta os 15 números da Lotofácil e ganha R$ 1.538.562,09


Publicado em: 02/12/2017
 

Patos de Minas tem um novo milionário. Ele apostou na Lotofácil e acertou os 15 números do concurso 1593, sorteados na noite desta sexta-feira (01) e vai levar para casa o prêmio de R$ 1.538.562,09. Outros dois apostadores, um de Varginha e outro de Curitiba também acertaram os 15 números. O prêmio estava acumulado em R$ 4.615.686,00.

O apostador ainda não foi identificado. Se você apostou na Lotofácil desta sexta-feira (01) é melhor conferir os números sorteados, pois você pode ser o ganhador:  03 – 04 – 05 – 07 – 08 – 09 – 10 – 11 – 13 – 14 – 16 – 17 – 20 – 22 – 24.

 

Na Lotofácil, o apostar paga R$ 2,00 pelo jogo simples e marca 15 números em 25 disponíveis. Nesse caso, as chances de acertar todas as dezenas e faturar o prêmio principal é de uma em 3.268.760. A lotofácil também vai pagar prêmio para quem acertou 14 números (R$ 1.575,69), 13 números (R$ 20,00), 12 números (R$8,00) e 11 números (R$ 2,00).

 

O patense sortudo, que vai começar 2018 com vida nova, deve procurar uma agência da Caixa para receber o prêmio. Ele tem 90 dias para retirar o dinheiro. Após esse prazo, os valores são repassados ao Tesouro Nacional para aplicação no FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior.

(patoshoje)



Em encontro da AMM em Guimarânia, prefeitos reclamam da falta de repasse de verbas do Governo


Publicado em: 02/12/2017
 

Aconteceu nesta sexta-feira (1/12) na cidade de Guimarânia mais um encontro do projeto “AMM nos Municípios – Encontros nas Macrorregiões”, promovido pela Associação Mineira de Municípios (AMM), com a finalidade de possibilitar aos gestores e servidores públicos das cidades do interior de Minas Gerais discutirem e debaterem temas de necessidade da região, além de reivindicarem ações e mais desenvolvimento.

 

O evento contou com a presença do senador Anastasia e do vice-governador de Minas, Antônio Andrada, aos quais os prefeitos das cidades que integram a região, inclusive Deiró Marra, de Patrocínio, apresentaram suas demandas e reivindicações. Todos foram unanimes ao atribuir as dificuldades orçamentárias aos atrasos dos repasses do Governo.

 

“Temos vários problemas acontecendo como os repasses dos governos Estadual e Federal, chegando ao final do ano com muitas dificuldades financeiras, alguns municípios melhores estruturados outros nem tanto. Por isso estamos aqui buscando avançar com medidas as serem tomadas”, disse Deiró Marra.

 

Também presente ao evento, o ex-prefeito de Belo Horizonte e presidente PSB, Márcio Lacerda, reforçou o coro dos prefeitos. “Nesse momento de crise o movimento municipalistas precisa mostrar sua força para enfrentar a carga pesada diante a falta do compromisso do Estado com os repasses atrasados.”

 

Confirmando sua pré-candidatura ao Governo do Estado, Lacerda disse que está percorrendo as cidades no que ele disse ser “um processo de peregrinação, conhecendo as necessidades e as questões particulares de cada uma, para que possa elaborar uma proposta de governo franca, honesta, verdadeira, mas também viável para retomar o desenvolvimento”. Quanto ao apoio de seu partido PSB nas eleições presidenciais, Lacerda disse que ainda não foi definido, e que deverá acontecer em março.

 

Para Gilvan Lacerda, prefeito de Moema e presidente da AMM, “é latente a falta de recursos para os prefeitos cumprirem seus compromissos”.

 

“Não bastasse a disfunção federativa que concentra a receita na mão do Governo Federal deixando os municípios com muito serviço para prestar e pouco dinheiro, agora o Estado não cumpre seu compromisso e pior, ainda está confiscando nosso ICMS, inteirando quase 500 milhões nos últimos meses”.

 

O anfitrião do encontro, prefeito de Guimarânia Adilio Alex dos Reis, lisonjeado por receber o importante evento em sua cidade, também lamentou a situação crítica que os municípios enfrentam devido a falta do compromisso do Governo Estadual.

 

Declarando que está fora do Governo Estadual por não concordar com a gestão de Pimentel, Antônio Andrada, vice-governador de Minas, enalteceu a iniciativa da AMM e confirmou que o Estado deve muito aos municípios. “853 municípios são credores do Estado, na saúde, transporte escolar, Fundeb, fazendo com que os municípios arquem com os compromissos que são do Estado, e isso prejudica o orçamento de cada cidade”.

 

Sobre a venda da Codemig, Andrada contestou e lamentando dizendo que “esse recurso irá pelo ralo”. “É preciso resolver a gestão, enxugar a máquina e adequar as despesas e receitas, se não vai vender até o último bem do Governo e não vai resolver nada”

(Fonte: Módulo fm)



Jornalista patrocinense é finalista do Prêmio Café Brasil de Jornalismo – 2017 da CNC


Publicado em: 02/12/2017
 

Sob o tema “A importância das cooperativas na sustentabilidade da cafeicultura brasileira”, 57 jornalistas das cinco regiões do País inscreveram suas matérias nas quatro categorias – TV, Impresso, Internet e Rádio – do 1º Prêmio Café Brasil de Jornalismo, realizado pelo Conselho Nacional do Café (CNC) em parceria com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e a Cooperativa dos Cafeicultores da Zona de Varginha (Minasul).

 

Desse total, foram eleitos vencedores os três primeiros colocados de cada categoria, que receberão a premiação em cerimônia que ocorrerá na próxima terça-feira, 5 de dezembro, às 20h, na Casa do Cooperativismo, sede da OCB, em Brasília (DF). O valor total destinado aos vitoriosos do Prêmio é de R$ 90 mil, sendo R$ 10 mil aos campeões, R$ 7,5 mil aos segundos colocados e R$ 5 mil aos terceiros lugares.

 

TV

Na categoria TV, os vencedores, em ordem alfabética, foram: Bruno Faustino, da TV Educativa ES, de Vitória (ES), com a matéria “Os segredos do conilon de qualidade do Espírito Santo”; Gabriela Ribeti, da TV Gazeta – afiliada Rede Globo –, também de Vitória (ES), com a reportagem “Cooperativa premia produtores e incentiva a produção de cafés especiais em Itarana”; e Sander Kelsen, da TV Alterosa Sul de Minas – afiliada SBT –, de Varginha (MG), abordando “Parceria no campo: o papel das cooperativas no desenvolvimento das lavouras”.

 

IMPRESSO

A categoria impresso teve como vencedores Flávio Bredariol e Marcos Fidêncio, do Jornal Debate, de Garça (SP), com o conteúdo “Cooperativismo fortalece produtores e fomenta a modernização da cafeicultura no século 21”; Hulda Rode, com a reportagem “A semente que apaixonou o mundo” na Revista RDM Rural, de Brasília (DF); e Marlene Gomes, do Correio Braziliense, também da capital federal, com o conteúdo que destacou que as “Cooperativas são responsáveis por 48% da produção de café do país”.

 

INTERNET

Na categoria dedicada aos conteúdos dos portais virtuais, os vencedores foram: Esther Radaelli, do G1 ES, de Vitória (ES), com a reportagem “Famílias mostram que união é fundamental na produção de cafés de qualidade”; Jhonatas Simião, do portal Notícias Agrícolas, de Campinas (SP), com a matéria “Unidas e com apoio de cooperativas, cafeicultoras brasileiras vendem saca de café por mais de R$ 1 mil e começam a exportar”; e Paulo Palma Beraldo e Mariana Amorim Machado, do site De Olho no Campo, de São Paulo (SP), com seu conteúdo “Aceita um cafezinho?”.

 

RÁDIO

Por fim, a categoria Rádio teve como vencedores André Luiz, da Rádio Rainha da Paz, de Patrocínio (MG) – também editor da REDE HOJE – , com a matéria “História do café em Patrocínio e a importância do cooperativismo na cafeicultura do Cerrado Mineiro”, que foi ao ar no programa Rainha da Paz Entrevista às vésperas da abertura do Seminário do Café; Kelly Stein, do Portal Coffeea, de São Paulo (SP), com a reportagem “Qual o papel das cooperativas na sustentabilidade da cafeicultura?”; e Terezinha Jovita, da Rádio Espírito Santo, de Vitória  (ES), com o conteúdo “Como o bom café altera a vida do homem no campo”.

 

Segundo o diretor de comunicação do CNC, Paulo André Kawasaki, que presidiu a banca examinadora do concurso, os 12 premiados foram leais ao tema proposto e desenvolveram conteúdos que evidenciam a importância das cooperativas na sustentabilidade da cafeicultura brasileira.

 

“Os vencedores captaram a essência proposta pela organização e desenvolveram materiais que citam a relevância do cooperativismo desde a seleção das mudas para plantio até a ponta final na comercialização, evidenciando que esse processo envolve dedicada preservação ambiental, gera milhares de emprego e garante melhor retorno financeiro ao produtor”, destaca Kawasaki.

 

A classificação final dos vencedores será revelada somente na cerimônia de premiação, que também contará, em sua programação, com homenagens a campanhas e projetos de comunicação que destacaram o café e o agronegócio em 2017, além de um coquetel de encerramento.

(COM ASCOM / CNC)



Elenco do Patrocinense é apresentado e conta com jogadores renomados e experientes


Publicado em: 02/12/2017
 

A diretoria do Clube Atlético Patrocinense apresentou na manhã desse dia 1º de dezembro,  o elenco que vai disputar a  elite do campeonato mineiro em 2018. Jogadores experientes e de renome fazem parte da equipe, como: Rychely, 30 anos, campeão da libertadores pelo Santos em 2011, jogou ainda na Chapecoense e Goiás;  o Goleiro Negueti  (Willian Fernando Nobre) 28 anos, 1,85 metros, que jogou pela Caldense e Mogi Mirim; Romário que jogava pelo Desportivo Tepic do México; Rodolfo Moll, que jogou na Portuguesa; Juninho Arcanjo ex galo e Uberlândia entre outros jogadores de renome, mais alguns o Elenco Campeão Mineiro do Módulo II de 2017.

 

O técnico continua sendo o competente Rogério Henrique, que conseguiu o título de campeão mineiro 2017 com a Patrocinese.

 

GOLEIROS: Negueti,Cleysson Maurílio e Gustavo.

ZAGUEIROS: Diego,  Rodolfo,  Juninho e Nilo.

LATERAIS DIREITO Rodrigo LATERAIS ESQUERDO Magal Michael

VOLANTES: Romário, Leomir, Mário Bruno e Max Jeferson

MEIAS:  Juninho, Diogo, Paulinho, Alexandre

ATACANTES: Genesis, Rychely, Ademir Régis e mais um atacante já contratado que chegará dia 5 dezembro.

Abaixo fotos da comissão técnica, que conta com o bom treiandor Rogério Henrique e abnegada diretoria do Clube Atlético Patrocinense, que conseguiu o acesso para o Módulo e o acesso para a primeira divisão do mineiro, faturando o titulo de campeão 2017.



Márcio Lacerda fala a secretários, assessores e vereadores sobre eficiência na gestão pública


Publicado em: 02/12/2017
 

No final da tarde de ontem (1) o Prefeito Deiró Marra recebeu na sala de reuniões do gabinete, seu colega de partido e presidente do Conselho da Frente Nacional de Prefeitos, o ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda. Além do Prefeito, participaram do encontro os secretários e assessores municipais,os vereadores da Câmara Municipal e a imprensa de Patrocínio. Durante a conversa foram discutidas ideias sobre modernização e eficiência na gestão pública.

 

Prefeito de Belo Horizonte por dois mandatos, Marcio Lacerda foi eleito por três vezes o melhor prefeito do Brasil, seu governo ficou conhecido por trazer para a administração pública métodos e conceitos próprios da iniciativa privada, mesmo caminho seguido pelo Prefeito Deiró Marra.

 

Além de falar sobre sua experiência como empresário e prefeito da capital mineira, Márcio Lacerda ouviu atentamente as perguntas dos presentes e explicou, ponto a ponto, suas opiniões e sugestões sobre diversos assuntos, como saúde, segurança pública e tributação.

 

Um dos principais pontos defendidos por Márcio é a união dos municípios “Temos hoje em dia quase 85% das pessoas vivendo em áreas urbanas, mas o nosso sistema de divisão de receitas é injusto, ano passado, do bolo total dos impostos arrecadados no Brasil o Governo Federal ficou com mais de 55%, os estados em torno de 25%  e os municípios com 20%, isso precisa ser revertido, porque esse dinheiro não está sendo bem gasto, se gasta muito em atividades meio em Brasilia, e as atividades fim, que interessam de fato a população, são esquecidas” explicou o Presidente do Conselho da FNP.