Powered by WP Bannerize

Notícias

Com medo de faltar combustível, motoristas lotam postos em Patos de Minas e preço sobe


Publicado em: 23/05/2018
 

Os bloqueios instalados em diversas rodovias impedem que o combustível chegue às bombas para atender os motoristas.

 

Os postos de combustíveis de Patos de Minas amanheceram lotados nesta quarta-feira (23). Em alguns deles, os motoristas fazem fila para garantir o tanque cheio até o fim da greve dos caminhoneiros. Os bloqueios instalados em diversas rodovias impedem que o combustível chegue às bombas para atender os motoristas.

 

Os postos de combustíveis da cidade ainda estão atendendo bem aos motoristas, mas as empresas ouvidas pela reportagem do Patos Hoje não descartam a possibilidade de faltar gasolina, diesel e etanol. Alguns deles estão sem receber combustível há dois dias e os estoques estão diminuindo.

 

A notícia de que pode faltar combustível levou centenas de motoristas para os postos e o protesto dos caminhoneiros que cobra a redução do preço do combustível fez efeito contrário. Teve gente que aproveitou a grande procura e subiu os preços. No posto localizado na esquina da avenida Piaui com a rua Dona Luiza era anunciada a R$ 4,99 nesta manhã.

 

Embora os estoques ainda sejam suficientes para atender a procura, se a greve não for interrompida e as rodovias continuarem bloqueadas, os motoristas patenses de fato ficarão ser ter como abastecer os carros. O problema também é verificado nas cidades da região. Em Presidente Olegário, a informação é de que os motoristas já encontram dificuldades para abastecer.

 

Os caminhoneiros em greve fecharam diversos pontos de rodovias na região, como a BR 365 na entrada de Patos de Minas e a MGC 354 na entrada de Presidente Olegário. No início, os manifestantes permitiam a passagem de ônibus, cargas perecíveis e cargas vivas. A informação é de que a restrição esta mais rigorosa. Nesta manhã, veículos da empresa Pássaro Branco, que faz o transporte coletivo em Patos de Minas, tiveram dificuldades para passar. Técnicos da empresa tiveram que ir até o local para encontrar uma solução para o impasse e permitir que os passageiros consigam chegar até o distrito industrial.

 

A greve dos caminhoneiros entrou no terceiro dia. Governo e Concessionária conseguiram liminares em sete estados para impedir os bloqueios de rodovias. A Petrobrás anunciou a segunda queda consecutiva nos preços do diesel (-1,14%) e da gasolina (-0,62%).

(Patoshoje)



Manifestantes impedem a passagem de carreta com equipamentos para shows da Fenamilho


Publicado em: 23/05/2018
 

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Sindicato dos Produtores Rurais. Os shows de Henrique e Juliano, Zé Neto e Cristiano e Breno e Caio Cesar serão realizados hoje (23) na Praça Park.

 

As manifestações dos caminhoneiros entraram no terceiro dia e várias rodovias seguem paradas. A BR-365, entre Patos de Minas e Patrocínio, se encontra parcialmente interditada, bem como a BR-354, próximo a Carmo do Paranaíba. Nos trechos, somente automóveis de passeio, ônibus e veículos de emergência estão sendo liberados para trafegarem.

 

Nesta manhã uma carreta que fazia o transporte dos equipamentos da dupla sertaneja Henrique e Juliano foi impedida de continuar viagem. Um dos manifestantes criticou a Festa Nacional do Milho e afirmou que outros caminhões de cantores serão impedidos de passar. “Ninguém vai parar a gente, pode vir polícia e até o papa, que a paralisação vai continuar” afirmou um motorista de 52 anos, que não quis se identificar.

 

Os equipamentos que chegavam na carreta seriam utilizados na montagem da estrutura da Arena.
Foto: Colaborador do TN

A assessoria de comunicação do Sindicato Rural de Patos de Minas informou que os três shows desta noite (23) serão feitos em palco único, na Praça Park, para que a estrutura seja aproveitada, visto que não há equipamentos suficientes que viabilizem a realização na arena.

 

 

NOTA DO SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS DE PATOS DE MINAS

O Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas informa que devido a greve dos caminhoneiros, alguns materiais que seriam utilizados nesta quarta-feira, dia 23 de maio, na Fenamilho 2018, estão bloqueados na rodovia. Por esse motivo, os três shows programados para este primeiro dia de Festa serão realizados no palco da Praça Park. O Sindicato Rural esclarece que nenhum show será cancelado.

 

Para o público que tem acesso aos camarotes setores A e C da Arena, será montada uma estrutura especial, ao lado direito do palco, em um espaço reservado na área do Camarote Prime. Sua entrada será independente e para ter acesso basta apresentar o mesmo cartão que seria utilizado na Arena. Reforçamos que o público de um camarote não terá acesso ao outro, visto que serão áreas distintas.

 

Se a greve continuar, a mesma postura poderá ser adotada nos próximos dias. Os ônibus que transportam os músicos foram liberados, porém mensagens que circularam no WhatsApp dão conta que os mesmo também poderão serem impedidos de passar.

(Triangulo notícias)

 

VEJA TAMBÉM

MANIFESTANTES BLOQUEIAM A BR 354 EM SÃO GOTARDO E CARMO DO PARANAÍBA

 



Petrobras reduz preço da gasolina e diesel pelo segundo dia seguido


Publicado em: 23/05/2018
 

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira, 23, nova redução no preço dos combustíveis a partir desta quinta-feira. A gasolina cairá de 2,0433 reais para 2,0306 reais por litro. O dieselserá reduzido de 2,3351 reais por litro para 2,3083 reais. É o segundo corte seguido nos preços realizado pela companhia após o início da greve dos caminhoneiros na segunda-feira.

 

Caminhoneiros autônomos realizam protestos contra o aumento dos combustíveis. Além desse fator, a companhia sofre pressão de membros do governo para conter a escalada de preços.

 

Desde que a Petrobras iniciou sua nova política de preços para os combustíveis, em 3 de julho do ano passado, o óleo diesel subiu 56,5% na refinaria, segundo cálculos do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) – passou de 1,5006 reais para 2,3488 reais (sem contar os impostos). O aumento acompanhou a cotação do petróleo no mercado internacional, exatamente a intenção da estatal.

 

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, descarta mudança na política para os preços dos combustíveis. Na terça-feira, após anúncio da redução no preço da gasolina e do diesel, ele afirmou que o corte foi motivado pela variação do câmbio.

 

A estatal tem praticado desde julho do ano passado reajustes até diários dos combustíveis para seguir as cotações internacionais, mas uma alta nos preços do petróleo neste ano tem levado os preços da gasolina e do diesel às máximas nas refinarias desde o início dessa política.

 

Para os caminhoneiros, essa alta vem tornando sua atividade inviável e decidiram fazer greve. A paralisação contra o aumento dos combustíveis chega ao terceiro dia na manhã desta quarta-feira com bloqueios em pelo menos 24 estados e mesmo com os dois anúncios de redução de preço no diesel não há previsão para acabar.

 

Os protestos já comprometem o abastecimento de produtos alimentícios, de combustíveis e os Correios suspenderam as postagens de Sedex.

(msn)



Condutor de Gol bate em rotatória, Kombi e em poste e é resgatado ferido das ferragens


Publicado em: 23/05/2018
 

PATROCÍNIO (MG) – Nesta quarta-feira, 23/05, as 06h28m no cruzamento da Avenida Faria Pereira com Avenida José Eloi dos Santos aconteceu uma forte colisão envolvendo dois veículos, sendo que um deles bateu na rotatória e num poste.

 

C.D.C., 39 anos era o condutor da VW/Kombi e R.L.P.,  41 anos vitima condutor do VW/Gol 1.6 Power, ambos emplacados em Patrocínio (MG).

 

Segundo o condutor da Kombi declarou aos Bombeiros o veículo Gol que colidiu na rotatória e na lateral de seu veiculo e em seguida bateu em um poste de iluminação publica.

 

O Gol teve um principio de incêndio, mas o condutor da Kombi e funcionários do Posto Jamaica com auxilio de extintores o apagaram.

 

Os Bombeiros com auxilio do Aparelho Lucas desencarceraram a vitima. A mesma estava com um corte na cabeça e no rosto, sendo retirada e conduzida pela unidade de resgate para o pronto socorro municipal.

 

A equipe dos Bombeiros comandada pelo Sargento Durães era composta por: Sargento Edvaldo, Cabo Pedro e Soldados Francisco e Thiago.

 



Professor vira herói ao aplicar prova da janela da sala para aluno atrasado


Publicado em: 23/05/2018
 

Um vídeo que viralizou nas redes sociais com imagens de um professor aplicando uma prova oral da janela da sala de aula para um aluno do lado de fora está dividindo opiniões. O estudante, de 17 anos, havia chegado atrasado ao colégio e, como encontrou o portão de acesso à sala de aula fechado e foi impedido pela direção de entrar, acabou ajudado pelo professor de inglês Hudson Fernandes.

 

 

O caso aconteceu na Escola Estadual Santos Dumont, na região de Venda Nova, na capital, onde Hudson virou herói para alunos e ex-alunos. Todos elogiaram a “forcinha” dada ao adolescente. No entanto, o professor também virou alvo de críticas de alguns colegas e terá que se explicar à Secretaria de Estado de Educação.

 

 

No vídeo, o professor Hudson aparece com uma prova na mão, lendo as perguntas em voz alta para o aluno, que está distante alguns metros. O adolescente, que parece ter a matéria na ponta da língua, responde a todas as questões prontamente.

 

 

No final da prova oral, aluno e professor são aplaudidos por outros estudantes. “Ganhou os pontos”, comenta a pessoa que fez o vídeo. As imagens postadas no perfil do professor no Facebook tinham, até ontem, mais de 48 mil visualizações.

 

 

Nas redes sociais, a “quebra de protocolo”também foi bastante elogiada. “Parabéns pela atitude”, postou Jefferson James. “Você é ótimo, guerreiro”, escreveu Beatriz Santos. “Se falarem que o Hudson não tem os melhores métodos de ensino, estarão mentindo!”, aplaudiu Genésio Brandão Alves.

 

 

Um professor que trabalha com Hudson, e que pediu para não ter o nome revelado, considerou a atitude do colega “populista”. “Acredito que sempre deve ser dada oportunidade aos alunos, mas achei desnecessário. Uma atitude populista, pois a escola garante diversos meios para que atividades avaliativas sejam repetidas”, criticou. A escola tem fama de ser bastante rigorosa com horários.

 

 

A direção da escola informou, por meio de nota da secretaria de Educação, “que qualquer professor tem autonomia para repetir uma avaliação, em momento adequado e acertado entre as partes.”

 

 

O professor Hudson Fernandes falou com a reportagem do otempo.com. Ele explicou que decidiu aplicar a prova ao aluno porque há um prazo de tolerância aos estudantes e que era o último dia para aquela avaliação. “O aluno ficou do lado de fora olhando eu aplicar o teste oral nos demais alunos. Ele é um ótimo aluno e repetia as frases. E eu o vendo lá fora, perguntei se ele queria fazer o teste. Ele falou que sim. E eu fiz as perguntas para ele daquele local mesmo”, explicou Hudson.

 

 

O professor disse que não esperava a repercussão do vídeo gravado uma pessoa que estava do lado externo. “Eu me sinto lisonjeado com o carinho manifestado nas redes sociais. O reconhecimento dos alunos é muito grande. Eu sempre me preocupei muito com eles. Faço um trabalho de incentivo, de autoestima. São alunos de escola pública e precisam acreditar que eles também podem lograr êxito”, disse o professor.

 

 

Hudson tem reunião nesta quarta-feira com a direção e a inspetoria escolar da Santos Dumont para conversarem sobre o episódio e a conduta dele. “A direção esclarece que, de acordo com o regimento escolar da unidade, após o início da aula, o aluno que chegou atrasado deverá aguardar o próximo horário para entrar na sala de aula”, informou a Secretaria de Estado de Educação.

 

 

(o tempo)