Powered by WP Bannerize

Menor de 13 anos diz que cunhado não comprou sua virgindade, mas que houve abuso sexual

Publicado em: 25/07/2018
 

O caso foi registrado no dia 19 de julho, quando o pai da adolescente acionou a Polícia Militar denunciando o genro de 19 anos, por suposto abuso sexual contra a filha de 13 anos no bairro Nova Floresta. O homem disse ainda que a garota relatou que o cunhado a pagou R$ 3 mil para tirar sua virgindade. No entanto nesta segunda-feira (23), segundo o Conselho Tutelar ela mudou a versão.

 

De acordo com a conselheira, Waléria Elias, que vem acompanhando o caso, a menina disse que o rapaz não comprou a sua virgindade, mas que os dois se relacionam sexualmente há mais de um ano, sendo que a primeira vez teria sido dentro do carro dele, em uma das caronas que o cunhado lhe oferecia na saída da escola. A menor contou também que pegou escondido o dinheiro do cunhado.

 

Ainda segundo a conselheira, a menina que se mostra muito ingênua, disse ter sido assediada pelo marido da irmã,  que nunca o procurou, e que foi seduzida por ele. Um segundo personagem desta história é um garoto de 15 anos, com quem também ela se relacionou sexualmente e que é amigo do cunhado. Para a conselheira, o envolvimento do adolescente pode ter sido premeditado pelo abusador, como forma dele se eximir da responsabilidade.

 

Waleria Elias disse a nossa reportagem que os impactos de tudo tem mudado a vida da adolescente, que foi transferida de escola por causa dos comentários que provocam constrangimentos. A garota continuará sendo acompanhada pelos conselheiros tutelares e foi encaminhada para o tratamento psicológico. Todos os relatos colhidos serão encaminhados via ofício para o delegado responsável pelo caso.

(Patos1)