Powered by WP Bannerize

Meio Ambiente

Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente realizam plantio de mudas em áreas de cascalheiras


Publicado em: 07/02/2018
 

Uma ação conjunta entre a Secretaria Municipal de Agricultura e Secretaria Municipal de Meio Ambiente está proporcionando o plantio de mudas nativas em cascalheiras, locais onde o cascalho foi extraído para utilização na manutenção das estradas rurais.

 

“Conscientes da importância desse apoio para o meio ambiente e aproveitando o momento do período chuvoso é que juntamos as forças pra execução dessa tarefa de plantio das mudas nas áreas de extração de cascalho e também em áreas de reserva dentro do próprio perímetro urbano”, pontuou o Secretário de Agricultura Odirlei Magalhães.

 

Para o Secretário de Meio Ambiente Caio Veloso essa união de forças é fundamental para que as ações e os resultados aconteçam de forma mais rápida e eficiente. Apenas nessa força tarefa serão plantadas cerca de 2500 mudas em 4 cascalheiras e em áreas de reserva no perímetro urbano.

Prefeitura Municipal de Patrocínio



Secretaria de Agricultura realiza trabalho de doação de mudas de plantas nativas e frutíferas


Publicado em: 14/11/2017
 

Sem funcionar desde o meio desse ano devido ao intenso período de seca sofrido na região, o viveiro de mudas nativas e frutíferas da Prefeitura Municipal de Patrocínio, no Horto Florestal, voltou à atividade. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Infraestrutura Rural mais de 6 mil e 500 mudas, entre frutíferas, de reflorestamento, ornamentais e de arborização já foram doadas aos moradores da cidade.

 

Qualquer pessoa pode requerem as mudas produzidas no Horto Florestal, desde que seja para plantá-las dentro do próprio Município de Patrocínio. Para tanto, e para ver a tabela de mudas disponíveis, os interessados devem comparecer à sede da Secretaria Municipal de Agricultura (Rua Joaquim Carlos dos Santos, em frente a Câmara Municipal de Patrocínio) de segunda a quarta-feira, da 8h as 11h e das 13h as 16h30, e informar o CPF, telefone e endereço e retirar o pedido, que deve ser entregue ao funcionário do Horto Florestal no momento da entrega das mudas.

 

Ao todo cada pessoa têm o direito a 15 mudas (5 frutíferas, sendo apenas uma muda de cada variedade e 10 de reflorestamento, sendo no máximo 2 de cada variedade) para plantação em área rural, ou 8 mudas (5 frutíferas, sendo apenas uma muda de cada variedade, 2 de arborização e mais uma ornamental) para plantar em área urbana. Além das doações, o viveiro de mudas do Horto Florestal também realiza a vendas das mudas nativas e frutíferas, em qualquer quantidade.

Prefeitura Municipal de Patrocínio



Piracema já está valendo e fiscalização será intensa


Publicado em: 08/11/2017
 

Desde o dia 1º de novembro está vigorando o período de reprodução dos peixes, denominado de Piracema que vai até 28 de fevereiro de 2018. Durante os próximos meses onde os peixes sobem os rios para a desova, está proibida a pesca das espécies nativas e somente aquelas consideradas exóticas, ou não nativas, como é o caso da região de Patrocínio, a piranha, tucunaré, carpa e tilápia, em quantidade de até 3 kg, mais um exemplar por pescador por jornada, ou seja, a cada atividade de pesca. Nos rios Quebranzol e Salitre e afluentes a pesca está terminantemente proibida. Pescadores que utilizam isca viva como lambari, devem apresentar a nota fiscal de compra.

 

 

A pesca ilegal configura em crime ambiental de acordo com o comandante do 4º Pelotão da Polícia Militar Ambiental, Tenente Heliton Cortes que lembra que os peixes pescados tem que ser liberados imediatamente, pois caso a fiscalização da Polícia Ambiental flagrar a captura será feita a notificação administrativa através de multa e a condução da pessoa.

 

 

Durante esse período a Polícia Ambiental vai fazer a fiscalização e irá contar com a parceria da Polícia Militar Rodoviária que irá fazer as abordagens de veículos nas rodovias, quanto ao transporte. Ainda haverá patrulhamento aquático e desembarcado nas áreas dos mananciais. O oficial ainda lembra que o transporte do equipamento deve ser acobertado pela licença que o pescador deve estar portando e que é retirada junto ao órgão competente, onde ele deve estar portando junto com um documento de identificação.

(Renato Oliveira)



Secretaria Municipal de Saúde apresenta novo protocolo de faltas em consultas odontológicas da rede municipal


Publicado em: 08/11/2017
 

O secretário municipal de Saúde, Humberto Donizete Ferreira, o Bebé, reuniu a imprensa na tarde dessa terça-feira (7) para explicar o novo protocolo de faltas em consultas odontológicas na rede municipal de saúde, que passará a vigorar a partir do dia 1º de dezembro. No novo protocolo, que foi aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde e pelo Ministério Público, pacientes que faltarem as consultas odontológicas, sem justificativa, serão repassados ao final da fila de espera.

 

Segundo o secretário, a medida foi tomada devido ao alto índice de faltas nas consultas, que atrapalham o fluxo de atendimentos, tirando a oportunidade de outros pacientes e deixando os dentistas ociosos quando podiam estar realizando tratamentos.

 

Outra preocupação de Bebé é em relação às metas exigidas pelo Ministério da Saúde, que devido às faltas, por vezes acabam não sendo batidas: “Nossas consultas são monitoradas, nós temos metas a cumprir, que se não forem seguidas pode até faltar recurso no final do mês. Nós estamos tendo uma abstenção em torno de 30 %, isso é muita coisa, por isso tivemos a necessidade de criar esse protocolo, onde o paciente vai assinar que ele tem a ciência de que se ele faltar sem justificativa, ele voltará para o final da fila, não vai ter como ele ficar remarcando essa consulta ou procedimento de forma imediata àquele que ele faltou, com isso nós vamos dar oportunidade para que a fila possa andar e não vamos ter esse prejuízo de não bater as nossa metas por falta do atendimento, única e exclusivamente pela falta do paciente” disse o secretário, que também contou que alguns dos motivos que serão aceitos como justificativa serão atestados médicos, óbito na família, motivos de trabalho e estudo e outros, que deverão ser apresentados à própria unidade de saúde onde seria realizada a consulta. Bebé ainda disse que futuramente a intenção é estender o protocolo também às consultas médicas da rede municipal, que também sofre com o mesmo problema.

Prefeitura Municipal de Patrocínio



Meio Ambiente … afinal o que é?


Publicado em: 10/10/2017
 

Meio ambiente envolve todas as coisas vivas e não-vivas que ocorrem na Terra, ou em alguma região dela, que afetam os ecossistemas e a vida dos humanos. O meio ambiente pode ter diversos conceitos, que são identificados por seus componentes.

 

Na ecologia, o meio ambiente é o panorama animado ou inanimado onde se desenvolve a vida de um organismo. No meio ambiente existem vários fatores externos que têm uma influência no organismo. A ecologia tem como objeto de estudo as relações entre os organismos e o ambiente envolvente.

 

Meio ambiente é um conjunto de unidades ecológicas que funcionam como um sistema natural, e incluem toda a vegetação, animais, microorganismos, solo, rochas, atmosfera e fenômenos naturais que podem ocorrer em seus limites. Meio ambiente também compreende recursos e fenômenos físicos  como ar, água e clima, assim como energia, radiação, descarga elétrica, e magnetismo.

 

Para as Nações Unidas, meio ambiente é o conjunto de componentes físicos, químicos, biológicos e sociais capazes de causar efeitos diretos ou indiretos, em um prazo curto ou longo, sobre os seres vivos e as atividades humanas.

 

A preservação do meio ambiente depende muito da sensibilização dos indivíduos de uma sociedade. A cidadania deve contemplar atividades e noções que contribuem para a prosperidade do meio ambiente. Desta forma, é importante saber instruir os cidadãos de várias idades, através de formação nas escolas e em outros locais.

 

No Brasil existe a PNMA, que é a Política Nacional do Meio Ambiente. A PNMA define meio ambiente como o conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas.

 

Meio ambiente e sustentabilidade

A sustentabilidade ambiental e ecológica é a manutenção do meio ambiente do planeta Terra, é manter a qualidade de vida, manter o meio ambiente em harmonia com as pessoas. É cuidar para não poluir a água, separar o lixo, evitar desastres ecológicos, como queimadas, desmatamentos. O próprio conceito de sustentabilidade é para longo prazo, significa cuidar de todo o sistema, para que as gerações futuras possam aproveitar.

 

É importante que a sustentabilidade do meio ambiente seja cada vez uma prioridade para os políticos no poder, para que a conservação do meio ambiente possa ser alcançada.

 

Meio ambiente e reciclagem

A reciclagem é um processo de elevada relevância para a preservação do meio ambiente. Através da reciclagem, é possível diminuir a poluição do ar, água e solo. O grande desafio na área da reciclagem é conseguir educar os cidadãos para que compreendam que cada esforço, por mais pequeno que seja, tem um impacto positivo no meio ambiente envolvente.

 

Meio ambiente e sociologia

No âmbito da sociologia, o meio ambiente é o conjunto de todos os fatores materiais ou imateriais que afetam o indivíduo e que vão desde a paisagem até à mentalidade da época. Os sociólogos partidários da teoria do meio ambiente consideram o indivíduo como produto das suas relações sociais.

(significados)