Powered by WP Bannerize

Meio Ambiente

Cachoeira é atração temporária na praia mais bonita do mundo, no Brasil


Publicado em: 20/02/2018
 

Nem só com dias nublados e chuvas se faz turismo nessa ilha a 545 km do Recife, durante a baixa temporada.

 

Aliás, são as precipitações, que costumam ir de março e junho, as responsáveis pela formação de cachoeiras que escorrem nos imponentes paredões rochosos da Praia do Sancho, eleita, no ano passado, pela quarta vez consecutiva, uma das dez melhores praias do mundo.

 

O destino vê também os preços de hospedagem e serviço caírem até 30%, o mar fica perfeito para mergulho, a vegetação está mais verde por conta das chuvas e você pode ser surpreendido com dias seguidos de sol quente, apesar da temporada de chuvas.

 

VEJA VÍDEO

 

 

É nessa época do ano, que em 2018 teve a temporada de chuvas adiantada e Noronha já abriga as primeiras queda d’água no Sancho, em pleno mês de fevereiro, que moradores locais e visitantes congestionam a fila para descer a escadaria pela fenda de acesso a essa faixa de areia, no Mar de Dentro.

 

Quem vence a vertiginosa descida até essa praia de 320 metros de extensão é recebido com cachoeiras que formam pequenos poços para banho, em meio à mata fechada.

 

A trilha é curta e segue pelo lado esquerdo da praia, onde a água doce que vem da cachoeira abre uma vala natural que segue até o mar.

 

© Fornecido por Viagem em Pauta

 

O mar agitado não convida para banho ou snorkel, uma das atividades mais procuradas no Sancho nos outros meses do ano, mas essa é uma das experiências mais aguardadas por quem tem a sorte de estar em Noronha, na temporada de chuvas.

 

A atração temporária coincide com a temporada de desova de tartarugas, de dezembro a junho, quando o Projeto Tamar faz demarcações de ninhos que podem ser vistos, espalhados em praias como o Sancho e a do Leão.

 

A Praia do Sancho é uma das paradas do Ilha Tour, um roteiro de um dia inteiro em carro 4×4 e que passa por outras atrações da ilha como a Cacimba do Padre, Morro Dois Irmãos, Buraco da Raquel e Baía do Sueste.

(msn)



Secretaria de Agricultura busca melhorar a oferta de mudas para a população


Publicado em: 12/02/2018
 

Visando melhorar a qualidade e aumentar o número de mudas que são produzidas no viveiro do horto florestal de Patrocínio, a secretaria Municipal de Agricultura estará realizando entre os dias 05 e 09 de março, treinamento dos servidores que desenvolvem esse trabalho. O secretário, Odirlei Magalhães informou que haverá a presença de uma técnica especializada do SENAR Minas, durante todos os dias para trabalhar no aperfeiçoamento da técnica de produção de mudas do viveiro municipal. Ele também lembra que ainda haverá outro treinamento para os servidores, sendo que está sendo agendado essa capacitação de plantio, através de enxerto.

 

Sobre a demanda da produção de mudas, o secretário explica que a oferta é satisfatória, mas com esse treinamento, haverá um aumento na produção para que possa ser incentivado a renovação de pomares e também do reflorestamento ambiental, principalmente nas áreas de nascente.

 

Odirlei comentou que são oferecidas 15 mudas de forma gratuita para cada cidadão e a partir do volume superior é feita a cobrança de uma pequena taxa. A liberação ainda é feita somente no período chuvoso, ou mediante a comprovação que a pessoa possui sistema de irrigação na propriedade. As mudas também são distribuídas para o plantio na cidade.

(Renato Oliveira/Difusora95)



Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente realizam plantio de mudas em áreas de cascalheiras


Publicado em: 07/02/2018
 

Uma ação conjunta entre a Secretaria Municipal de Agricultura e Secretaria Municipal de Meio Ambiente está proporcionando o plantio de mudas nativas em cascalheiras, locais onde o cascalho foi extraído para utilização na manutenção das estradas rurais.

 

“Conscientes da importância desse apoio para o meio ambiente e aproveitando o momento do período chuvoso é que juntamos as forças pra execução dessa tarefa de plantio das mudas nas áreas de extração de cascalho e também em áreas de reserva dentro do próprio perímetro urbano”, pontuou o Secretário de Agricultura Odirlei Magalhães.

 

Para o Secretário de Meio Ambiente Caio Veloso essa união de forças é fundamental para que as ações e os resultados aconteçam de forma mais rápida e eficiente. Apenas nessa força tarefa serão plantadas cerca de 2500 mudas em 4 cascalheiras e em áreas de reserva no perímetro urbano.

Prefeitura Municipal de Patrocínio



Secretaria de Agricultura realiza trabalho de doação de mudas de plantas nativas e frutíferas


Publicado em: 14/11/2017
 

Sem funcionar desde o meio desse ano devido ao intenso período de seca sofrido na região, o viveiro de mudas nativas e frutíferas da Prefeitura Municipal de Patrocínio, no Horto Florestal, voltou à atividade. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Infraestrutura Rural mais de 6 mil e 500 mudas, entre frutíferas, de reflorestamento, ornamentais e de arborização já foram doadas aos moradores da cidade.

 

Qualquer pessoa pode requerem as mudas produzidas no Horto Florestal, desde que seja para plantá-las dentro do próprio Município de Patrocínio. Para tanto, e para ver a tabela de mudas disponíveis, os interessados devem comparecer à sede da Secretaria Municipal de Agricultura (Rua Joaquim Carlos dos Santos, em frente a Câmara Municipal de Patrocínio) de segunda a quarta-feira, da 8h as 11h e das 13h as 16h30, e informar o CPF, telefone e endereço e retirar o pedido, que deve ser entregue ao funcionário do Horto Florestal no momento da entrega das mudas.

 

Ao todo cada pessoa têm o direito a 15 mudas (5 frutíferas, sendo apenas uma muda de cada variedade e 10 de reflorestamento, sendo no máximo 2 de cada variedade) para plantação em área rural, ou 8 mudas (5 frutíferas, sendo apenas uma muda de cada variedade, 2 de arborização e mais uma ornamental) para plantar em área urbana. Além das doações, o viveiro de mudas do Horto Florestal também realiza a vendas das mudas nativas e frutíferas, em qualquer quantidade.

Prefeitura Municipal de Patrocínio



Piracema já está valendo e fiscalização será intensa


Publicado em: 08/11/2017
 

Desde o dia 1º de novembro está vigorando o período de reprodução dos peixes, denominado de Piracema que vai até 28 de fevereiro de 2018. Durante os próximos meses onde os peixes sobem os rios para a desova, está proibida a pesca das espécies nativas e somente aquelas consideradas exóticas, ou não nativas, como é o caso da região de Patrocínio, a piranha, tucunaré, carpa e tilápia, em quantidade de até 3 kg, mais um exemplar por pescador por jornada, ou seja, a cada atividade de pesca. Nos rios Quebranzol e Salitre e afluentes a pesca está terminantemente proibida. Pescadores que utilizam isca viva como lambari, devem apresentar a nota fiscal de compra.

 

 

A pesca ilegal configura em crime ambiental de acordo com o comandante do 4º Pelotão da Polícia Militar Ambiental, Tenente Heliton Cortes que lembra que os peixes pescados tem que ser liberados imediatamente, pois caso a fiscalização da Polícia Ambiental flagrar a captura será feita a notificação administrativa através de multa e a condução da pessoa.

 

 

Durante esse período a Polícia Ambiental vai fazer a fiscalização e irá contar com a parceria da Polícia Militar Rodoviária que irá fazer as abordagens de veículos nas rodovias, quanto ao transporte. Ainda haverá patrulhamento aquático e desembarcado nas áreas dos mananciais. O oficial ainda lembra que o transporte do equipamento deve ser acobertado pela licença que o pescador deve estar portando e que é retirada junto ao órgão competente, onde ele deve estar portando junto com um documento de identificação.

(Renato Oliveira)