Meio Ambiente

Preservar o meio ambiente


Publicado em: 28/04/2014
 

O surgimento de iniciativas que buscam cuidar da natureza é uma resposta a uma série de problemas existentes no mundo: desmatamento de florestas e matas atlânticas, poluição das cidades, do ar e de recursos hídricos como rios, lagos, lagoas e oceanos, além de atividades como a caça e a pesca predatória. Para reduzir os danos causados pelos crimes ao meio ambiente, algumas atitudes simples para que cada um possa fazer a sua parte é adquirir hábitos sustentáveis simples e eficientes.

 

Meio-Ambiente2

 

A primeira dica é realizar a separação correta do lixo orgânico, latas de alumínio, papéis e metais para tornar possível o processo de reciclagem. É possível fazer em casa a transformação do papel usado em reciclado, ou mesmo utilizar materiais orgânicos, como restos de alimentos e bagaços, como adubo em jardins e hortas caseiras. Dessa forma, você economiza com fertilizantes e ainda diminui a quantidade de lixo a ser descartado.

 

 

Meio-Ambiente3

Outra dica de como preservar o meio ambiente é evitar o desperdício de água, desligando a torneira em atividades diárias como escovar os dentes, lavar pratos ou se barbear, bem como fechar a válvula do chuveiro enquanto se ensaboa. Ao limpar o carro ou a calçada em frente a sua casa, evite o uso da mangueira e procure utilizar um balde com água, esponja e sabão. Por fim, procure reaproveitar a água que sobra da lavagem de roupas para regar as plantas.

 

Meio-Ambiente4

 

Em casa ou no trabalho, procure trocar as lâmpadas comuns pelas fluorescentes, que duram 10 vezes mais gastam dois terços menos de energia. Ainda, as lâmpadas fluorescentes podem ser recicladas após o uso. Além de ser uma ação sustentável, também contribui para reduzir a conta de energia no fim do mês.

 

Meio-Ambiente5

Procure realizar caronas solidárias ou invista em meios de transportes menos poluentes. Andar de bicicleta ou a pé diminui o nível de emissão de gases nocivos à atmosfera e são ótimos exercícios físicos.

 Meio-Ambiente6



Planeta agua


Publicado em: 18/03/2014
 

Nos últimos tempos os meios de comunicação tem dedicado grande parte de suas matérias mostrando a falta de água em diversas regiões do nosso país. A grande verdade é que realmente a água está a cada dia se tornando mais escassa e mais poluída, razão pela qual faz-se necessária a adoção de diversas  medidas no sentido de que cada cidadão contribua com sua parte, caso contrário dentro de pouco tempo o planeta sofrerá consequências desvassaladoras.

Mas por aqui ainda temos a alegria de vermos nossos rios e nossos lagos com grande volume de água e o mais belo ainda é comprovar que a água está limpa e despoluída. A reportagem do UAIGENTE esteve neste sábado (15) e dois locais diferentes, onde comprovou a beleza de dois lugares bastante conhecidos e que felizmente  o homem está preservando e cuidando do nosso meio ambiente.

O primeiro lugar foi o Rio Dourados, divisa dos municípios de Patrocínio e Coromandel, proximidades do distrito rural de Santa Rosa dos Dourados, onde existe uma ponte recentemente construída e que a beleza da correnteza da água ainda alegra nossos olhos; ali deparamos com alguns pescadores e banhistas, os quais tomam o cuidado de não jogar lixo no leito do rio, recolhendo o pouco ali encontrado e destinando ao local próprio.

O segundo local trata-se da ponte sobre o lago da Usina de Miranda, proximidades de Uberlândia-MG, na rodovia BR 365, onde a beleza do local encanta a todos que por ali trafegam; nossa reportagem também efetuou uma ligeira parada naquele local e apreciou aquela beleza, com muita água limpa e sem lixo. Enquanto estes locais nos chamam a atenção pela beleza e abundância e água, outros estão sofrendo com sua escassez, onde o homem, animais e plantas não conseguem sobreviver. O meio ambiente merece cuidado, carinho e respeito.



Lixo no lugar errado


Publicado em: 18/03/2014
 

Lugar de lixo é no lixo, certo? Deveria ser verdade, mas não parece ser, principalmente quando nos deparamos com materiais que ao invés de estarem no local próprio, encontram-se espalhados e atirados em via pública, danificando, sujando, poluindo o nosso meio ambiente.
A grande verdade é que somos uma nação de pessoas mal educadas, desorganizadas, descompromissadas e sem respeito ao nosso semelhante; isto vem perdurando por diversas gerações e com certeza ainda levarão bons anos para que possamos ter consciência de nossos deveres como cidadãos e como meio ambientalistas.
Só nos damos conta do real valor das coisas quando estas nos faltam…o simples fato de ocorrer um apagão de energia elétrica por alguns minutos em nossa casa já é motivo para esbravejarmos, quando a água falta em nossas torneiras xingamos e colocamos a culpa nos administradores, quando as enchentes inundam nossas ruas falamos que a culpa é de nossos políticos, mas esquecemos de que o pouco que fazemos corretamente pode representar bastante para nossa sociedade.
Há algum tempo a Avenida Almir Marques, que liga a Avenida João Alves do Nascimento ao Clube Enxó, praticamente uma das mas belas vias de entrada para nossa cidade e um dos belos  cartões postais tem sido alvo de vândalos, os quais já danificaram diversas plantas do canteiro central, placas de sinalização e agora a avenida tornou-se palco de despejo de toda espécie de lixo e entulho; na avenida e também em suas imediações são encontrados diversos materiais, tais como sacos plásticos contendo toda espécie de lixo doméstico, roupas velhas, latarias, entulhos, sofás quebrados, monitores de TV e de computadores, animais mortos, praticamente toda espécie de lixo que se pode imaginar.
Nossa reportagem flagrou alguns veículos parados ao longo da via, jogando lixo no local e quando as pessoas notaram que seriam fotografadas, dali saíram rapidamente…as pessoas que ali depositam lixo não escolhem o horário para fazê-lo, jogam o lixo no local à noite, pela manhã e até mesmo ao longo de todo o dia. E no local ainda existe uma placa com belos dizeres, alertando de que constitui infração punível com multa a quem for apanhado jogando lixo no local, mas pelo jeito tal placa é apenas enfeite, pois tenho certeza de que quem ali deposita a sujeira nunca chegou a ler o que ali está escrito.
Isto é uma falta de conscientização e de respeito ao meio ambiente; nada adiantam as campanhas publicitárias no sentido de que o lixo deve ser destinado ao lugar certo se as pessoas continuarem jogando lixo e entulhos na via pública; mas por que as pessoas nunca jogam lixo e imundícies em suas próprias portas? Por que tem que jogar lixo na porta dos outros, tentando esconder a sujeira na porta dos outros? A verdade é que não queremos ser incomodados pelo mal cheiro e sujeira em nossa casa, por isso atiramos tudo isto na porta dos outros, não queremos assumir responsabilidades.
Tá na hora de mudar o rumo das coisas, hora de construir a cidadania e valorizar o que ainda temos de belo e saudável, ta na hora de cuidar do meio ambiente. Seja cidadão consciente, preserve a natureza e tudo que nela ainda existe, pois só assim a natureza nos trará boas recompensas.
Redator: GERALDO CRISTOVAO.