Limpar ouvido com cotonete faz mal para a saúde

Publicado em: 07/12/2017
 

Sair do banho e, diariamente, cutucar o ouvido usando um cotonete para, supostamente, fazer sua higienização “correta” é considerado por médicos um erro grave e um hábito que deve ser abandonado imediatamente.

cotonete shutter © ShutterStock cotonete shutter

A cera do ouvido, apesar de ser considerada por muitos uma sujeira, tem função extremamente importante para o corpo, não existe por acaso e não deve ser removida com uma espécie de ritual de limpeza, segundo Academia Americana de Otorrinolaringologia.

De acordo com a instituição, a cera, na verdade, serve de proteção para os ouvidos. A “sujeirinha amarela” é formada por uma combinação de pele morta, pelos e secreções glandulares do canal auditivo e começa a ficar aparente na região quando, em excesso, é expelida através de movimentos que fazemos com a mandíbula.

ouvido orelha cotonete 0117 400x800 © Africa Studio/Shutterstock ouvido orelha cotonete 0117 400×800

Quando você usa o cotonete para “limpar” o ouvido, atrapalha o processo orgânico, podendo bloquear parte do canal auditivo e provocar danos à região, sendo eles: dores, coceira, odor ruim, corrimento, zumbido e, em casos mais graves, até perda parcial ou total de audição.

Para limpar corretamente o ouvido sem prejudicar o órgão, a Academia Americana de Otorrinolaringologia recomenda uma limpeza esporádica apenas do acúmulo da cera, com a aplicação de algumas gotinhas de água ou soro fisiológico estéreis, que vão amolecer e soltar o excesso.

(msn)