Lagoa Formosa – Mulher é estuprada e espancada durante tentativa de homicídio no Bairro Rosário

Publicado em: 13/06/2016
 

Uma mulher foi estuprada e brutalmente espancada durante tentativa de homicídio na cidade de Lagoa Formosa. O fato aconteceu no início da tarde deste Sábado (11/06) na Rua Olímpio Pica Pau, no Bairro Nossa Senhora do Rosário, quando a vítima teria sido convidada pelo autor a ir até sua residência onde o suspeito iria buscar alguns materiais para ambos fazerem um churrasco. No local após trancar a porta da casa, o indivíduo teria estuprado a mulher depois de espanca-la brutalmente. Ele só  não a teria matado porque uma pessoa entrou no imóvel e encontrou a vítima caída e o estuprador totalmente nu ao lado dela. A mulher foi socorrida pela Polícia Militar até o Pronto Atendimento e em seguida ela foi levada para o hospital regional em Patos de Minas em estado grave. O acusado foi preso em flagrante e entregue ao delegado de plantão na cidade de Patos de Minas, onde foi autuado e levado para o presídio Sebastião Satiro.

De acordo com informações da Polícia Militar, durante patrulhamento pelo Bairro Nossa Senhora do Rosário, a guarnição deparou com uma intensa movimentação de pessoas, sendo que ao se aproximar do local, os policiais encontraram a vítima E.M, que estava muito ensanguentada e apresentando ferimentos e hematomas generalizados pela face e em outras partes do corpo. Em conversa com a vítima ela relatou aos militares que o autor das agressões teria sido Raimundo Ribeiro dos Santos, 55 anos, natural do estado do Maranhão, sendo que o suspeito se encontrava próximo ao local do crime. Imediatamente o homem recebeu voz de prisão e foi detido. Já a mulher foi encaminhada até o PA para receber atendimento médico. No local a médica de plantão constatou que a vítima, além de muitos ferimentos e suspeita de fraturas, estava com sangramento na vagina o que levantou suspeita de estupro.

Uma jovem que se apresentou como sendo filha da vítima, disse aos policiais que após ser encontrada machucada e ensanguentada dentro da casa de Raimundo, a mulher não soube contar se havia sofrido violência sexual, pois foi encontrada em estado semiconsciente, e não lembrava ao certo o que havia acontecido no local. Ela conseguiu dizer que ao tentar impedir o estupro foi espancada e ainda levou inúmeros golpes na cabeça e na face.

 

Inicialmente a vítima foi diagnosticada com hematomas, escoriações, lesões e suspeita de fraturas em vários ossos da face e no crânio. Ela também teve sua boca amarrada para não pedir socorro, o que causou vários cortes profundos no local. Após receber os primeiros socorros em Lagoa Formosa, a mulher foi levada para o hospital regional na cidade de Patos de Minas. Um perito da Polícia Civil esteve na cidade e realizou os trabalhos técnicos na casa onde aconteceu o crime. No local foram encontrados vestígios de sangue e peças de roupas íntimas.

fonte: patos1.