Powered by WP Bannerize

Investigadores trocam tiros com bandidos que se chocam em barranco e 2 acabam presos na BR365

Publicado em: 10/08/2018
 

Ao tentar a abordagem, os criminosos abriram fogo contra os policiais que revidaram.

 

A intensa perseguição aos criminosos terminou no fim da tarde desta quinta-feira (09), no km 398 da BR365, cerca de 2 quilômetros depois do Restaurante do Rivalcino, em Patos de Minas. Houve troca de tiros e os suspeitos acabaram batendo em um barranco. Dois foram presos na hora e um conseguiu fugir. Arma e materiais usados em roubos de carga foram apreendidos. Rastreamentos seguem em busca do fugitivo.

 

De acordo com as informações colhidas por nossa reportagem no local do fato, os investigadores da Delegacia de Furtos e Roubos de Patos de Minas voltavam de uma investigação pela BR365 quando se depararam com um veículo ziguezagueando pela rodovia. Os policiais tentaram informar para a PRF a situação, já que o motorista poderia estar embriagado.

 

Nesse momento, o VW/Gol com os três indivíduos ultrapassou os policiais em alta velocidade, mas acabou fechado pelo motorista que ziguezagueava pela rodovia. Nada satisfeitos, os criminosos teriam sacado uma arma e apontado para o motorista que lhes havia fechado. Os policiais flagraram a ameaça e começaram a perseguir os infratores que continuaram a fuga em alta velocidade.

 

Em seguida, os policiais tentaram a abordagem e os criminosos abriram fogo contra os investigadores. Os policiais revidaram disparando na lataria do carro e nos pneus. O automóvel acabou perdendo o controle, rodou na pista, atingiu um barranco violentamente e parou atravessado na pista. Dois deles foram rendidos e presos no local. O terceiro acabou fugindo.

 

Diego da Silva Serrão e Diego Amaro Bispo dos Santos sofreram ferimentos no rosto e apenas indicaram que o terceiro seria um indivíduo que atendia pelo apelido de “Neguinho”. Um reforço foi acionado e policiais civis de toda a região foram para o local. Homens da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e do Corpo de Bombeiros também foram chamados para apoiar no trabalho.

 

No carro dos criminosos, o qual sofreu pelo menos 5 perfurações na lateral, teve os pneus estourados e ficou com a frente toda danificada, os policiais encontraram um revólver, um carregador de pistola, bloqueadores de sinal de rastreadores, toucas e ferramentas. A suspeita é de que eles iriam praticar algum roubo à carga na região. Os dois presos que são da cidade de Patrocínio já possuem passagens policiais.

 

A Polícia Militar usa um drone com infravermelho para tentar localizar o fugitivo. Rastreamentos também estão sendo feitos para tentar encontrar o terceiro criminoso que pode ter fugido com uma pistola. O carro que pertenceria a uma locadora foi removido até o depósito da Polícia Civil. A perícia técnica analisou como tudo teria acontecido. Duas grandes filas de veículos se formaram na rodovia e os motoristas tiveram que ter paciência até que a pista fosse liberada.

 

 

O Chefe do 10º Departamento, Dr Felipe Colombari, preferiu não conceder entrevista neste momento, dizendo que vai aguardar a conclusão e apuração para saber como tudo teria acontecido.

 

(Patoshoje)