Powered by WP Bannerize

Grande quantidade de peixes morrem no Rio Paranaíba em Patos de Minas

Publicado em: 04/09/2017
 

Uma das mazelas pelas quais sofre o rio Paranaíba é o despejo de esgoto no fluxo das águas. As suspeitas levantadas pelo Codema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) são de que um dos canos que conduzem a água consumida na cidade esteja estourado e causando uma contaminação desenfreada dos lençóis freáticos.

 

Prova disso, é a visão da superfície das águas do rio de uma associação no mesmo quadro de lixo e acúmulo de dejetos provenientes do esgoto que ocasionam a morte dos peixes que têm o rio Paranaíba como habitat. Segundo Ivanildo Alves, secretário do Codema, “bovinos que são criados em propriedades próximas ao rio consomem a água contaminada e com isso ficam infectados”.

 

Ainda em palavras do secretário, “as 20 a 25 nascentes do Monjolo deságuam no córrego que por sua vez desemboca no rio Paranaíba contaminando ambos, com ovos de solitária e toda espécie de agentes infecciosos”.

(patos já)