Engolir catarro faz mal para a saúde?

Publicado em: 03/08/2017
 

Não, desde que o catarro seja seu. É que o catarro de outra pessoa (assim como outros fluidos humanos, tipo pus e sêmen) carrega vírus e outros microrganismos que podem causar doenças se sobreviverem ao ácido do estômago e às enzimas pancreáticas. Ou seja: não saia por aí comendo catarro alheio! No máximo, engolir seu catarro pode atrasar um pouco sua digestão, caso seja muito. Mas, se você ficar doente, preste atenção à cor – ela pode indicar algum problema. Catarro branco é sinal de inflamação (como sinusite), amarelado ou esverdeado é sinal de infecção bacteriana e o vermelho indica a presença de sangue, o que pode ser sinal de bronquite, pneumonia e até câncer no pulmão. Curiosidade: o catarro é composto de 90 a 95% por água, de 2 a 4% por mucinas (parte gelatinosa) e de 1% por sais, lipídios, componentes inflamatórios, restos celulares e outros.

 

 

1) POR CIMA E POR BAIXO

Engolir catarro faz mal para a saúde? © Fornecido por Abril Comunicações S.A. Engolir catarro faz mal para a saúde?

 

O interior de nosso aparelho respiratório é revestido de membrana mucosa, que produz a substância viscosa que sai do nariz. A secreção produzida nas vias aéreas inferiores (traqueia, brônquios e pulmões) é chamada de catarro, enquanto a produzida nas superiores (cavidade nasal, faringe e laringe) é chamada de coriza. A mucosa possui cílios que se movimentam, carregando o muco para a boca.

 

2) GOELA ABAIXO

Nosso corpo produz de 75 a 100 ml de catarro diariamente. Boa parte é engolida por instinto de forma contínua e vai parar no estômago. Microrganismos que possam estar presentes, como vírus e bactérias, são digeridos. E, se sobrevivessem, tudo bem, pois eles já existiam no nosso corpo antes. O problema seria engolir o catarro de outra pessoa, que tem uma flora bacteriana diferente e poderia causar infecções.

Engolir catarro faz mal para a saúde? © Fornecido por Abril Comunicações S.A. Engolir catarro faz mal para a saúde?

 

3) PISCINA GRUDENTA

Mas o catarro pode, sim, oferecer riscos. Se você estiver doente, com alguma inflamação ou infecção, ele pode se acumular nos pulmões, levando a outras infecções. Uma pessoa que tem infecções frequentes nos pulmões pode ter bronquiectasia, uma dilatação dos brônquios, o que por sua vez aumenta a retenção de secreções, facilitando novas infecções e transformando tudo num círculo vicioso.

 

 

FONTE Artigo Physiology of Airway Mucus Secretion and Pathophysiology of Hypersecretion, de Duncan Rogers