Powered by WP Bannerize

Empate com o Cruzeiro garante o CAP na próxima fase do Mineiro e na Série D de 2019

Publicado em: 12/03/2018
 

O Clube Atlético Patrocinense está classificado para a próxima fase do Campeonato Mineiro e também garantido na Série D do Campeonato Brasileiro de 2019. O centroavante Genesis fez um gol salvador para sacramentar o empate diante do líder Cruzeiro por 1 a 1, neste domingo (11), no estádio Pedro Alves. O resultado deixou o CAP em oitavo na classificação. Agora, o time do técnico Welington Fajardo enfrentará a equipe celeste novamente, mas desta vez em Belo Horizonte pelas quartas de final do estadual.

 

Foi um dia memorável em Patrocínio. Os torcedores lotaram o estádio Pedro Alves para acompanhar a última rodada da primeira fase da competição. O Cruzeiro saiu na frente com Rafael Marques, aos 26 minutos do segundo tempo. Com a derrota, o CAP não se classificaria. Eis que Genesis saiu do banco de reservas, no lugar de Ademir, e foi decisivo. Um belo chute de canhota, aos 39 minutos, definiu a classificação da Águia Grená às quartas de final.

 

O CAP vai encarar outra vez o Cruzeiro. O jogo acontecerá no próximo fim de semana, em BH, no estádio Mineirão. As quartas de final serão disputadas em partida única. Caso as equipes empatem no tempo normal, o classificado para semifinais será conhecido nos pênaltis. Os outros confrontos de quartas do Campeonato Mineiro serão os seguintes: América x Boa, Atlético x URT e Tupi x Tombense.

 

 

FICHA
11ª rodada do Campeonato Mineiro
Jogo: CAP 1 x 1 Cruzeiro
Local: estádio Pedro Alves
Data: 11/03/2018
Público: 6.471
Renda: R$ 328.020,00
Patrocinense: Neguete, Ângelo, Diego Borges, Juninho, Mateus Mendes, Bruno Moreno, Leomir, Mário Cesar, Peixoto (Marcelo Régis), Berger (Juninho Arcanjo) e Ademir (Genesis). Técnico: Wellington Fajardo
Cruzeiro: Rafael, Ezequiel, Digão, Dedé, Marcelo Hermes, Lucas Silva, Bruno Silva (Nonoca), Mancuello, Rafael Marques, Judivan (Sassá) e Raniel (Marcelo). Técnico: Sidnei Lobo
Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira (árbitro) e Guilherme Dias Camilo e Marcio Eustáquio Sousa Santiago (auxiliares).
Cartões amarelos:
Cruzeiro: Ezequiel e Mancuello
CAP: Bruno Moreno e Diego Borges

(Filipe Ferreira/Difusora 95)