Powered by WP Bannerize

Curiosidades

A assustadora – e linda – ponte de corda que está chamando a atenção na Irlanda


Publicado em: 26/08/2016
 

Existem alguns lugares no mundo que parecem existir para desafiar a coragem de seus visitantes e, um cantinho localizado na Irlanda do Norte, está nesta lista.

A Carrick-a-rede-rope-bridge é uma assustadora ponte suspensa de cordas situada perto de Ballintoy, condado de Antrim. Tem medo de altura? Então fique bem longe de lá: a belezinha mede 20 metros de comprimento e fica a 30 metros de altura sobre o Oceano Atlântico unindo uma pequena ilha chamada Carrick-a-Rede – onde existe um pesqueiro de salmão – à costa da Irlanda.

A ponte foi construída em 1755 por pescadores de salmão e sofreu várias restaurações ao longo do tempo, mas mesmo que pareça uma estrutura perfeitamente segura, atravessá-la requer certa coragem.

O local atrai muitos turistas e recebe dezenas de milhares de visitantes anualmente.

fonte: msn

Veja fotos:

18367486

CarrickPonte2

CarrickPonte1

Carrick-a-Rede_Rope_Bridge,_Antrim,_Northern_Ireland_(7107478475)_(2)

Crossing-Carrick-a-Rede-Bridge1

DSC_0147

P1010299



8 multas que você nem sabe que existem


Publicado em: 23/08/2016
 

Que existem coisas bastante incomuns descobrimos a cada dia, mas quando se trata de trânsito também ocorrem coisas bem improváveis. Essas não estão ligadas apenas as atrocidades que os motoristas cometam ou a veículos estranhos circulando, mas também a multas que você nem sabe que existem.

As leis de trânsito, às vezes, podem criar multas que parecem bastante esquisitas, mas que, se pararmos para pensar, nem sempre são sem fundamento. O problema é que muita gente desconhece sobre elas e isso pode pesar no bolso depois, caso pegue um guarda mais atento em cumprir a lei.

Conheça abaixo oito multas que você talvez desconheça:

Fugindo um pouco do tema, você já possui um seguro auto? Eu te aconselho a fazer uma cotação agora.

1 – Molhar pessoas no ponto de ônibus

Quem anda de ônibus já deve estar acostumado a, nos dias de chuva, ficar bem longe da guia para não tomar um banho, afinal, quando os carros passam, vai água para todos os lados. Porém, esse ato pode ocasionar multa aos motoristas, então quem está ao volante deve diminuir a velocidade, se não quiser ser multado e levar pontos na carteira por cometer uma infração leve.

2 – Não usar os limpadores do para-brisa

Isso mesmo: não usar os limpadores do para-brisa gera uma multa considerada infração grave. Mas calma: não é preciso sair por aí com eles ligados o tempo todo, porém, ao começar a chover, é preciso ligá-los, até porque dirigir na chuva sem eles é quase que algo impossível.

3 – Buzinar

Usar a buzina de forma errada gera uma multa leve, por isso para os esquentadinhos que enfiam a mão na buzina para reclamar que foram fechados ou simplesmente para incomodar estão sujeitos à multa. Parar na frente da casa do amigo e buzinar para que ele saia no portão também gera multa.

A buzina só pode ser usada para alertar ao redor e precisa estar relacionada ao trânsito.

4 – Não usar as setas

Quando observamos alguns motoristas no trânsito é até possível pensar que a seta é um item opcional no veículo, pois muitos não fazem uso delas e assim não usam a sinalização adequada. Por isso, se não quiser ter uma infração grave em sua carteira, sempre dê seta ao virar e estacionar.

Se precisa de um empurrãozinho, veja como as multas podem pesar no bolso!

5 – Colocar o braço para fora

Os que acham que podem dirigir como se estivessem no sofá de casa estão enganados: nada de dirigir com o braço para fora do veículo e ainda pegar um bronzeado. Esse fato, além de colocar em risco a integridade do motorista, faz com que ele não dirija com as duas mãos no volante, o que não é permitido. Por isso, se não quiser uma multa média, mantenha os dois braços dentro do veículo.

6 – Atirar objetos na via

Jogar objetos em via pública, além de ser porco, acaba gerando multa ao motorista. O ideal é sempre ter um lixo dentro do carro para juntar as coisas e depois jogar no local adequado, a menos que queria levar 4 pontos na carteira e desembolsar alguns reais.

7 – Parar longe da guia

Saber fazer baliza não é só uma questão de mostrar que sabe dirigir. Não saber estacionar o carro corretamente, deixando a mais de 50 cm da guia, gera multa, além de atrapalhar o trânsito.

Dá ainda para levar em conta que, deixando o veículo muito no meio da rua, corre-se o risco de alguém passar e ralar todo o carro, indo embora e te deixando no prejuízo, se não tiver um bom seguro de carro.

Agora, saber estacionar vai ser mais que uma questão de simples honra, vai evitar também multas.

Por falar nisso, se você ainda tem dificuldade com a baliza, pode ver aqui como fazer uma baliza perfeita de maneira simples.

8 – Cobrar tarifa com o veículo em movimento

Essa vai para os motoristas de ônibus, Uber ou táxis, que querem fazer tudo ao mesmo tempo, dar o troco para o passageiro e ainda dirigir o ônibus. Nesse caso, ser multitarefa rende uma multa, por isso é bom dar o troco antes de sair do lugar.

Você já conhecia essas multas? O que acha delas? E tem alguma multa estranha que já levou e não esteja na lista? Compartilhe nos comentários para que outros motoristas não saiam no prejuízo.

fonte: msn



Por que na Islândia não existem formigas?


Publicado em: 19/08/2016
 

As formigas são pragas comuns com as quais somos obrigados a conviver, seja em nossas casas ou mesmo na natureza. Falando nisso, vocês comem alimentos que as formigas passaram em cima? Sabia que fazer isso pode ter um grande perigo? Entenda sobre o assunto na nossa matéria que explica porque temos de ter cuidado com os alimentos que as formigas passaram em cima.

 

Bom, pelo fato de acharmos formigas com muita facilidade, todo mundo acha que as formigas estão presentes em todos os lugares do mundo, mas o que pouca gente sabe é que na Islândia não existe formigas. A razão por trás deste fenômeno foi explicada por um pesquisador que após vários estudos chegou a uma teoria sobre a ausência de insetos no país.

 

A Islândia é um dos países mais seguros do mundo. O país tem água pura, a maior expectativa de vida, e ironicamente, o país tem mais ovelhas do que pessoas. Além disso, a Islândia não tem exército, marinha, forças aéreas, e como já citamos, a Islândia também não tem formigas.

001

Xavier Espadaler Gelabert, um especialista que há 35 anos tem estudado as formigas em diferentes lugares da Terra, argumenta que esse tipo de inseto geralmente faz o ninho no chão. Porém, a Islândia, que está situada a nordeste da Europa, tem superfícies tão geladas, que “não permite que os insetos tenham tempo o suficiente para colocar seus ovos e larvas”, explica Espadaler.

 

Para deixar mais esclarecido, o especialista acrescenta que, no caso das formigas, tendo em conta que os diferentes tipos de espécies tem um intervalo de tempo de um mês a um ano para transcender a incubação dos ovos até o momento do nascimento, e na Islândia, esse ciclo natural é muito mais lento e não tem  condições climáticas favoráveis para dar vida a estes pequenos animais. Isso iria acontecer nos lugares mais gelados do mundo, como na Sibéria, por exemplo. Então, de acordo com o especialista, a razão pela qual a Islândia não tem formigas é devido ao frio.

002

 

Em contraste com os resultados dos estudos de Espadaler, Ingvar Örn Ingvarsson, um homem que trabalha com turismo no país, diz que existe sim formigas na região, embora esteja em menor número do que em outros países, e raramente são vistas. Örn ainda firma que desde 1994 lá existe as Lasius Niger, uma subfamília de formigas, muito ocasionalmente vistas em Reykjavik, no sul e oeste da Islândia.

2

 

No entanto, elas só foram observadas dentro de algumas casas, de modo que Espadaler argumente que isso é irrelevante para defender a existência de formigas com base naqueles que são mantidos em um abrigo diferente do ambiente natural. Bom, vocês sabem muito bem o que nós passamos com as formigas aqui no Brasil, qualquer migalha deixada para trás é motivo para reunir dezenas de formigas, e com certeza os islandeses não sabem como isso é chato.

E aí caros leitores, já sabiam que na Islândia não existe formigas? Comentem!

fonte: http://www.fatosdesconhecidos.com.br



A invenção do Airbag


Publicado em: 19/08/2016
 

O airbag é um item de segurança dos automóveis, muito eficiente para proteger os passageiros. O dispositivo é uma bolsa de ar que ameniza o impacto no momento de uma batida.

O airbag foi inventado há 27 anos. O sistema foi apresentado ao mundo pela primeira vez no Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, em 1987. O primeiro carro com airbag foi o Classe S (série 126).

Antes da invenção do airbag oficial, o Classe S já tinha testado um dispositivo semelhante em 1981. O Sistema de Retenção Suplementar (SRS) fazia parte de um conjunto que protegia o motorista, um tipo de segurança extra.

As pesquisas que resultaram na criação do airbag começaram em 1960. O dispositivo usa sensores que detectam uma colisão. Depois disso, o airbag é inflado em milésimos de segundo. A bolsa do airbag é feita com um tecido especial que evita o choque do passageiro com o painel frontal do veículo.

O airbag para passageiro foi lançado em 1987. O dispositivo começou a se popularizar depois que o item se tornou um opcional em modelos sedãs e cupês da Classe C. A Mercedes-Benz foi uma das primeiras a oferecer o airbag para o passageiro em modelos de médio porte.

O airbag para o motorista se tornou um item de série em 1992. Com o tempo, o dispositivo foi sendo aprimorado. Hoje, existem airbags laterais para a cabeça e para o tórax e até airbags adaptativos.



14 de agosto – História do Dia dos Pais


Publicado em: 14/08/2016
 

O Dia dos Pais é celebrado em várias regiões do mundo, mas em datas diferentes.

Atualmente, tal como o dia das mães, o dia dos pais é uma das datas mais prestigiadas no mundo como um todo e no Brasil, em especial. Entretanto, pouco se sabe sobre a origem dessa data.

No Brasil, ela é comemorada no segundo domingo de agosto, mas já foi comemorada fixamente no dia 16 desse mesmo mês. Nos Estados Unidos e em várias outras nações, a data é comemorada no terceiro domingo de junho; em Portugal e Espanha, em 19 de março; na Rússia, no dia 23 de fevereiro. Mas qual é a razão dessas diferenças?

  • Origem da comemoração nos Estados Unidos

O dia dos pais passou a ter repercussão mundial a partir do início do século XX, quando a data foi institucionalizada nos Estados Unidos da América. Os Estados Unidos comemoraram pela primeira vez o dia dos pais em 19 de junho de 1910. Tal data foi escolhida a partir da sugestão de uma moça chamada Sonora Louis Dodd, que quis homenagear seu pai, William Jackson Smart.

Smart era um veterano da Guerra Civil Americana que, após a morte da esposa, teve que criar sozinho Sonora e os outros filhos. A homenagem de Sonora começou em 1909, em sua cidade, Spokane, no estado de Washington. O dia em questão, 19 de junho, era a data de nascimento de seu pai. O gesto simples da moça acabou por mobilizar muitas pessoas da mesma cidade a fazer o mesmo tipo de homenagem. De Spokane, a prática alastrou-se para outros estados dos EUA.

Entretanto, em 1966, houve uma alteração na comemoração da data em decorrência de outros fatores. Do dia 19 de junho, a comemoração passou para o terceiro domingo de junho. Em 1972, o presidente Richard Nixon declarou o terceiro domingo de junho como o dia oficial da comemoração do dia dos pais. Essa data foi adotada como modelo por vários países ocidentais.

  • Origem da comemoração no Brasil

No Brasil, o dia dos pais só foi comemorado pela primeira vez em 1953, no dia 16 de agosto. Ao contrário do que ocorreu nos EUA, essa data não foi pensada como forma de homenagem local e simples, que se alastrou depois, sem planejamento. Na verdade, ela foi pensada por um publicitário chamado Sylvio Bhering, à época diretor do jornal O Globo e da rádio homônima.

O objetivo de Bhering era tanto social quanto comercial. A tentativa inicial foi associar a data ao dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus Cristo, que é comemorado em 16 de agosto, no calendário litúrgico da Igreja Católica, já que a população brasileira era predominantemente constituída de católicos. No entanto, nos anos seguintes, a data também foi deslocada para um domingo, o segundo domingo do mês de agostoe assim permanece até hoje.

  • O caso particular de outros países

Há o caso de outros países nos quais o dia dos pais está relacionado com aspectos culturais muito específicos. É caso, por exemplo, de Portugal, Espanha, Itália, Andorra, Bolívia e Honduras, que o comemoram em 19 de março. Isso ocorre porque tais países, também de tradição católica, associam o dia dos pais ao dia de São José, esposo de Maria.

Um caso curioso é o da Rússia, que celebra o dia dos pais em 23 de fevereiro. O motivo é o fato de que esse dia também é reservado à comemoração do Dia do Defensor da Pátria Local – data celebrada desde 1919. As duas datas acabaram por se entrelaçar.
Por Me. Cláudio Fernandes