Carnaval em Lagoa Grande quase termina em morte

Publicado em: 13/02/2018
 

A prisão aconteceu na madrugada desta terça-feira (13) após haver uma discussão por ciúmes durante o carnaval de Lagoa Grande. O jovem de 26 anos teria disparado e atingido um segurança do evento várias vezes. A Polícia Militar ainda apreendeu a arma usada no crime. O acusado foi preso na casa da namorada e confessou o crime.

De acordo com informações da Polícia Militar, durante o evento carnavalesco, o jovem havia sido preso por ameaça a um dos integrantes da equipe de segurança que prestava serviço no local, onde, segundo relato, havia ocorrido uma discussão por causa de ciúmes durante o evento.

 

Logo após, a condução do autor por ameaça, a equipe de policiais que faziam o policiamento no local, ouviu alguns estampidos perto da entrada do evento, sendo que um veículo Fiat Uno cor prata saiu em alta velocidade. O segurança ficou caído ao solo com ferimentos proveniente de arma de fogo. De imediato, foi feito o socorro da vítima por uma ambulância do hospital desta cidade que prestava apoio ao evento.

 

O segurança de 28 anos sofreu uma perfuração na altura do pescoço, outra na altura da perna, coxa esquerda e um de raspão na altura da testa. Ele foi encaminhado para o Hospital Regional de Patos de Minas.

 

A Polícia militar recebeu informações de quem teria praticado o crime e saiu em rastreamento. A guarnição policial conseguiu abordar o Fiat Uno que havia saído do local e constatado que não havia relacionamento com o fato. Duas mulheres teriam se assustado com o ocorrido.

 

Os policiais foram informados que o autor havia corrido à beira da lagoa e que posteriormente teria sido auxiliado por outro veículo que deu fuga ao autor, porém não foi possível a identificação deste veiculo.

 

Patos 1 - Homem atira contra desafeto durante no Carnaval na cidade de Lagoa Grande

 

Posteriormente, o autor foi localizado na residência de sua namorada e preso em flagrante delito. Ele confessou o crime indicando o local onde, após saltar o muro, perdeu a arma de fogo utilizada no crime. Foi feita varredura no lote, sendo localizado o revólver calibre .22 municiado com uma munição intacta e quatro deflagradas. O jovem e a arma foram encaminhados à delegacia para ser ouvido pela autoridade policial.

(Patoshoje)