Powered by WP Bannerize

Balaio começa com chave de ouro e Orquestra de Minas Gerais emociona os patenses

Publicado em: 08/09/2017
 

A edição 2017 do Balaio de Arte e Cultura começou com o pé direito. Centenas de pessoas foram à Avenida Getúlio Vargas na noite desta quarta-feira (06) para acompanhar as atrações do primeiro dia do evento. A Orquestra Sinfônica de Minas Gerais se apresentou no palco do Fórum e emocionou os presentes que lotaram as cadeiras colocadas no espaço.

Quem foi até a Avenida Getúlio Vargas no primeiro dia do Balaio de Arte e Cultura de Patos de Minas não se arrependeu. A dona Ângela Maria Magalhães levou as filhas de 14 e 8 anos para ver a Orquestra Sinfônica: “Eu já tive a oportunidade de assistir a uma apresentação de orquestra e eu queria que elas sentissem a emoção que a música clássica passa para variar um pouco das músicas que elas escutam”, ressaltou.

 

As pessoas tiveram que ter um pouco de paciência para entrar no teatro municipal. A fila estava dobrando a esquina. Quem foi ao teatro acompanhou espetáculos de dança das academias da cidade e a peça de teatro infantil “Os saltimbancos” que arrancou muitas gargalhadas de crianças e adultos.

 

O que chamou a atenção foi a quantidade de crianças presentes na primeira noite do Balaio. Os pais tiveram um pouco de trabalho para conter a empolgação dos filhos.

 

Na Casa das Artes Visuais e Literatura a noite ficou por conta de muita música e prosa boa com o Grupo Versus e Canto Chão, na estrada musical há 40 anos. O que não faltou foi história pra contar.

 

O público aplaudiu de pé a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. O Maestro Carlos Gomes disse que ficou encantado com a receptividade e o carinho do público patense. “Nós estivemos aqui há 10 anos, voltar a Patos de Minas é sempre uma alegria e uma emoção diferente, o público aqui é fantástico”. Aos risos ele ainda completou “Esperamos voltar em breve a Patos de Minas, não daqui a 10 anos”.

O Balaio de Arte e Cultura segue até o dia 10 e espera receber mais de 50 mil visitantes.

(Patoshoje)