Powered by WP Bannerize

Alguém que não fuma pode ter câncer de pulmão?

Publicado em: 24/01/2018
 

A resposta curta é sim, é possível desenvolver câncer de pulmão mesmo sem ser fumante, muito embora o tabaco seja o principal fator de risco para 90% dos casos da doença. É importante ressaltar que a presença de tumores primários nesse órgão é um evento raro em quem não fuma, mas mesmo entre os 10% dos diagnósticos não relacionados diretamente ao tabagismo, cerca de um terço podem ser casos de fumantes passivos, que convivem com a fumaça do cigarro em casa, no trabalho ou ambientes sociais, de acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Por estar altamente relacionado ao consumo do tabaco, o primeiro passo para sua prevenção é não fumar. Segundo o Inca, pessoas fumantes têm de 20 a 30 vezes mais risco de desenvolver câncer de pulmão. É recomendado ainda manter uma dieta rica em frutas e verduras, praticar exercícios físicos, além de evitar a exposição aos demais fatores de risco, como:

 

  • a exposição a alguns produtos químicos, como arsênico, amianto ou metais pesados;
  • a presença de doenças obstrutivas crônicas, como bronquite e enfisema;
  • poluição atmosférica
  • e fatores genéticos (estudos apontam que o risco de desenvolver a doença é de duas a três vezes maior em pessoas com histórico familiar de câncer).

De acordo com os últimos dados do Globocan (2012), o tumor é o mais comum no mundo e, segundo o Inca, no Brasil mais de 28 mil novos casos (17.330 em homens e 10.890 em mulheres) são estimados para 2016.

 

Fonte: 2003 Matt Households contaminated by environmental tobacco smoke_ sources of infant exposures.pdf

 

Dr. Jefferson Luiz Gross – CRM 68099
Diretor do Núcleo de Pulmão e Tórax
Especialista em Cirurgia Torácica – RQE nº 35027