Powered by WP Bannerize

ALERTA – Carvão ativado usado para clarear dentes não passa de ilusão

Publicado em: 27/09/2018
 

Pasta de dente preta deixa sorriso mais branco, porém desprotegido

 

Em busca de dentes mais brancos, muitas pessoas recorrem a clareamentos dentais caseiros. E uma nova fórmula vem chamando atenção. No lugar da pasta de dente branca, o pó de carvão ativado, de coloração negra, vem se tornando o ingrediente principal na hora da escovação. A segurança de seu uso, no entanto, não é reconhecida pelos dentistas.

 

Na medicina, o produto também é aplicado contra o envenenamento, como no caso da ingestão de substâncias tóxicas, conforme explica o cirurgião-dentista Adriano Rafael, que é especializado em odontologia estética. No entanto, para o clareamento dos dentes, o carvão ativado (ou ativo) não só não funciona, como ainda pode fazer mal.

 

“Ao usar o produto, a pessoa tem a impressão de que os dentes ficaram mais brancos porque o carvão é muito abrasivo, mas à custa de agredir a estrutura dos dentes. No longo prazo, essa abrasividade pode danificar o esmalte e deixar os dentes desprotegidos, tirar o brilho e causar até cáries depois”, diz Rafael.

 

Essa solução caseira e tantas outras encontradas na internet, como as que usam morango, suco de limão, casca de banana, bicarbonato de sódio e casca de laranja, contêm substâncias corrosivas, que apesar de darem uma primeira impressão de limpeza, também podem danificar a camada superficial dos dentes.

 

O cirurgião explica que qualquer tipo de microabrasão deve ser feito sempre no consultório, de forma controlada pelo dentista. “O excesso de microabrasão pode causar sensibilidade, além de outros sintomas, como inchaço, diarreia e até mesmo intestino preso”, alerta Rafael.

 

Em vídeos publicados na internet, algumas pessoas que já usaram relatam suas experiências. Em uma elas, Cris Smirne diz que usou o produto por 27 dias seguidos, duas vezes ao dia.

 

“O atrito do carvão com a gengiva machuca, mesmo escovando com cuidado e sem força. É chato porque os pingos pretos respingam para todo lado e, no dia seguinte, quando paramos de usar, a cor do dente volta exatamente ao que era antes”, relata.

 

A moda da pasta de dente preta levou o Conselho Regional de Odontologia, seção Pernambuco, a emitir uma nota de esclarecimento sobre o assunto. “Seus relatos na odontologia são escassos e revelam que sua aplicação não está baseada em evidências científicas. Ou seja, não foram realizados testes e também não existem protocolos publicados em literatura específica que orientem seu uso”, diz o texto disponível no site do CRO-PE.

 

Toque especial. Não é só a pastas de dente que o carvão ativado vem dando esse toque gótico. Alimentos e pílulas também estão sendo criados com esse ingrediente. Uma loja na Inglaterra já está vendendo queijo cheddar de carvão. Em Tóquio, a salsicha também ganhou essa versão dark; e uma limonada com carvão ativado já está sendo vendida nos Estados Unidos.

 

Saúde bucal: outros hábitos prejudiciais

Palitar os dentes: Embora estejam espalhados pelos restaurantes, os palitos de madeira trazem mais prejuízos do que vantagens para a limpeza dos dentes. Podem gerar perdas na estrutura dental, desgastar o esmalte, além de machucar a gengiva, causando sua retração ao expor a raiz dos dentes.

 

Sucos ácidos: Frutas cítricas, como laranja e limão, são ricas em vitamina C, nutriente que ajuda a fortalecer as defesas naturais do organismo, mas, na prática, a ingestão excessiva de sucos cítricos contribui para a desmineralização do esmalte dos dentes, assim como os refrigerantes. Os sucos industrializados também são vilões pelo excesso de açúcar e corantes, podendo causar cáries e manchas.

 

Nadar em piscina: Um estudo concluiu que as cáries de nadadores são notoriamente piores. O cloro eleva a acidez da água, e, se houver descuido do pH da piscina, ele pode danificar o esmalte dos dentes. Entre os sintomas desse problema estão o surgimento de dentes amarelados ou transparentes e dores durante a mastigação.

(Cirurgião-dentista Andrey Santos) // O tempo