A advertência que o Papa colocou na entrada de seu quarto em Santa Marta

Publicado em: 17/07/2017
 

A foto foi feita por um idoso sacerdote, italiano e velho amigo do Santo Padre

 

A foto de um pequeno cartaz começou a circular nas redes sociais e meios de comunicação com uma frase já considerada uma “advertência” do Papa Francisco a todos que passam diante de seu quarto na Casa Santa Marta: “Proibido lamentar-se”.

 

A foto foi feita por um idoso sacerdote, italiano e velho amigo do Santo Padre que, ao notar a presença do cartaz, pediu autorização a Francisco para fotografar e divulgar.

 

“Proibido lamentar-se. Os transgressores estão sujeitos a uma síndrome de vitimismo com a consequente diminuição de tom do humor e a capacidade para resolver os problemas. A sanção será dobrada se a violação for cometida na presença de crianças. Para se obter o melhor de si mesmo, deve-se concentrar nas próprias potencialidades e não nos próprios limites, portanto: Pare de se queixar e aja para tornar a tua vida melhor. Doutor Salvo Noé”, assinala o cartaz.

 

Francisco, que está de férias, contou sorrindo a história do pequeno cartaz ao término de uma audiência que teve no começo da semana.

 

Segundo o relato recolhido por ‘La Stampa’, o Santo Padre explicou que esse cartaz é um convite do psicólogo e psicoterapeuta Salvo Noé, autor de livros e cursos motivacionais. Na última de suas obras, dedicou algumas páginas ao Pontífice.

 

Assim, no último dia 14 de junho, ao fim da audiência na Praça de São Pedro, Noé teve a oportunidade de saudar o Papa por alguns instantes e o presenteou com o livro, uma pulseira e o cartaz, que foi imediatamente apreciado pelo Santo Padre. Francisco lhe disse: “Vou colocá-la na porta do meu escritório, onde recebo as pessoas”.

 

Entretanto, assinalou ‘La Stampa’, o escritório onde o Papa recebe as pessoas para as audiências fica no Palácio Apostólico, cuja austeridade e beleza não harmonizariam bem o estilo daquela proibição. “Assim, Francisco decidiu fixá-lo na porta de seu quarto”.

 

(acidigital)